quarta-feira, 14 de junho de 2017

A resposta (nada educada) de Pedro Blanche às feministas: "Seu movimento é uma *!" - Parte 3 (final)

O último prego no caixão do feminismo. | Internet



Caros leitores, a forte gripe me obrigou a ficar duas semanas longe da máquina. Na minha idade uma coisa dessas é um perigo, pois não sou aquele garoto de antes e ter o peso sexagenário não é para amadores. Então, vamos terminar esta série de textos que desmistifica o feminismo.

As partes 1 e 2 podem ser lidas aqui e aqui, respectivamente.


8 - "O feminismo protege as mulheres", dizem

Protege coisíssima alguma. O movimento feminista vem com falácias como essa para "resgatar seus valores" caso surja algum escândalo que o comprometa. Quando confrontamos essa gente os argumentos e suas sombras vão embora. Na real, o feminismo protege apenas quem se curva às agendas de Esquerda e do movimento revolucionário. Vou dar duas provas como aperitivo:

LEMBRANÇA A) Quando o vagabundo Paulo Ghiraldelli desejou Rachel Sheherazade (escrito como "Sherazedo"). (Clique aqui!) Pessoas como Lola Barangovich, Chega de Assédio, Palitas e outras criaturas sequer deram 1/10 de pio para recriminar a atitude dele. Depois do episódio sobre o José Mayer e a figurinista, Rachel fez bem em lembrar, (como disse antes aqui no JJao expor a cara de pau de um movimento criado por patricinhas 'projaquianas' viventes numa bolha que julgam ser seu mundo ideal.

LEMBRANÇA B) A cuspida de um ex-BBB num deputado em sessão de impeachment serviu de exemplo ao ator comunista José de Abreu. O Zé de Abreu cuspiu numa mulher e em seu marido e só não perdeu os dentes porque o funcionário do restaurante conteve o marido da moça que foi cuspida. Qual é a reação das feministas? NADA! Nada em termos, porque a defensora dos bandidos Maria do Rosário Nunes (PT-RS) JUSTIFICOU A CUSPIDA DO ZÉ NUMA MULHER. Confira:


 Maria do Rosário acha justificável Zé de Abreu cuspir em mulheres. | Twitter/ Maria do Rosário




Isso sem falar do Lula e Dilma que chama tais mulheres de "g* duro" e riem de um provável estupro de sua companheira de partido, Clara Ant. (Clique aqui)


Quer licença para maltratar mulheres? Seja de esquerda!

Como se isso não bastava, o Zé ainda ganhou a chance de "se explicar" no Domingão do Faustão com direito a choro e aplausos da plateia burra do programa. Quando Danilo Gentili cobra alguma coerência de Maria do Rosário ela responde com censura e perseguição ideológica e política como vemos agora.

E nem cito os casos da Miss Estados Unidos perseguida e ameaçada de morte por não embarcar no discurso esquerdista e, recentemente, de uma mulher antifeminista hostilizada e agredida em Goiás pelos esquerdistas covardes de sempre.

Pois bem, é isso. Como disse nos artigos anteriores, o feminismo nunca foi um movimento que protegesse as mulheres, mas é um braço do socialismo revolucionário. E se uma mulher sair dessa redoma ela é agredida, cuspida, hostilizada e ameaçada de estupro. E nada acontece com seus agressores.


9 - "O 8 de março é o dia da mulher". HAHAHA! É MENTIRA!

Deixei essa para o grande final. É claro, se é para terminar em grande estilo vamos quebrar esta mentira que serve de sustentáculo ao feminismo.

Toda vez que esta data se aproxima vem sempre com aquela estória (Sim! Com 'E' mesmo, porque com 'H' é que nos referimos aos fatos!) das mulheres mortas no tal dia pelos patrões malvados. Mas, como dizem por aí, vamos por partes:

1 - A ORIGEM DA DATA: A escolha da data foi atribuída a Clara Zetkin, dirigente do Partido Socialdemocrata Alemão em 1910 durante a 2ª Conferência da Mulher Socialista em Copenhague, Dinamarca. O 08 de março foi atribuído a um suposto incêndio numa fábrica têxtil provocado pelos patrões em resposta às reivindicações das 129 operárias assassinadas por melhores salários em Nova York no dia 08 de março de 1857. (53 ANOS DEPOIS!!!)


2 - HOUVE INCÊNDIO NA DATA INDICADA? Não, de fato! Afinal o 08 de março de 1857 caíra num dia de domingo. Porém, fala-se num incêndio no dia 25 de março de 1911 numa fábrica têxtil da Triangle Shirwaist. A causa da tragédia é atribuída à combinação das péssimas condições de instalação elétrica com os produtos inflamáveis de tecidos e afins, além do fato de que a porta da fábrica estava fechada para evitar que os funcionários roubassem materiais ou fizessem pausas para descanso.

Neste dia morreram 146 pessoas: 125 MULHERES e 21 HOMENS!

No prédio da antiga fábrica onde hoje são as Faculdades de Física e Química da Universidade de Nova York.


3 - E A TAL DA MANIFESTAÇÃO? Foi em 1912 no estado americano do Massachusetts, onde operários conseguiram êxito em reivindicar melhores condições de trabalho. Sem nenhum incêndio, lógico!


4 - E O OITO DE MARÇO? - Foi em 1917 na Rússia soviética onde mulheres reivindicavam melhores condições de trabalho.


08 de março: uma data inventada. | Via Marxismo Cultural



Os links são este e este. E neste caldeirão de datas, confusões e mentiras o movimento revolucionário inflama nas mulheres os sentimentos de ódio, raiva e indignação em algo que não chegou a existir, mas foi vital para a consolidação da farsa do 08 de março no imaginário popular. Esta foi sacramentada pela Unesco em 1977 legando o 08 de março em homenagem às 129 (?) operárias assassinadas. Dois anos antes a ONU declarou os anos entre 1975 e 1985 a "década da mulher".

Viu?


Resumindo: o que é e o que quer o feminismo?

Não passa dum movimento revolucionário que divide homens e mulheres numa guerra de classes que quer fazer destas uma horda de loucas e que elas vão contra sua natureza que Deus lhes deu. O movimento faz isso em um passo essencial para o fim da família, do casamento, da sociedade e do ocidente, usando a mentira, o ódio e as confusões históricas para gerar sentimentos malévolos em todas as mulheres, moças e meninas.


Considerações finais

Não chega a ser exagero porque é pela mulher que nascemos; somos educados por elas; aprendemos a amar, respeitar e até dar a vida por elas se preciso for. Mas querem destruir a todo custo este lindo ser. Querem que abortem ou deixem as crianças para o governo cuidar e que se envolvam promiscuamente ferindo sua dignidade e pagando um preço alto por isso no futuro: velha, sozinha e rodeada de gatos.

Às leitoras em especial: duvidem destes movimentos em que te vê como um número como engorda de uma ideologia, em que tire sua natureza feminina e graciosamente de mulherzinha. Chegamos ao vigésimo primeiro século e terceiro milênio graças a homens e mulheres que compreenderam seus papeis na sociedade e nos ajudaram a existir. E não por conta de meia pataca de gente que há cem anos ou mais diz que sabe de tudo do mundo. Valorizem-se enquanto jovens (ou se você passou desta faixa etária se valorize ainda mais) e não se entreguem a promiscuidade de todos os níveis. Evitem os pretendentes safados que querem seu corpo, isso fará diferença mais em frente.

Até mais, pessoal. J-J
















Por: Pedro Blanche

4 comentários :

  1. Aplausos e mais aplausos, principalmente as suas considerações finais!!! Ao blog sugiro que faça uma edição especial juntando todos os 3 posts em apenas 1 para facilitar a leitura!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu pela sugestão, Stephanie e pelas palavras. | PEDRO BLANCHE

      Excluir
  2. Respostas
    1. Valeu, Walter! Espalhe este texto por aí! | PEDRO BLANCHE

      Excluir

Obrigado por mostrar seu dom. Volte sempre ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Template por Kandis Design