terça-feira, 18 de janeiro de 2022

O meme da Laika + 'Hiatus de verão' de 18 de janeiro à 4 de março


O que seria do JOVEM JORNALISTA se não fosse o Hiatus de Verão que acostuma acontecer em janeiro?! Já é tradição o blog ter duas pausas por ano, e esse ano não seria diferente. 

O verão é o momento de memes, dancinhas e montagens viralizarem, e logo no primeiro dia do ano, houve algo do tipo. Uma cachorra labradora chamada Laika roubou a cena ao curtir a praia e dar entrevista para um jornalístico global de óculos de sol e chapéu. Quer mole ou quer mais?!


Aproveitei toda essa onda de sucesso e fiz a campanha de Hiatus de verão 2022 do blog em cima do meme. Já ouviu falar de surfar na crista da onda, não é mesmo?! E como não sou besta, fiz isso. Essa imagem tanto vilarizou que troquei minha imagem de perfil do Whatsapp por ela (E que ficará durante todas minhas férias do trabalho). Consegui despertar a curiosidade dos meus amigos, que perguntaram: "Por que colocou essa foto de cachorro?". Daí falei que era um meme e mandei o vídeo para a pessoa. Apesar de ser um meme conhecidíssimo, nem todo mundo o conhece.

Então, a partir de hoje (18 de janeiro) estarei de férias com a Laika e dane-se que ela tenha outro dono, não me conheça ou queira me morder. Dane-se também se me apropriei do meme ou se vou sofrer processo por apropriação autoral. Realmente não estou nem aí! 

As férias serão longuíssimas e durarão, se formos colocar no papel, 1 mês e 14 dias, ou seja: 45 dias! A minha estratégia foi a de voltar três dias após o Carnaval 2022, que terá a quarta-feira de cinzas no dia 2 de março. Não havia sentido voltar durante o Carnaval, pois durante esse tempo estarei em viagem. 

"Poxa, Emerson! É muito tempo!" Pode ser, mas é o tempo ideal para colocar o JJ em ordem e minha cabeça também. Posts serão criados nesse tempo em off e vocês poderão manter contato conosco pelo Linkedin, Instagram, Twitter, Whatsapp e email (emersongaffonso@gmail.com). Não sumiremos da vida de vocês durante esse período e, claro, comentaremos nos blogs amigos!

Não pretendo quebrar o hiatus dessa vez, mas não seria surpresa já que, na maioria das vezes, ele é quebrado. Mas o meu desejo é de não quebrar, para o Arthur Claro não me sacanear com mais um dos seus desafios mirabolantes, como esse. Mas pode acontecer de quebrá-lo. Segue os casos que isso pode acontecer: impeachment do presidente do Brasil; fim da pandemia do Coronavírus; se eu encontrar a cremosa nesse período; se eu ganhar na loteria; se acontecer um feito extraordinário sobre/com o JOVEM JORNALISTA; se alguém muito famoso e conhecido vier a partir durante esse tempo; ou se algum(s) do(s) colabor(es) me convencer com um post extraordinário e me obrigar a postar. Enfim, tudo é possível!

Agora eu vou para as férias do JOVEM JORNALISTA, porque a Laika já está latindo aqui no meu pé. Não sei se é porque ela está ansiosa pela viagem ou se é porque ela quer me morder e arrancar a minha perna, mas tá valendo HAUHAUSHAUSAHUSASA. Até o retorno. O JJ vem cheio de novidades, como essas que já dei uma palinha. Fica assim: férias de 18 de janeiro à 4 de março. 4 de março estaremos de volta (Ou quem sabe estejámos antes por aqui?!). J-J




Por: Emerson Garcia

E se o 'BBB' fosse assim?!

A notícia da semana é a nova edição do Big Brother Brasil, o BBB22. Esse ano o programa está cheio de novidades, como sempre, sendo a principal delas a mudança de apresentador. Após alguns anos, quando Thiago Leifert parecia ter achado o ponto certo de apresentação, ele abandona o programa. Agora, o programa será apresentado pelo também jornalista e ex apresentador do Fantástico, Tadeu Schmidt. 

Em meio à inúmeras novidades do programa (A mudança, reforma e redesign da Casa à cada edição seria apenas algumas delas), o telespectador ainda sente saudade do velho Big Brother, ou seja, do programa raiz, que arrebatava muito mais público que atualmente. E se o BBB voltasse a ser assim?! Com aspectos mais nostálgicos, competitivos e interessantes?! E, além do mais, se algumas dinâmicas e estratégias fossem renovadas e atualizadas? 

Esse post tem um pé no passado, mas um no futuro também. Celebrando os tons nostálgicos e raiz do programa e dando opinião do que poderia mudar daqui para frente. Essa pauta surgiu de uma conversa que tive com o Arthur Claro, durante uma madrugada.

Vamos ao post?!


1- Nenhuma edição é igual à outra. E isso é fantástico!

Pode haver comparações entre uma edição e outra, entre participantes de uma edição ou de outra, mas nenhuma edição é igual! No BBB22 já tem umas comparações de um participante com a Juliette Freire, mas ele não chega aos pés dela, por mais que faça artes parecidas com a da última milionária do programa. 

Cada edição tem conflitos e temas centrais, porque o jogo vai se moldando de uma forma diferente. E isso já é legal porque o programa é uma grande novidade à cada ano. 


2- Provas incríveis e criativas

Espero que as provas dessa edição superam à de outras edições. Nada de xerocópia ou de preguiça na hora de criá-las, ok produtores? Sobre provas interessantes, destaco às do BBB20 que foram nostalgia pura e uma homenagem à todas as provas em 20 edições de programa.

Para dizer a verdade, já estou cansado daquelas provas simples, que só tem um objetivo de mostrar e patrocinar uma marca. Quero mais criatividade, emoção e virada de jogo. Provas que só dá para descobrir o vencedor nos finais delas. 


3- Big Fone mais dinâmico e maldoso

O Big Fone foi um dos elementos do programa que veio para ficar e que não tinha desde o início. Mas seria legal dar uma reformulada nele, deixando-o mais interessante e dinâmico. Por que não intensificar a maldade das ligações?! Por exemplo, aquele telefone que diz que você tem que dar pulseiras aos jogadores, mas sem saber as consequências e os significados delas. Que legal seria dar a pulseira para um aliado e ser uma coisa bem ruim, não é mesmo?! Fogo no parquinho! 

Outra coisa interessante seria tocar o Big Fone sem aviso prévio, porque sempre o apresentador avisava (Eu acho): "O Big Fone vai tocar no sábado!" E aí os participantes ficavam de plantão, porque sabiam que ele iria tocar. Que legal se não tivesse hora certa dele tocar! Que tocasse quando todos estivessem dormindo ou desapercebidos. Isso, sim, seria competição!


4- Provas de resistência raizes!

A prova de resistência deve fazer jus ao nome. Eu e o Arthur Claro desejamos Provas de resistência mais casca grossa, que deixem os participantes no limite e à flor da pele. Prova de resistência que dura apenas 10 horas não é prova de resistência. Tem que durar, no mínimo, 24 horas para cima!

Edições antigas guardam Provas de resistência inesquecíveis, como uma que durou muitas horas e uma que a Grazi Massafera chegou a ficar com o dedo roxo de tanto segurar um botão. É disso que falo! Que seja algo parecido com Jogos Mortais ou Escape Room! Que exigem muito dos participantes, que sejam provas desumanas, até! HAUSHAUSHAUSA


5- Punições mais terríveis

É claro que o BBB tem punições, mas elas são fraquinhas. Perder estalecas não dói em ninguém. Nesse aspecto, os produtores do BBB tem muito a aprender com os da Fazenda. Que tal intensificar as punições? Que tenha racionamento de água, luz, bloqueio das áreas de lazer (Piscina, varanda e academia), obrigação dos participantes banharem nus, entre outros.

Sei que nessa edição há apenas um chuveiro, relembrando as primeiras edições do programa, que já é uma punição e tanto. Além de ser motivo de muitas brigas e discórdias. 


6- Retorno das Provas da comida e não-divisão de Xepa e Vip

As Provas da comida sempre eram disputadas e geravam muita briga entre os participantes. Só acho que o programa deveria relembrar esses tempos áureos e retornar com elas. A divisão de Xepa e Vip logo após a Prova do líder não traz aquela emoção de antes. 

Eu e o Arthur chegamos à conclusão que não deveria ter divisão de Xepa e Vip na casa. Seria muito legal ver todos no luxo e lixo, sem distinções. Todos passando fome, e depois todos comendo do bom e do melhor. Poderiam também retornar com aquelas compras de mercado na varanda da casa, com a mudança de preço conforme a semana. 


7- Anônimos realmente anônimos

Acho muita hipocrisia do programa de colocar anônimos que já foram entrevistados ou participaram da mídia e/ou de algum programa televisivo. Mais ainda é recrutar aqueles que conhecem famosos ou que já namoraram um. Anônimo que tem 10 mil seguidores?! Aonde ele é anônimo?!

Então, Globo, aprenda: leve anônimos que realmente sejam desconhecidos e tenham o pé raspado. Quer exemplos de anônimos raizes? Eu e o Arthur Claro! Apesar que somos blogueiros, mas nem todo mundo conhece a gente. Eu sou jornalista, servidor público e blogueiro, mas não chego nem aos pés do Hugo Gloss. Já o Arthur Claro é poeta, escritor, contista de putaria e criador de conteúdo na internet (Ele odeia ser chamado de blogueiro), mas não é nenhum Machado de Assis. 


8- O retorno dos discursos de Pedro Bial

Já pensou se o Pedro Bial retornasse ao reality, mas por meio de uma participação especial?! Quem não tem saudade dos discursos incríveis, filosóficos e que te deixam mais perdido que a Nazaré Tedesco, desse jornalista tão reconhecido?! A participação do Pedro só aconteceria às terças-feiras na hora da eliminação e funcionaria quase como os textos editoriais recentes de Miguel Falabella nos últimos minutos da versão mais recente do finado Vídeo Show.  


9- O retorno das charges do Maurício Ricardo

Outro que relembra os tempos antigos do reality é Maurício Ricardo e seria muito legal se a Globo o recontratasse para ele dar um show por meio das charges e das artes. Não sei se o Maurício Ricardo se aposentou, mas não custava nada ele voltar à ativa. Maurício trazia charges/sátiras semanais e inéditas entre 2004 e 2016 no BBB. Ficar 14 anos no ar não é para qualquer um! Maurício Ricardo tem muito talento!


10- Entrevista do Thiago Leifert com os eliminados 

Thiago Leifert tem perspicácia, inteligência e é apaixonado pelo reality. Essa seria a forma dele estar vivo e ativo no programa. Tudo bem que com a chegada do Maurício Ricardo, Pedro Bial e Thiago Leifert, o Tadeu Schmidt perderia mais espaço, mas a ideia seria a de deixar o BBB mais interessante para quem o assiste. 


11- Já pensou um feat. entre Maurício Ricardo, Carioca e Rafael Portugal?!

Que top seria se essas três feras do humor estivessem reunidas na mesma atração, não é mesmo? Poderia até ser uma super C.A.T. BBB, mas a ideia mesmo era de ser uma bancada do humor, em que esses grandes astros colocariam mais humor e dinamismo ao programa, semanalmente. Sei que o Paulo Vieira integra o Terapia BBB, junto com a Dani Calabresa (Amo os dois) nessa edição, mas eles poderiam compor essa bancada do humor que só acontece na minha mente também (Acho que o Boninho não ia achar nada interessante e econômica essa minha ideia, mas tá tudo bem KKKKK!). 


12- Inovação na abertura e música-tema

Até que as aberturas de cada edição são criativas e diferenciadas, mas poderiam ser muito mais. Que tal ilustrar todos os participantes por meio de desenhos encenando na abertura? Ou ainda, gravar com todos os participantes encenando, como se fosse uma novela mexicana? Ia ser diversão na certa!

Outra coisa que já deu é a música-tema e o Paulo Ricardo a cantando, por mais que tenham novas versões, ritmos e modificações sonoras ali ou aqui. Mas já deu. A Globo poderia arriscar uma nova música de abertura, cantada, talvez, por Juliette Freire (Sei que o Arthur irá me cancelar, mas não estou nem aí por isso! HAHAHAHA!). 


13- Reajuste do prêmio para R$ 3 milhões!

R$ 1,5 milhão muda a vida de qualquer um, seja anônimo ou famoso, mas esse valor está defasado, inflacionado e não muda há 12 anos (O último reajuste foi em 2010). Caso o valor fosse reajustado, de acordo com economistas e estudiosos, ele seria de R$ 2.980.682,70, praticamente o dobro que é pago hoje em dia. Eu sou generoso e já diria que o reajuste deveria ser para R$ 3 milhões! 

É mais que necessário que esse reajuste seja feito (Parece que não foi dessa vez), afinal tudo aumentou e o valor deve cobrir o novo custo de vida nacional. Com o aumento do prêmio, a disputa ficaria mais acirrada e o elenco poderia contar com Felipe Netto, Thaynara OG, Marília Mendonça (Ah, não. Ela morreu HAUSHAUSHAUASA), entre outros. O Felipe Netto já disse que não entra no BBB porque acha o prêmio muito pouco e defasado. 


14- Famosos realmente famosos

Desde o BBB20 que tem essa história de famosos e do grupo Camarote. À cada edição, os famosos são mais conhecidos e reconhecidos. Por exemplo, os do BBB21 eram muito mais conhecidos do que o do BBB20. Percebi que os dessa edição o reconhecimento e o fator celebridade caiu um pouco. Os famosos escalados estão mais para subcelebridades, mas tudo bem. 


Tinha que ser famosos que despertassem a atenção do público. Que legal seria ter Felipe Netto, Thaynara OG, Pabllo Vittar, Sílvio Santos, Fernanda Montenegro, Inês Brasil, Thiago Leifert, Pedro Bial e Duda Beat na mesma casa, não é mesmo?!



Esses são alguns dos desejos para deixar o BBB mais interessante e turbinado. Alguns deles retornam ao passado e tempos áureos do programa, e outros visam o futuro e novidades incríveis, nunca antes realizadas. Fica aqui a sugestão para o Boninho e equipe. Espero que ele leia esse post! J-J


Por: Emerson Garcia

segunda-feira, 17 de janeiro de 2022

'Whatsapp' baseado em fatos reais por Selton Mello - 2

As montagens de mensagens de Whatsapp criadas por Selton Mello tem feito sucesso em seu Instagram. Seis carrosséis de fotos já foram postados e cada vez mais tem caído no apreço do público. E por que isso tem acontecido?! Porque há uma identificação com cada uma das montagens.

A última delas foi postada por esses dias, no dia 12 de janeiro, e já conta com 213 mil curtidas e 4.763 comentários. Nesse conjunto de montagens, Selton fala de outras situações cotidianas, familiares, amorosas e de amizade. Com certeza, você se identificará com uma ou mais situações. Confira o post agora:

 
Que tal comentarmos todas essas situações imaginadas por Selton Mello, mas que poderiam - facilmente - ocorrer na realidade do Whatsapp?!


Ops, conversa errada!


Acontece direto comigo de pessoas me enviarem fotos de cães para comprar; filhos para adotar (Mentira, isso não); me cobrando o envio de PIX; me mostrando fotos de obras e reformas e me chamando para o dia de labuta por ter o mesmo nome que determinada pessoa; marcando exame para mim porque meu nome também é Emerson; ou até me cobrando por um encontro que iria acontecer com outra pessoa e confunde comigo. Só não acontece de depositarem uma grana por engano na minha conta! 


Saia justa no meio da família


Toda mãe e pai tem seu filho preferido e eles não podem negar para nós, porque não somos bestas! Mas a saia justa não é nem você dizer para um filho que ele não é seu filho preferido, mas explicar com todos os argumentos porque o outro é o filho preferido. É de doer o coração! Ninguém tem o direito de fazer isso, muito menos por mensagem de Whatsapp


Desafiando o sogrão


Quem não teve a infelicidade de mandar a mensagem para alguém e responderem: "Não é fulano de tal, mas o pai dele, ou marido dela ou esposa dele". Sério, já aconteceu inúmeras vezes comigo e fico morto de vergonha, porque às vezes falo algo bem íntimo, abrindo o meu coração para a pessoa e aí vem a mensagem: "Fulano de tal saiu e deixou o celular em casa". A vantagem é que sou homem de família e não mando nudes, senão estava ferrado!


Seria uma ótima ideia!


Essa mensagem seria uma típica que mandaria para a cremosa às vésperas do casamento. Se existe algo que dê mais prazer que comida gostosa e que buffet de casamento, desconheço. Mas não farei isso no meu matrimônio para não envergonhar minha família, muito menos a cremosa. HAUSHASUAHUSA


Vindo de você...



Existem certos áudios que devemos ouvir baixinho ou com fone de ouvido, dependendo de quem for que estiver enviando. Existem amigos trolladores que podem te enviar o gemidão do Whatsapp e você nunca saberia quando poderia acontecer isso. Também existem aqueles áudios que te envergonham e te coram (Estou cansado de recebê-los). Ou ainda, aqueles que você tem que ouvir no fone de ouvido para apreciar a voz incrível da pessoa. 


A promessa falhou!


Não prometa o que você não pode cumprir! É melhor ficar calado! Eu sou a favor da transparência nos relacionamentos, sejam reais ou virtuais. Graças a Deus possuo amigos que se abrem mesmo comigo, em momentos alegres, tristes e de desabafo, seja pessoal ou virtualmente. Quantas vezes o clima ficou pesado em uma conversa no Whatsapp e isso só pode ser desanuviado quando colocamos o que nos angustia na conversa?! Também sou aquele amigo que "está sempre ali por/para você" (Frase do status do meu aplicativo de conversa) e meus amigos já desabafaram comigo por Whatsapp, porque sabem que irei ouví-los. Isso é magnífico!  


Pode deixar comigo!


Não é do meu feitio bloquear ninguém em nenhuma rede social, apesar de que as pessoas fazem muito isso comigo, sem eu ter feito nada para elas (Vai entender?!). Mas claro que existem alguns contatos que bloqueio sem dó nem piedade, como aquelas meninas que nunca vi na vida e já vem assim na conversa: "Olá, tudo bem com você? Tem um minuto?! Gostaria de te apresentar a internet fibra e blá blá blá". Sério?! Bloqueio na mesma hora! 


Grossa e curta


Existem aquelas pessoas curtas e grossas, e aquelas grossas e curtas. Acredito que há muitas mães que são grossas e curtas (A minha pode ser uma dessas! KKKK). E o interessante é que elas prevêm um monte de coisa, né? Até quando a gente vai pedir dinheiro e... por Whatsapp


Será que o humor dessa pessoa é que nem o meu?!


Está aí uma pessoa que possui mau humor na parte da manhã, como eu. E parece que essa pessoa tem o humor mais afetado que o meu antes do meio dia, a ponto de apagar inúmeras mensagens que enviou à noite, logo quando acorda (Não tenho o costume de apagar mensagens, a não ser que elas tenham algum erro de português ou digitação. Daí corro para apagar antes da pessoa ver). Além disso, essa pessoa muda de ideia muito rápido! 


Já fazem 84 anos!


Se tem algo que me tira do sério é enviar uma mensagem para uma pessoa e ela me responder bem depois (Quem sabe até na outra encadernação?!). E isso acontece muito comigo, principalmente entre eu e uma empresa que solicito serviços. Acaba que no final, desisto daquela empresa e procuro outra. Se a pessoa não responde uma mensagem de aplicativo, será que conseguirá atender o meu pedido? Melhor não arriscar.


Essas foram mais mensagens de Whatsapp criadas pelo ator Selton Mello. Ele manda muito bem na retratação da realidade, não é mesmo? Com qual mensagem você mais se identifica? Por que? Diga nos comentários! J-J


Por: Emerson Garcia

5Q: Escape Room 2

Pode conter spoilers!






Moral

E se você fosse desafiado para escapar de salas novamente, você iria? Mesmo que você seja um campeão de outros desafios, não pode imaginar o que o destino te reserva da próxima vez. Pode ser que não continue sendo um grande campeão, mas um perdedor e, até mesmo, um morto. 

Cena boa

As cenas do trem e do banco são muito boas, com desafios eletrizantes, que te deixará com o coração na mão! Realmente ainda não foram esgotadas as criatividades de salas. 

Cena ruim

Talvez a penúltima cena, em que é revelado quem está por trás dos jogos. Achei forçada demais e pouco surpreendente.

Perfil

Seis pessoas, campeãs de outros Escape Rooms, estão presas em uma nova série de armadilhas, salas aterrorizantes e agoniantes, se unindo para sobreviver e para se livrar delas. Nessa nova sequência de jogos de fuga, eles exploram ambientes diferentes, como um trem, um banco, uma praia deserta e até mesmo uma rua misteriosa.  

 

Opinião

Escape room 2 é mais emocionante que o primeiro filme, com mais história, adrenalina, romance e drama, em minha opinião. O objetivo desse filme é fazer divertir e entreter, mais do que gerar medo ou terror. Você vibra a cada nova sala descoberta e aposta suas fichas de quem será o próximo a morrer. Diria que é quase um Jogos Mortais, mas bem menos macabro e aterrorizante. Em algumas cenas, você até chega a se emocionar e vibrar por Zoey e Ben. Quem diria que eles se apaixonariam? Mas aquela cena de despedida dos dois foi de cortar o coração... Você se apega à alguns jogadores, mais que outros. Torcendo muito por uns, e pouco por outros. As salas são criativas, mas pode ser que a resolução delas se torne repetitiva, maçante e irreal, mas está valendo. Os efeitos especiais podem não agradar a todos, mas a trilha sonora acrescenta bastante. A cena final é de arrepiar os cabelos e indica um terceiro filme vindo por aí. Espero que o terceiro filme seja maior e melhor que os anteriores, finalizando em grande estilo essa franquia que tem agradado muitos jovens, mas não todos. J-J



Por: Emerson Garcia

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Template por Kandis Design