terça-feira, 2 de março de 2021

Uma fonoaudióloga querida


1

Às vezes somos surpreendidos,

Com presentes  em nossa caminhada,

Pessoas com grandes sorrisos,

Outros no coração com lágrimas. 


2

Mas o tempo passa,

O ser toma seu lugar,

Por menos que faça,

O espaço em nosso coração vem alcançar. 


3

Foi assim com você, 

Fonoaudióloga querida,

Muito feliz em ter,

Sua pessoa em minha vida!!!


4

É feliz quem a ama,

E faz parte da sua história,

Muitas felicidades, Luana,

Por sua vida, a Deus eu dou Glória!!


É minha coordenadora de Cantata, que aniversariou e merece a homenagem. J-J


Por: Marilza Luciano, poetisa e colaboradora especial do JOVEM JORNALISTA

terça-feira, 16 de fevereiro de 2021

Meu padrinho preferido


1

Conheci um flamenguista,

Que é mui bem humorado,

Não o perco de vista,

Meu carinho tem conquistado!


2

São sinceras suas ações,

E me enchem de alegria,

Gosto de suas pregações, 

E reflexão do dia-a- dia!


3

É remédio seu carinho,

Que me traz felicidade,

Como eu amo esse padrinho,

E me enriquece sua amizade!


4

Parabéns meu querido,

Muita saúde e paz,

Meu padrinho preferido,

Que muito orgulho me traz!


Uma pessoa muito importante em minha vida. J-J


Por: Marilza Luciano, poetisa e colaboradora especial do JOVEM JORNALISTA

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2021

JJ em 'Hiatus de verão' de 05 de fevereiro à 08 de março


Sol, calor, praia, água de coco, picolé e uma infinidade de outras coisas caracterizam a estação mais solar que existe. O JOVEM JORNALISTA precisa aproveitar dessas delícias e regalias mesmo em um período de pandemia como a que estamos vivendo. É por isso que o blog ficará em Hiatus de verão de hoje, 05 de fevereiro, à 08 de março. Iremos aproveirar ao máximo esse período de descanso, mas claro, com todos cuidados sanitários e de segurança possíveis. 

Esse será um período em que daremos um tempo mas com um fundinho de até breve com as atividades do blog. É óbvio que não ficaremos parados totalmente, já que estaremos atentos ao que acontece nesse universo de meu Deus; interagindo com vocês leitores e; claro, comentando nos blogs amigos. O Hiatus é somente uma formalização, mas estaremos disponíveis em nossas redes sociais, nos comentários e no nosso Fale conosco.

É importante que vocês saibam que estaremos ativos no Linkedin, Instagram e Twitter, mas também no email (emersongaffonso@gmail.com) e no Whatsapp (Lembro que todos os colaboradores possuem a ferramenta e vocês podem sinalizar que querem o contato do seu crush favorito - brinks - que forneceremos HAHAHA!). Não sumiremos. Basta nos procurar que vocês nos encontrarão!

Para o retorno teremos muitos posts interessantes que serão realizados durante o Hiatus de verão (Sugiram temas e pautas de posts que também faremos com o total prazer). Na volta haverá posts de séries, polêmicas, comunicação, indústria cultural, jornalismo e tudo que vocês estão acostumados a ver por aqui (E muito mais!). Já adianto que teremos uma sequência de posts especiais para o Entre Frames e Serieteners 2 - séries da quarentena (Sei que esse último fez muito sucesso no final de 2020 e início desse ano, por isso estará de volta com força!).

Recados dados, declaro o início do nosso Hiatus de verão. Até breve. J-J





Por: Emerson Garcia

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2021

Quinta de série #serieteners #8: Pandêmicos

Pode conter spoilers!




Chegamos ao último post do Serieteners - séries da quarentena. Na edição de hoje falo sobre a websérie Pandêmicos, lançada no Youtube no canal da atriz e apresentadora Carolina Ferraz. Com 8 episódios de em média 15 minutos cada, a série teve o roteiro escrito por Otávio e Juliana Araripe, direção de Peu de Lima e uma parceria entre Carolina Ferraz e o produtor executivo Otávio Martins. O elenco contou com Carolina Ferraz, Otávio Martins, Thiago Albanese e Juliana Albanese. A websérie estreou no dia 23 de outubro de 2020 e foi até o dia 11 de dezembro de 2020. 

Pandêmicos conta a estória de um ex casal é obrigado a passar cerca de um mês juntos em um apartamento do Rio de Janeiro porque um deles resolve reformar sua casa. Para piorar, os ex casais devem conviver com o parceiro atual do seu ex parceiro e isso em plena pandemia! Já viu que loucura né?! Será que Janaína, Zózimo, Heitor e Fernanda vão suportar o isolamento social?! 

LEIA TAMBÉM 


A série se passa em um passado recente quando temos vivido o isolamento social e isso é retratado quando as pessoas vivem de máscara, com álcool em gel em tudo e não ficam muito próximas uma das outras. A própria filha de Janaína e Heitor, vive dentro do quarto fazendo vídeos para o Tik Tok e quase não a vemos. Embora o tema do coronavírus esteja presente na trama, ele não é o foco, mas sim o relacionamento conturbado dos quatro protagonistas em um apartamento (Onde a maioria das tramas e cenas passam). 



A reunião das quatro pessoas no apartamento é caótica e um tanto cômica e mostra como seria uma convivência forçada entre as pessoas. A pandemia, desse modo, aparece como um pano de fundo para se falar sobre as idiossincrasias nas relações entre quatro paredes sob uma ótica cômica e leve.

A ideia da série surgiu após uma conversa sobre as dificuldades dos tempos atuais e como isso impactou a classe artística, que teve muitos trabalhos cancelados, levando assim a se reinventar para continuar tendo seu sustento. Carolina Ferraz falou desse momento em uma entrevista:

“A classe artística foi fortemente impactada pela pandemia, por que nós artistas, em sua grande maioria, vivemos o coletivo. É extremamente interessante a necessidade do artista continuar se expressando. A realidade ao em torno nos fez pensar e agir rápido, para que nós não ficássemos estagnados. O isolamento nos provocou uma reflexão profunda, na sociedade num geral e na classe artística também, de como nós queremos nos expressar e de como queremos nos colocar.”


Em Pandêmicos vemos muitas situações que poderiam acontecer na realidade. A série tem cenas engraçadíssimas que permitem o riso fácil e contagiante. Além disso, a produção tem um ar realístico, já que no início de cada episódio surge uma data. 


Como a série foi criada?


O investimento da produção foi independente e realizado pelos próprios atores. A websérie teve uma equipe enxuta de 18 pessoas e o processo para a execução foi de cerca de dois meses e meio. A equipe realizou testes de covid-19 antes das gravações para checar se todos estavam bem. Otávio Martins contou mais detalhes da criação:

"Foram nove dias consecutivos de filmagem, ficávamos o dia todo e só saíamos para ir para casa. Ficamos praticamente em quarentena juntos."


A parceria entre Carolina Ferraz e Otávio Martins surgiu no teatro e agora eles repitiram a dose no audiovisual, com o desafio de gerar conteúdo e publicar em uma plataforma de vídeos. 


Personagens

A série possui um elenco bem enxuto. São quatro protagonistas e a filha do ex casal, Bia. Abaixo falo sobre cada um:


Janaína: mulher autoconfiante, bela e fina. Sua casa está em reforma e ela tem que morar com o ex marido em um apartamento. 


Bia: filha de Janaína e Heitor, é uma adolescente que vive os conflitos de sua idade e o fato de seus pais serem separados. Vive no quarto e quase não vimos seu rosto. É viciada em Tik Tok



Zózimo: atual namorado de Janaína, extremamente acomodado, comilão e preguiçoso. Vai com Janaína morar por um tempo no apartamento do ex esposo de sua namorada. 


Heitor: ex esposo de Janaína, é economista e tem o desafio de trabalhar em home office  com a pandemia do coronavírus. 



Fernanda: atual esposa de Heitor, é organizada e viciada em limpeza (Ela usa um vidrinho de álcool em gel no pulso). 


Tema de abertura

A música tema da websérie chama-se Pandêmicos e foi interpretada pela atriz e cantora Nany People. Achei a música original e acredito que ela foi criada especialmente para a série. Uma curiosidade é que a letra faz rimas com várias palavras poparóxitonas. Ouça-a:


    



Onde assistir?



A série pode ser acompanhada no perfil de Carolina Ferraz no Youtube (Tem até mesmo uma playlist com todos os episódios lá). 


Crítica



Pandêmicos é uma série curtinha em que a vi durante dois dias. A série conseguiu arrancar risadas de mim em vários momentos, pois as situações são muito cômicas e engraçadas. O tema e o enredo foram interessantes, sempre colocando a estória sob o pano de fundo da pandemia. 

Embora clichê, a série chamou a minha atenção pelos bons diálogos e enredo, assim como a qualidade de imagem e som. A fotografia da série é digna de uma produção da Netflix. Cada episódio tem um gancho para o próximo.

A série não possui filtros. Há muitos palavrões e palavras e gestos obscenas, por isso não a recomendo para todos. Finalizo o Serieteners - séries da quarentena com essa websérie. Fique agora com o trailer. J-J


   





Por: Emerson Garcia
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Template por Kandis Design