quinta-feira, 12 de novembro de 2020

Quinta de série #serieteners #2: Carenteners

Pode conter spoilers!





Prosseguimos com as Séries da quarentena - séries que foram criadas e produzidas durante a pandemia do novo coronavírus. Nessa semana falarei da produção Carenteners. A série se encaixa no gênero websérie, pois foi criada exclusivamente para o Youtube no perfil da Warner Chanel. Com 10 episódios de no máximo 5 minutos cada, a produção foi dirigida e criada pela Aline Diniz, apresentadora do TNT. Aline dividiu a produção com Érico Borgo, conhecido como um dos grandes nomes da cultura geek do país. O elenco contou com Ana Tardivo, Mateus Sousa, Gabi Lopes, Eliana Ferraz, Pedro Paulo, Richard Abelha e Jade Odara. O seriado estreou no dia 30 de junho desse ano. Ele é uma parceria entre a Warner Chanel e a Huuro Entretenimento.

Carenteners - Amor em tempos de pandemia conta a história do casal Cecília e Marcos que teve que se reinventar para cultivar um relacionamento amoroso em uma época de confinamento e isolamento social. Eles só tiveram um encontro, que foi às cegas por sinal. Na verdade, eles precisavam de um encontro presencial para se conhecerem melhor, mas não foi possível. Assim, eles namoram tendo que enfrentar vários desafios como flertes virtuais, chamadas travadas e surtos coletivos. 


A série procura mostrar como um casal sobrevive (Ou não) em meio à pandemia do coronavírus. Os problemas enfrentados por Cecília e Marcos são, de certa forma, os mesmos que a produção enfrentou, já que a série foi toda gravada de forma remota. Os próprios atores que operaram câmeras, celulares e computadores, ao mesmo tempo que encenavam. 

Com isso, o casal deve manter o relacionamento ao mesmo tempo em que lida com seus problemas pessoais, trabalho e convivência com a família e amigos. Cecília, por exemplo, fica confinada na casa de sua mãe, que é bastante controladora; enquanto, Marcos foi obrigado a fechar seu bar que tinha acabado de inaugurar, ficando endividado. Cecília ainda teve que se adaptar à rotina do homeoffice, já que ela é uma jornalista em exercício; enquanto Marcos criou uma salsicha em conserva para dar uma guinada nos negócios. 

Carenteners foi inspirada em um episódio recente de Modern Family, sendo contada integralmente por telas de celular e redes sociais. De forma lúdica, a produção utiliza de memes, referências de séries bem sucedidas, marcos da cultura pop além de outros detalhes. 

Em entrevista, a criadora da série, Aline, disse que a ideia surgiu de forma espontânea:

“Uma ideia que a gente teve, em uma conversa, e não seria legal ter uma ideia assim. O desenvolvimente foi rápido, com muita agilidade, e é um pouco que a gente vê na série. É um momento que não sabiamos que ia viver. É muito bizarro que essa ideia surgiu em uma conversa com o Erico. Em questão de uma semana.”



O legal de Carenteners é a utilização da tecnologia e das redes sociais ao favor da série. Os personagens utilizavam redes sociais que nos acostumamos a utilizar nesse período de pandemia, como Zoom, Google Meets, Instagram, Facebook e Whatsapp. Claro que as redes sociais não apareceram de forma explícita, até porque os atores não patrocinaram nenhuma delas (Exceto algumas empresas que aparecem no final de cada episódio), mas pelo layout e aparência logo entendemos de quais aplicativos se tratam. 


Desafio de uma gravação remota

A gravação da série foi um desafio para os atores e produtores, já que eles tiveram que entender os mecanismos e dinâmicas da gravação remota para a produção de conteúdo audiovisual. Os atores estavam em suas residências gravando e falando com muitas pessoas simultaneamente. É necessário um desdobramento maior dos atores, que tiveram que ajustar cenário, figurino e luz. Com isso, os atores aprenderam uma nova lição que é a de valorização do trabalho de cada profissional presente.  

Confira um vídeo da criadora e produtora da série falando do processo criativo para Carenteners:


Personagens 



Cecília: protagonista da série, é uma jornalista que consegue um novo emprego. Ela planejava morar sozinha para sair da aba de sua mãe controladora e da presença do seu irmão egoísta. Ela começa a se interessar por Marcos. Parecia que as coisas estavam se encaminhando, até que a pandemia do coronavírus se iniciou e acabou com seus planos. Ela não pode mais morar sozinha e o seu relacionamento amoroso teria que ser repensado. Para completar, Cecília tem que lidar com o homeoffice e com seu chefe doido que manda missões impensáveis durante a pandemia.  




Marcos: coprotagonista da série ao lado de Cecília, é um homem impulsivo e criativo. Ele abriu um bar um pouco antes da pandemia do coronavírus, investindo alto e criando receitas incríveis como salsichas em conserva. Porém toda sua veia empreendora é parada com essa nova condição que todos passam. No meio dessa turbulência ele conhece Cecília, por quem se apaixona. Como ele deve lidar com todas essas questões? Ele deve se reinventar. 




Norma: é a mãe de Cecília e JC. É extremamente neurótica, do tipo de ser viciada em limpeza, mas tem um enorme coração. Se com Cecília age de forma ferraz, com JC age de forma branda, já que ele saiu da casa do pai no Rio de Janeiro e veio morar com ela. No decorrer dos episódios, ela começar a ter um webnamoro, o que ocasiona as situações mais engraçadas. 




Dino: é distraído e excêntrico e divide apartamento com o amigo Marcos, que não compreende como Dino ganha dinheiro, já que ele é inútil. É chefe de redação aonde Cecília trabalha, sempre propondo pautas inusitadas para ela apurar. Ele já sofreu muito na vida amorosa, o que faz duvidar do relacionamento de Cecília e Marcos. Ele já namorou a influencer Camilinha e tem um crush por Amanda Speedster. 





JC: Júlio Cesar é irmão mais novo de Cecília. ELe é gamer, ficando muito tempo online, que mal percebe que uma pandemia mundial iniciou. Na verdade ele percebe, mas prefere fingir que é mentira para irritar sua irmã. De opiniões fortes e polêmicas, defende o capitalismo e gosta de ser mimado por sua mãe (Ele não consegue fazer sequer um miojo). Tudo para JC é sinônimo de jogo, sendo o seu favorito o de Irritar Cecília Até Ela Surtar.




Amanda Speedster: é uma drag queen bem sucedida no cenário noturno de São Paulo. Durante o dia, é um motorista de ambulância do SAMU. Ela gosta de curvas perigosas, sendo dotada de veias artísticas, automobilísticas e domésticas. Ela, por exemplo, vive consertando as coisas no apartamento de Marcos e Dino. 




Camilinha: blogueira e influencer digital de viagens teve que se reinventar durante a pandemia. É explosiva e já arrumou muita confusão com outras influencers. Um de seus principais problemas é o seu ex namorado Dino, que vive com alguma ideia absurda para ajudá-la ou para pedir conselhos para flertar com outras pessoas. O nome do seu canal no Youtube é CamiLondon, já que Londres é seu lugar favorito; e seu fandom se chama Camilers



Crítica
Carenteners é uma série levinha e super rápida. Assim como Diário de um confinado, há uma identificação muito forte com tudo que acontece. A produção tem boas sacadas, referências e momentos engraçados e divertidos - mas nada que seja muito fora do normal. Diria que é uma série de convivência e adaptação à esse novo normal.

Os atores tiveram que conhecer outras áreas além da de atuação, como autogravação, maquiagem, figurino, iluminação e cenário. A série, mesmo sendo gravada de forma remota, prezou pela qualidade de imagem e som.




Os roteiros dos episódios foram bem construídos. Cada um deles possui um tema e uma arte própria. Em menos de uma hora você conclui a série. Não é nada de um roteiro esplendoroso, mas é assistível. 

É possível que a série ganhe mais temporadas (No momento ela está na bolha), mesmo após o fim da quarentena. A ideia é mostrar a evolução dos personagens e da trama. 




Todos os episódios podem ser vistos através desse linkFique agora com uma entrevista com os criadores e elenco de Carenteners. J-J 


 







Por: Emerson Garcia

18 comentários :

  1. JOVEM JORNALISTA,
    NA QUALIDADE DE SEU SEGUIDOR ESTAMOS COMUNICANDO QUE O "DRAMALHÃO DO BOLSONARO,PRIMEIRO DOS SEUS ÚLTIMOS ATOS" DESSE AMOR TRESLOUCADO ENTRE ELE O SEU AMIGO INSEPARÁVEL TRUMP DOS STATES, NOSSO MAIS NOVO BLOG "A MUSICA É FELICIDADE" HOMENAGEIA EM HARMONIA , MELODIA E VOZ ESSA INTENSA E TÃO BREVE COEXISTENCIA ENTRE AFETIVA ENTRE OS PRESIDENTES DAQUI E O DE LÁ.
    É TUDO MUITO EMOCIONANTE.
    PREPARE SEU CORAÇÃO.
    CONFIRA!!!
    UM ABRAÇÃO CARIOCA.

    ResponderExcluir
  2. Uma rica apreciação. Bela postagem!

    ResponderExcluir
  3. Oi, Emerson!

    Espero que você esteja bem de saúde e feliz. Por aqui, as coisas estão péssimas, qto à Covid-19.

    Uma postagem mega completa, muito bem explicada e que sempre me fascina.

    Carenteners é, com certeza, uma série mto interessante e diversificada. Os personagens são bem diferentes uns dos outros, e por isso nos atraem tanto.
    Amor em tempos de pandemia não é, nunca foi fácil e é preciso fazer das tripas coração, como vulgarmente se diz, para que se possa amar.

    Beijos e dias com saúde!

    ResponderExcluir
  4. Boa noite Emerson. Parabéns pela postagem e dica. Sempre ficamos bem informado em tudo que você nos trás. Grande abraço carioca.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Professor dando erro, hein? "que você nos TRAZ, do verbo trazer. É, desse jeito, que se escreve, tá?

      Lucia

      Excluir
  5. Very interesting post. Thanks for sharing!

    Cheers,
    Diana - Hijab Sporty Looks Ideas

    ResponderExcluir
  6. Amigo.Tire_me uma dúvida respondendo no meu blog.

    O Arthur Claro tem como um dos blogs o seu,com o nome jovem jornalista.

    Vocês são a mesma pessoa ou ele e vc postam nesse blog?

    Obrigada pela visitae se tiveralguma de minhas redes sociais que postei,siga_me,ok?

    Obrigada pelas visitas,volte sempre!

    Beijos sabor carinho e uma sexta_feira feliz

    Donetzka

    ResponderExcluir
  7. Oi Emerson,
    Ainda não assisti a série, mas a conheço porque é dos Ex-Omeletes e os sigo nas redes sociais, rs.
    beijo
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Oie, amei a dica de série. Ainda não assisti essa e fiquei bem interessada. O bom é que é bem leve e rápida.
    beijos
    https://www.dearlytay.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olha só, não conhecia essa série. Vou conferir com certeza.

    Beijo.
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  10. Confesso que não costume ver web séries, mas acho a proposta legal.
    Isso de gravar de forma remota é doido, no meu curso o pessoal fez um curta assim.
    Ótimo post ;)
    Boa sexta-feira 13 hahahaha!

    https://www.heyimwiththeband.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Não conhecia, fantástico como com criatividade até as adversidades da pandemia se conseguem ultrapassar! :) Bom fim de semana.
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir
  12. nao conhecia mas quem sabe um dia destes veja pois fiquei coriosa bjs saude

    ResponderExcluir
  13. Eu não conhecia essa série, mas deve ser bem divertida mesmo, só olhando para o elenco, deve ser dignas de várias risadas mesmo.
    Bjks!

    Mundinho da Hanna
    Pinterest | Instagram | Skoob

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Parece bem divertida essa série, para dar boas risadas.
    Gostei da indicação.
    Abraços.



    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Olha só, não conhecia essa websérie, mas a premissa dela já me deixou interessada. Vou assistir, com certeza! Obrigada pela indicação, Amei o post!
    Abraços
    Tamara
    tamaravilhosamente.com

    ResponderExcluir
  16. Olá, Emerson.
    Não conhecia ainda. Mas imagino a dificuldade para gravar hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir

Obrigado por mostrar seu dom. Volte sempre ;)

Nos siga nas redes sociais: Fanpage e Instagram

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Template por Kandis Design