quinta-feira, 22 de novembro de 2018

Entre Frames #7: Ginga - Iza








No Entre Frames de hoje analisarei Ginga da cantora Iza. O clipe foi publicado no dia 23 de março de 2018, com direção de Felipe Sassi, produção da Lovefilms e coreografia de Dandan Firmo. O vídeo tem participação especial de Rincon Sapiência e teve 684 mil likes no Youtube contra 22 mil deslikes

O clipe não conta uma história propriamente dita. A coreografia em si é a verdadeira história. Desse modo, ele é quase 100% coreografado. Assista:






A partir do clipe, fiz vários apontamentos:


Closes certos!






O clipe começa com vários closes no olho de Iza e em seu rosto, acentuando a maquiagem dos olhos e o batom da boca. Isso acontece em apenas 2 segundos, aos 0:01 e 0:02. Esses frames, logo no início, já mostram que trata-se de um clipe da diva, demarcando bastante o território.



Estética do clipe

















O clipe foi dividido em dois períodos - dia e noite - e em pelo menos quatro filtros e cores - azul, dourado e terra; vermelho, amarelo e dourado; verde, cinza e preto; e azul, verde água e preto. Aos 0:19, por exemplo, é possível perceber a predominância do azul claro da roupa de Rincon e do azul da ambientação. 

A escolha e utilização dessas cores é muito interessante. Todas elas são primárias e chamam a atenção de quem assiste ao videoclipe. 

O vídeo possui cenários surpreendentes, uma fotografia ousada, figurinos e visuais de tirar o chapéu. 



Se liga nessa coreô!





Como falado na introdução desse post, a coreografia é a verdadeira protagonista. O Rincon e a Iza vem somente para acrescentar suas vozes e fazer os passinhos. O interessante, que pela letra falar de capoeira e de danças africanas, a coreografia foi toda baseada nisso. Vemos, por exemplo:

- Dançarinos balançando seus bumbuns no ritmo do berimbau (0:14);




- Rincon batendo palmas no ritmo do som da capoeira (0:33);





- Dançarinos jogando areia para cima com os pés (0:45);





- Gestos e passos de capoeira (0:47);

- Pernas para o ar na parte que é cantado "Se entrou na roda vai ter que jogar" (0:56); e




- E um círculo de roda de capoeira (2:01).



Parabéns à Dandan por uma coreografia tão bem produzida!


Gestos


Por ser um clipe quase que 100% coreografado muitos gestos foram captados por mim, como:

- No ritmo da música os dançarinos balançam o pescoço (0:05);




- Iza perpassa suas mãos pelos seu corpo (0:31);



- Na parte que canta "golge, gole, gole, gole" os dançarinos parecem fazer um gesto com as mãos apontando para a garganta (1:22);




- Na parte "Fé na sua mandiga" Iza e os dançarinos batem no peito, na boca e depois jogam as mãos para cima (1:02);

- Iza parece nadar no rio (1:57); e




- Iza faz um movimento com as mãos, como se gritasse, e faz um barulho de onça (2:34).




Com um olhar atencioso você pode encontrar muitos outros gestos significativos, icônicos e que tem a ver com o tema da música - a capoeira.



Câmeras, enquadramentos e frames










O trabalho cenográfico e de câmeras do clipe também está impecável. Os cinegrafistas usaram e abusaram de cortes e alternância de frames, como em 1:40 - 1:44 e 2:05 - 2:34. Foi realizado um trabalho primoroso de câmera e edição.

Com relação aos movimentos, destaco o de 90º que a câmera realiza aos 1:00. Já sobre enquadramentos, destaco a parte que Iza e Rincon ficam assimetricamente na tela, o enquadramento à esquerda (1:28) e a simetria (1:29).


Detalhes




Como bom observador, presto atenção aos detalhes dos clipes aqui divulgados. Ginga tem detalhes muito interessantes, como: a cor da unha de Iza combinando com sua roupa (0:31); e a roupa verde de Iza parece um animal marítimo por conta das bolinhas verde clara nela (1:38). 



Participação de Rincon





No clipe, o cantor sempre aparece como um coprotagonista ao lado de Iza. A partir de 1:05 ele tem uma participação solo, ao cantar em cima de um bloco de cimento. Já em outra (1:12) ele canta, enquanto Iza fica de costas admirando a natureza do ambiente.


Looks e mais looks!


Iza usa pelo menos 4 looks diferenciados no clipe - uma roupa dourada, verde, vermelha e rosa. Enquanto isso, Rincon utiliza 3 looks - um terno e paletó azuis, um vestido preto com detalhes em verde água e um preto. Parabéns à styling Bianca Jahara por fazer looks tão interessantes para a Iza, Rincon Sapiência e o Ballet. 

Roda


A roda tem um papel muito importante no clipe ("Entra na roda e ginga, ginga, ginga ah ah ah") e ela aparece em vários momentos, como aos 1:26 quando Iza, de vermelho, está em uma roda de mulheres também de vermelho e quando ela, de rosa, está ao redor de dançarinos com roupas azuis (2:12).

O conceito da roda de capoeira também aparece quando é cantada uma cantiga de roda que diz: "Vou seguir com fé, vou seguir com fé...".


Conceitual




A direção criativa de Felipe Sassi e Bianca Jahara está impecável, cheia de significados e com qualidade. Destaco o frame que Iza aparece de cabeça para baixo em um filtro azul (1:09) e quando a tela é invadida por uma fumaça azul (2:57). 




Influências


Como falado, os produtores se inspiraram na capoeira para fazer o clipe. Além disso, na religião e cultura africanas, seja na forma em que se dança ou nos figurinos.


Elementos da natureza e conceitos


Como falado anteriormente, os looks (cerca de quatro durante o clipe) são muito ousados. Além disso, são representativos por significar os quatro elementos da natureza - água, terra, fogo e ar. Como pode-se se perceber, há quatro momentos no clipe: o primeiro, quando os dançarinos estão sobre a terra; o segundo, quando os dançarinos e a Iza estão ao redor do fogo; o terceiro, quando a Iza e o Rincon estão em uma piscina; e o quarto, quando Iza e Rincon estão em uma superfície de concreto, representando o ar. 

Além de representar os elementos da natureza, os produtores do clipe ainda falaram de vários conceitos, como união, representatividade de de divindade feminina e libertação. 


Melodia


A melodia tem sons dançantes e impactantes, além de trazer o som de danças e músicas africanas. 


Letra


A letra apresenta muitos conceitos africanos e da capoeira ao falar de gingar, entrar na roda e dançar. É uma letra bastante produzida. Deixo um trecho com vocês: "Entra na roda e ginga, ginga Fé na sua mandinga, na roda ginga".

Até o próximo Entre Frames! J-J



















Por: Emerson Garcia

8 comentários :

  1. Olá, tudo bem? Meu nome é Tanara e estou recomeçando no blog! Gostaria muito se vc visitasse meu cantinho e seguisse, caso você curta! Te espero lá! Já vou favoritar seu cantinho tbm!
    Um beijo!

    ResponderExcluir
  2. Acredita que eu não conhecia, JJ?
    Arrasou no post explicativo!!

    Um beijo,

    www.purestyle.com.br

    ResponderExcluir
  3. Bacana sua análise Emerson. Eu ainda não tinha assistido o clipe, achei super bonito. Um abraço!

    ResponderExcluir
  4. Essa mulher é tão poderosa, e tão cheia de cultura. Amo! Ahh.. e não posso deixar de falar do Rincon, sou fãzona!

    www.estiilocarol.com

    ResponderExcluir

Obrigado por mostrar seu dom. Volte sempre ;)

Nos siga nas redes sociais: Fanpage e Instagram

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Template por Kandis Design