domingo, 15 de abril de 2018

'Gran Paradiso' adiciona inovação e dose eletrônica ao som que já conhecemos do Rosa de Saron



O novo cd da banda Rosa de Saron, Gran Paradiso, foi lançado no último dia 16 de março no ano em que o grupo completa 30 anos de carreira. Distribuído pela Som Livre, este é o décimo terceiro álbum do grupo que agora retorna para o estúdio para gravar doze faixas inéditas. 

Nesse novo projeto a banda experimenta novos sons, além de reafirmar seu estilo: o rock que transcende a religião (leia mais sobre aqui). Com o mote que "a música está em constante mudança e novos sons e estilos tem surgido", o grupo incorporou novos elementos do pop e da música eletrônica em Gran Paradiso. Veja o que o vocalista e produtor musical, Guilherme de Sá, falou a respeito:

"Não queremos ficar engessados, presos no passado. Inovar é uma ousadia e um risco, mas não conseguiríamos fazer diferente. Temos essa inquietação artística e não temos porque conter.”


Antes do cd chegar em formato físico nas lojas, foram lançados oito músicas nas plataformas digitais (Spotify, Deezer, Apple Music...), além de três videoclipes no Youtube, o que deu novo fôlego congruente com o conceito contemporâneo de "ouvir e ver música". É o que o baixista da banda, Rogério Feltrin, enfatiza:

 “As novas tecnologias mudaram a forma como as pessoas consomem música, isso também nos afeta como artistas e consumidores que somos. Vivemos a era das playlists abertas, o conceito de álbum fechado perdeu relevância.”



Assista aos videoclipes de Ambivertido e Gran Paradiso











Mais uma vez Rosa de Saron traz um produto de qualidade, seja de técnica ou de conceito. As letras são fortes e possuem uma poesia incrível, repleta de significados e reflexões. A principal mensagem desse projeto é sobre a vida eterna e o céu. Em um mundo focado no ter, no aqui e agora, a Rosa mostra que existe uma outra vida, mais importante e intensa do que essa. Claro que a banda fala desse assunto com muita sutileza, sem levar para o lado religioso ou fanático. Enfim, são músicas que trazem mensagens de fé, esperança, amor e vida eterna. 

Melodicamente falando, Gran Paradiso está diverso: há músicas mais animadas, outras agitadas, algumas com pegada elétrica e outras mais românticas - como já sabemos que é uma das identidades da banda. 






Faixas







O álbum conta com as seguintes canções: Gran Paradiso, E sempre, Ébrio Hábito, Ambivertido, Abba, Dossel, Ei!, Koyaanisqatsi, Densas nuvens, tempestades, Eu quero voltar, Gratidão e Quando perder. Falarei das peculiaridades, melodia e o que diz a letra de cada uma delas. 

O cd abre com Gran Paradiso, canção-tema. Não há muita novidade na melodia: é o bom e velho rock marcante da banda. A letra fala sobre o paraíso e no que ele se difere da vida terrena. Veja o refrão: "Lágrimas não escorrem Bombas não explodem Vidas não se vão Gente não se fere Gosto não difere Não há dor Não contesta-se o amém Não apressa-se o porém Não se desfaz o amor".

E sempre tem um ritmo pop e com melodias repetitivas. Ela é animada na medida certa. A letra fala de um dos sentimentos mais nobres existentes. A letra me lembra uma frase do discípulo Paulo: "Se não tiver amor, eu nada serei". O refrão diz o seguinte: Você nunca perde por amar Perde por guardar o amor O amor é muito sério Para ser retido em vão Então irmão, ame O amor é muito raro Para ser sentido em vão.

Ébrio hábito traz um ritmo mais intimista, mas que cresce com o decorrer. Destaque para a guitarra nessa música. A letra também fala de amor, um sentimento tão importante mas perdido na vida terrena. Acho muito interessante essa parte: "E o amor se torna completo e absoluto E seguimos Sorrindo Rindo Indo Sem mágoa Sem desacordo Sem separação Sem pressa Sem vírgula Sem ponto final Sem dor Somente amor Por favor".

Ambivertido é a primeira faixa tecnicamente inédita desse projeto. A letra fala de relacionamentos humanos cada vez mais superficiais, solidão, falsas alegrias e frieza. Acho muito interessante o clipe por mostrar a sociedade atual cada vez mais doente e focada no ter, e não no ser e em amar. A letra é um tapa na cara: "Oi Meu prezado amigo Desneceselfies não dizem algo aqui A não ser que eu esteja bem Neste caso, há um porém Tire um retrato meu E então, divulgue-me".

Abba é a primeira faixa de adoração e congregacional do álbum. A voz suave de Guilherme e o toque sutil dos instrumentos são marcantes. A letra é um ode ao "paizinho" e criador do universo. "Maior que o horizonte em si Maior que o inverno Maior que o breve Que o amanhã O acaso O impossível Abba Pai Elohim". Destaco também os belos arranjos vocais e instrumentais da canção. 





Dossel é uma faixa animada e agitada, que traz melodias e arranjos eletrônicos. A letra é um pouco difícil de ser entendida, mas acredito que fale sobre as fragilidades humanas e que todos possuem pontos fracos. "O que houve? O que houve? Porque desistiu? Onde foi que não mais resistiu? Quando foi que seu dossel caiu?".


Ei! é a segunda faixa de novidade técnica do álbum. Traz um ritmo eletrônico interessante de ouvir. A letra fala sobre as indiferença humana de nossa sociedade e de pessoas que passam anonimamente na vida das outras. A música tem momentos mais elevados e outros mais introspectivos e baixos. "Portanto, ei! Me olhe Me note Me dê uma chance Que eu já não sei, por Deus, não sei Quantas vezes eu, eu, eu Me dê boa noite Me cumprimente Que eu já não sei, por Deus, não sei Quantas vezes".

Koyaanisqatsi tem um violão marcante, além de um ritmo rápido e envolvente. A letra também é difícil de ser compreendida, mas acredito que fale sobre a vida terrena, a falta de tempo e os momentos atribulados que passamos na terra. O título da canção, creio eu, que tenha vindo de uma expressão da língua hopi e significa: "vida maluca, vida em turbilhão, vida fora de equilíbrio, vida se desintegrando, um estado de vida que pede uma outra maneira de se viver". Deixo um trecho da música: "Poderiam ter avisado Que a vida é difícil E que o tempo, o tempo passa Mas nem tudo passa com o tempo Nem mesmo o amor Nem os céus Nem Deus".

Densas nuvens, tempestades me transmite paz e esperança pelo toque e suavidade na voz do Guilherme. Acredito que seja uma canção perfeita para cantar nas rádios e nas igrejas. A letra fala sobre as dificuldades da vida e de quem sempre está ao nosso lado. O refrão é lindíssimo: "Se eu não sei onde estou Você junta meus pedaços E não me deixa só Nunca estarei só Não mais".

Eu quero voltar tem um toque acústico e uma entrada incrível de violão, aliás, ela é tocada, em sua maior parte, apenas com esse instrumento. A letra fala sobre a possibilidade de mudanças e de tornar-se alguém melhor. "Mesmo que saiba Que o pra sempre Muda de sentido diariamente Ou divise o passado Sendo reprisado em memórias Preterindo momentos mágicos Prometa-me algo Não jure eternidade ao tempo Ele sabe esperar".

Gratidão também possui uma entrada no violão e um clima acústico. É uma canção suave na medida certa. Ela vai crescendo em sua execução. A letra fala exatamente sobre o título - esse sentimento nobre que devemos ter nessa e na outra vida. "Tive sede, me deu água, na sombra me sentou Deu-me a vida, pediu nada, revertendo toda inversão".

Quando perder tem uma belíssima entrada de teclado e uma sonoridade incrível. A letra fala sobre as perdas que temos nessa vida, que a riqueza não é a coisa mais importante a ser conquistada e que a maior riqueza que podemos ter é a fé e a presença de Deus. "Já que se vão os anéis Que fiquem os dedos Ouro e prata são nada Comparados a segurar Sua mão".

Ouça as faixas no Spotify:





Capa








A capa traz uma bela paisagem de uma montanha e nuvens sobre um fundo preto com efeitos tipo de "lousa apagada de giz". A paisagem central, em formato de círculo, traz linhas coloridas na base que dão movimentos cinéticos e dinâmicos (Me lembra bastante efeitos sonoros eletrônicos). A fonte do título é bem interessante e jovial.


Considerações finais


Como bom fã da banda Rosa de Saron, recomendo esse trabalho, pois ele foge dos lugares comuns, tanto de temas, como de técnicas sonoras e vocais. Gran Paradiso adiciona recursos novos ao que já conhecemos do som do Rosa de Saron. J-J






Mais informações
Spotify
Site
Facebook
Instagram
Youtube


Por: Emerson Garcia

18 comentários :

  1. Boa tarde! Tudo bem?
    Não conhecia essa banda, mas a proposta me parece ser bem legal.
    Passando pra retribuir sua visita lá no meu blog.
    Obrigada pelo comentário, volte sempre e tenha uma excelente semana!

    ~ miiistoquente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim. Rosa de Saron é mais que uma banda carismática católica. Aliás, eles vão além da religião.

      Excluir
  2. Gostei demais!

    http://www.gotasdecafe.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Jovem
    Como sempre um post super completo sobre uma banda que eu não conheço. As letras têm substância. Passam uma mensagem muito bonita.

    Hoje o Indiana Jones vai estar no meu blog numa aventura delirante.
    Xoxo from Portugal

    marisasclosetblog.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Marisa. São letras fortes e profundas, algumas bem difíceis de serem entendidas.

      Excluir
  4. Olá JJ tudo bem???


    Não conhecia essa banda, pq depois de post já sei bastante e quero começar a ouvir as músicas...


    Beijinhos;
    Débora.
    https://derbymotta.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  5. Não escuto música! =P


    Beijinhos
    n. // www.fashionjacket.com.br

    ResponderExcluir
  6. Eu conheci o Rosa a pelo menos uns 8 anos atrás e gosto demais deles .... Não tinha visto que tinha lançado um novo cd, vou escutar! Eu gosto muito da música Meu abandono, entra música e sai música e sempre é a minha prefira!!!!!

    http://www.cherryacessorioseafins.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não estou me lembrando dessa, Simone. Mas vou escutá-la depois.

      Excluir
  7. Ouvi bastante rosa de saron na minha adolescencia, não sabia do lançamento fiquei muito feliz
    Beijos

    www.estiilocarol.com

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia essa banda, vou ouvir algumas faixas que vc selecionou;)
    Bjs!

    ResponderExcluir
  9. É realmente extraordinário o trabalho deles. Cada álbum lançado eu me impressiono mais. Eles falam do amor de Deus de uma forma singular. É como se eles lessem a Palavra de Deus, interpretassem e colocassem essa palavra de uma forma sutil em suas músicas, ao invés de simplesmente copiar e colar versículos bíblicos. Dessa maneira eles falam de amor, de esperança, de fé, de vida eterna... Eles são demais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente essa mesma sensação que eu tenho. Eles são incríveis.

      Excluir

Obrigado por mostrar seu dom. Volte sempre ;)

Nos siga nas redes sociais: Fanpage e Instagram

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Template por Kandis Design