terça-feira, 6 de março de 2018

O que gostei do Oscar© 2018



A 90ª edição do Oscar© que aconteceu no último domingo (04) foi memorável e teve vários fatos inéditos. Foram 4 horas de cerimônia com apresentações musicais, discursos incríveis, momentos descontraídos, entre outros. A forma da água foi o grande vencedor da noite com quatro estatuetas, incluindo a de Melhor Filme. Já Dunkirk veio logo depois com três.

Gostei bastante da cerimônia. A achei dinâmica e criativa. Não a achei monótona por nenhum momento e consegui ficar acordado até o fim, por volta de 1 hora e 50 da manhã. Nesse post pontuo o que gostei do Oscar© 2018. Confira!


- Vencedores estrangeiros





O Oscar© 2018 não se limitou em premiar apenas os profissionais hollywoddianos, mas sim os estrangeiros e imigrantes, como Guilhermo Del Toro, que tornou-se o quarto diretor mexicano à ganhar na categoria de Melhor Direção em cinco anos. Tal atitude deu voz às outras nações e mostrou que o Oscar é global. Confira parte do discurso de Del Toro:






Foi um discurso incrível, que enalteceu os profissionais e produtos estrangeiros, afinal o entretenimento também é global. Finalizo com uma fala lacradora do Del Toro:

“Quando criança, via filmes no México e nunca achei que isso pudesse acontecer. Quero dizer para vocês, todo mundo que faz fantasia e conta histórias que são reais no mundo hoje, vocês conseguem. Chutem a porta e entrem.”




- O discurso de Frances McDormand, vencedora do Oscar de "Melhor Atriz"







Gostei muito da atriz Frances McDormand ter ganhado o Oscar© de Melhor Atriz. Muito mais que merecido! Além disso, o discurso dela foi incrível ao enaltecer às mulheres, suas criatividades, forças de vontade e talentoS. Ele foi bem congruente com o tom ideológico da noite. A parte que ela pediu para todas as mulheres indicadas ficarem de pé foi arrepiante:






Frances finalizou sua fala dizendo que as mulheres presentes serão "roteiristas de inclusão", ou seja, serão elas que influenciarão os financiadores com seus projetos que incluem as mulheres em posições importantes como roteiristas, diretoras, fotógrafas, figurinistas e por aí vai.



- Apoio aos movimentos #MeToo e #TimesUp






Achei importante o Oscar© ter dado destaque às campanhas #MeToo e #TimesUp contra os abusos sexuais no ambiente artístico e também contra as desigualdades de gênero. Um vídeo muito importante foi exibido, onde artistas, produtores, diretoras de artes e atrizes discutiram esses temas espinhosos, mas importantes. Gostei muito dele.

Além disso, o carismático apresentador do Oscar©, Jimmy Kimmel, em seu discurso inicial nos lembrou que apenas 11% dos filmes são feitos por mulheres, além de fazer uma piada de humor negro contra os homens: "No ano em que os homens se equivocaram tanto, as mulheres começaram a sair com peixes" [Alusão à A forma da água].

Foi uma cerimônia alinhada com essas questões políticas e sociais.



- A força feminina no Oscar©



As mulheres foram o grande destaque desse Oscar©. Pela primeira vez uma diretora e uma fotógrafa foram indicadas nas categorias de Melhor Direção e Melhor Fotografia. Greta Gerwig estava na linha de frente e representa os 11% dos filmes feitos por mulheres. Rachel Morrison, por sua vez, é uma das poucas cinematografistas.

Enfim, foi incrível ver essa força feminina na cerimônia, embora elas não tenham levado o prêmio para casa.




- Prêmio de "Melhor Ator" à Gary Oldman






Não tinha como outro ator, que não Gary Oldman, ganhar nessa categoria. O trabalho de atuação, maquiagem e caracterização dele para compor o político Winston Churchill  em O destino de uma nação está primoroso! Gostei muito de ter vencido nessa categoria.

Muitas polêmicas surgiram após Gary Oldman levar a estatueta. É que ele é acusado de violência doméstica por sua ex mulher, Donya Fiorentino, e as pessoas não entenderam como o Oscar© deixou ele vencer. Mas acredito que são especulações e sempre a verdade vem à tona. 




- Distribuição de prêmios


Praticamente todos os filmes indicados foram para casa com um prêmio em mãos. Achei incrível a distribuição de estatuetas. Para mim, essa foi uma atitude de reconhecimento por parte da academia. Essa constatação, tanto é verdade, que A forma da água que foi indicada em 13 categorias foi para casa com apenas 4 prêmios.




- O Oscar© foi para a rua!






Para mim esse foi um dos momentos mais marcantes de toda a cerimônia. Imagina você estar assistindo ao Oscar© em uma sala de cinema e, de repente, chegar vários famosos distribuindo guloseimas e cachorro-quente? E foi exatamente isso que aconteceu: o apresentador Jimmy Kimmel foi com Armie Hammer, Ansel Elgord, Margot Robbie, Guilhermo del Toro, Gal Gadot etc até um cinema do outro lado da rua. 

Se eu estivesse no cinema iria pirar se a Mulher-Maravilha entrasse e me desse balinha! Mas preferia mesmo que a Meryl Streep fosse (uma pena que ela nem quis se levantar da poltrona).




- Filme estrelado por uma mulher trans vencedor








Pela primeira vez em um Oscar© um filme estrelado por uma mulher trans levou a estatueta na categoria de Melhor Filme Estrangeiro. Trata-se do longa chileno intitulado Una mujer fantástica. O longa vencer essa categoria tem muitos significados e traz representatividade para o mundo inteiro. 

A atriz trans, Daniela Vega, também teve a oportunidade de introduzir uma apresentação musical nessa edição.





- Primeiro roteiro original de um negro (Jordan Peele) vencedor







Foram várias as vezes que o Oscar 2018© pisou na cara da sociedade, como quando o prêmio de Melhor Roteiro Original foi entregue ao negro Jordan Peele por Corra!. Com certeza um momento marcante para mim. O discurso de Peele foi emocionante, quando ele falou de persistência e esperança: 

“Parei de escrever umas 20 vezes. Achei que ninguém faria esse filme. Agradeço à minha mãe, que me ensinou a amar mesmo diante do ódio. Agradeço a todo mundo que comprou ingresso e disse para alguém comprar ingresso."



- A presença de Viola Davis e Gina Rodriguez





Vibrei com a presença de duas atrizes nesse Oscar, são elas: Viola Davis e Gina Rodriguez. Não tem nem o que falar de Viola Davis, né? Ela simplesmente marca presença onde quer que for. Ela brilha tanto dentro, como fora das telas. A Gina, por sua vez, foi uma surpresa pra mim, já que ela é estrela de uma série bem divertida e famosa: Jane The Virgin.






- A apresentação de Jimmy Kimmel






Depois de dois anos consecutivos apresentando ao Oscar©, Jimmy já tem um jeito peculiar e incrível de conduzir a cerimônia. Gosto muito da leveza e calma que ele faz isso, sem se tornar caricato demais. Ele sabe introduzir as atrações com sabedoria, fazer piadas bem contextualizadas e engraçadas na medida certa, além de realizar um apanhado  interessante de todos os indicados.




- Dunkirk vencedor nas categorias técnicas


Achei ótimo Dunkirk ter vencido nas categorias Melhor Montagem, Melhor Mixagem de Som e Melhor Edição de Som. Não via outro filme ganhando essas categorias senão ele.




- Blade Runner 2049 vencedor de "Melhor Fotografia"







Roger Deakins vencer nessa categoria foi mais que merecido, pois a fotografia de Blade Runner 2049 está espetacular e não tem para ninguém. Fiquei feliz que Deakins tenha levado sua primeira estatueta para casa depois de 14 indicações.





- Envelopes com os vencedores com o nome de cada categoria gigante








Quantos se lembram da gafe do Oscar© passado quando anunciaram o Melhor Filme? Pois é, esse ano não teve isso, já que nos envelopes os nomes das categorias vinham em letras garrafais douradas. Achei isso o máximo! Também gostei porque os mesmos apresentadores dessa categoria em 2017, foram desse ano, provando assim que todo mundo merece uma segunda chance! Foi um momento bem descontraído.







- Viva vencedor como resposta à xenofobia nos EUA








Gostei muito de Viva ser o vencedor de Melhor Animação e Melhor Canção Original, com Remember Me, (apesar que estava torcendo para This is me de O rei do show nessa última categoria citada), pois foi uma forma de protesto político. Um filme que fala sobre a cultura e uma música mexicana com certeza foi uma afronta. 

No discurso, os produtores da animação celebraram o país de La Cucaracha, que foi finalizado pela fala animada e enaltecedora do ator que faz a voz do protagonista, Miguel: "¡Viva el México!".







- Inclusão social quando Rachel Shenton recebeu o prêmio de Melhor Curta-Metragem por The silent child







Esse foi o discurso mais fofo e inclusivo da cerimônia, em minha opinião. Ao discursar, Rachel Shenton, roteirista de The silent child, falou através da sua voz e de suas mãos, utilizando a linguagem de sinais - já que o filme contava a história de uma criança surda e ela havia prometido a protagonista que se o longa ganhasse faria isso. Achei essa parte incrível!






- Looks masculinos


Também gostei de alguns looks masculinos do Oscar© 2018, que inclui smoakings, ternos, paletós e gravatas. Abaixo, selecionei os que achei mais bonitos e elegantes:



Ansel Elgord




Adorei o paletó aveludado do Ansel. Ele deu um contraste com a calça de tom mais claro.




Armie Hammer



Armie Hammer provou que é possível usar, sim, um paletó de outro tom que não o preto. Achei esse terno vinho todo aveludado um charme, além dele ter combinado com o tom de pele do ator.




Daniel Kaluuya



Daniel foi outro que fugiu do terno tradicional preto. Ele optou por um paletó de veludo  (parece que foi tendência na cerimônia) caramelo e com a gola preta. Gostei bastante do look dele que também combinou com seu tom de pele.




Matthew McConaughey




Matthew optou por um look mais clássico e inovou na cor da gravata borboleta: vinho. Também gostei bastante.




Mahersala Ali




Mahersala não optou por gravata (tradicional ou borboleta), mas sim por um look mais simples e sóbrio onde utilizou vários tons de preto.




 Timotheé Chalamet





Timotheé optou por um look de tom mais claro, variando as tonalidades de branco. Ao contrário do que possa parecer, o ator não ficou apagado com a roupa.



Essas foram as coisas que gostei desse Oscar©. E vocês? O que gostaram e o que foi marcante? Digam nos comentários! J-J


Por: Emerson Garcia

14 comentários :

  1. Nossa, amei esse resumão! Eu não sou muito ligada à cinema e essas coisas (sou mais das séries haha) então nunca assisto o Oscar, mas gosto de estar atualizada mesmo assim, então esse post me ajudou bastante hahaha. Gostei de toda a representatividade e de ver a Viola e a Gina <3
    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com ❥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi um resumo daquilo que mais gostei, mas tiveram outros momentos marcantes na cerimônia também Gabriela. Foi o Oscar da Representatividade, realmente!
      Beijão!

      Excluir
  2. Olá JJ tudo bem???


    Tb gostei muito do discurso da Frances e achei, super, merecido o Oscar para o filme da Disney!!!

    Ótimo post!!!


    Beijinhos;
    Débora.
    https://derbymotta.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  3. Frances mandou muito no discurso dela. #grlpwr

    Beijinhos
    n. // www.fashionjacket.com.br

    ResponderExcluir
  4. Esse ano o oscar foi bastante inovador, eu não assisti mas acompanhei virtualmente em blogs. Gostei!

    http://www.cherryacessorioseafins.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi Emerson, eu não assisti a cerimônia esse ano. Mas estou animada para assistir alguns dos filmes vencedores, tem muita coisa que eu não consegui assistir até agora. Um abraço!

    ResponderExcluir
  6. Acredita que não assisti ao Oscar? Mas é bom que agora soube de algumas coisas pelo seu post, rs Bjs

    www.mayaravieira.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que te informei um pouco então, Mayara.
      Beijos!

      Excluir
  7. Eu também achei muito bacana a distribuição de prêmios. Não fazerem só um filme ganharem vários sozinho..

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  8. Gary Oldman é outro nível, ele arrasou em Dark Hour( O Destino de uma nação) e mais uma vez brilhou com maestria!
    Ótima semana!
    www.vivendolaforanoseua.blogspot.com

    ResponderExcluir

Obrigado por mostrar seu dom. Volte sempre ;)

Nos siga nas redes sociais: Fanpage e Instagram

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Template por Kandis Design