terça-feira, 12 de fevereiro de 2019

Morre Ricardo Boechat aos 66 anos, um dos maiores jornalistas e âncoras do país




Interrompemos o hiatus do blog mais uma vez para informar que morreu ontem (11), aos 66 anos, por volta de meio dia o comunicador e jornalista Ricardo Boechat, vítima de um acidente de helicóptero na rodovia Rodoanel em São Paulo que levou ele e o piloto à óbito. 

Ricardo Eugênio Boechat nasceu em julho de 1952 em Buenos Aires, vindo para o Brasil na década de 1970, por conta de um serviço diplomático de seu pai. Em toda sua carreira de jornalismo, Ricardo passou pelos principais veículos de comunicação, como o Estado de S. Paulo, O dia, Jornal do Brasil e Rede Globo. Atualmente era âncora do programa matutino da Band News FM ao lado de José Simão e do Jornal da Band na parte da noite. 

O jornalista era um dos mais prestigiados comunicadores do país, tendo ganhado prêmios importantes, como o Prêmio Esso (1989, 1992 e 2002), o Prêmio Comunique-se (2006, 2007, 2008, 2010, 2012, 2013, 2014 e 2017) como âncora de rádio, colunista de notícia e âncora de TV, o título de Jornalista mais admirado do país, com Miriam Leitão (2014 e 2015) e o Troféu Imprensa (2016). Em abril desse ano receberia este último novamente das mãos de Silvio Santos. 

Pouco antes de falecer, Boechat apresentou o programa da Band News, onde relembrou as tragédias de Brumadinho e do incêndio no Ninho do Urubu, cobrando justiça e apuração das autoridades. Mal sabia que ele seria notícia minutos depois de uma tragédia que também abalou a sociedade brasileira. 

Boechat não tinha papas da língua e estava à serviço da notícia e informação. Era à favor da democracia e da liberdade de expressão e de imprensa. Até seus últimos momentos em vida, ele cumpriu seu papel para com a sociedade.






O profissional


Boechat era um jornalista irreverente, admirável, bem humorado, com a personalidade forte, língua afiada e não tinha medo de opinar e criticar sobre assuntos polêmicos. Com certeza fará falta em uma sociedade que clama pelo bom jornalismo e pela prestação de serviço. 

Ricardo criticava o governo e a política brasileira. Um dos episódios mais memoráveis foi quando criticou o pastor Silas Malafaia e disse para ele "procurar uma rola" - episódio esse que foi trabalhado por Pedro Blanche em post. Ouça a crítica abaixo:






Boechat era isso e muito mais. Será difícil, para não dizer impossível, que esse profissional seja substituído. Ricardo fará falta por sua irreverência, pulso firme  e pelo bom profissionalismo. 


A repercussão


Minutos antes a notícia ser veiculada na mídia, como o site Metrópoles, publiquei uma sobre um helicóptero que havia caído em cima de um caminhão na avenida Rodoanel em SP. A notícia não tinha muitas informações de vítimas e, até então, não sabia que uma delas se tratava de Ricardo Boechat. Somente depois a trágica informação foi veiculada.

Na Rádio Band a notícia foi dada pela repórter Sheila Magalhães, que disse o seguinte:

“Boechat apresentou o noticiário da Band News logo pela manhã, esteve em Campinas para um evento de um laboratório farmacêutico, foi a bordo de um helicóptero, acompanhado de um piloto. Ele pegou o helicóptero por volta das 11h50 da manhã e pousaria no Grupo Bandeirantes por volta de 12h15, o que não aconteceu”.


Sob forte comoção, a Bandnews saiu do ar por volta das duas horas da tarde com um pedido de desculpas

Durante a exibição do Brasil Urgente, foi o apresentador e jornalista José Luiz Datena quem informou a morte sob lágrimas e choro:

“Com profundo pesar, desses quase 50 anos de jornalismo, cabe a mim informar a vocês que o jornalista, amigo, pai de família, companheiro, que na última quarta, que eu vim aqui apresentar o jornal, me deu um beijo no rosto, fingido que ia cochichar alguma coisa, e, no fim, brincalhão como ele era, falou: ‘É, bocão, eu só queria te dar um beijo’. Queria informar aos senhores que o maior âncora da televisão brasileira, o Ricardo Boechat, morreu hoje num acidente de helicóptero, no Rodoanel, aqui em São Paulo”. 


A notícia também foi dada no Jornal Hoje, que encerrou aquela edição com um minuto de silêncio e com a voz embargada de Donny e Sandra. Uma cobertura completa foi apresentada no Jornal Nacional e as logos da Band foram trocadas por uma imagem em preto. 

Ricardo era casado com Veruska Seibel Boechat e deixa seis filhos. Finalizo esse post com uma reflexão do Pe. Fábio de Melo. Leia:




Fica aqui a homenagem do JOVEM JORNALISTA à esse grande jornalista e âncora. J-J


Por: Emerson Garcia

14 comentários :

  1. Às vezes a vida prega-nos partidas dessas... Descanso à sua alma

    ResponderExcluir
  2. Ficara a memoria e os bons momentos dele nos telespectadores
    Abraço

    Kique

    Hoje em Caminhos Percorridos - Fragata D. Fernando II e Glória

    ResponderExcluir
  3. Eu senti muito a perda do Boechat! Foi um dos maiores jornalistas da história do jornalismo brasileiro e um exemplo de profissional, com coragem, irreverência, sensatez e personalidade!

    Excelente matéria, mesmo que tão triste.

    Um abraço,
    Bananices

    ResponderExcluir
  4. Agradecendo e retribuindo o carinho da visita por lá.
    Gostei do que por aqui vi.
    Conteúdo de primeira grandeza.
    Uma homenagem a um dos mais importantes jornalistas contemporâneos.
    Uma perda lastimável. Ficamos mais pobres.
    Abração

    ResponderExcluir
  5. Uma grande perda para o jornalismo!
    No sábado, assisti o último programa dele ao lado da família.

    Um beijo,

    www.purestyle.com.br

    ResponderExcluir
  6. Perdemos um grande profissional,amigo!
    A vida muitas vezes é muito trágica,
    no assusta de vdd!
    Bjos no seu coração!
    Amei seu espaço!
    http://www.elianedelacerda.com

    ResponderExcluir
  7. Uma enorme perda!
    Fará muita falta em nossos dias!
    Deus conforte a todos os familiares e amigos desse grande profissional e ser humano!
    Um abraço carinhoso

    ResponderExcluir
  8. Ele fará falta demais. Mas deixa seu legado.

    Beijo.
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  9. So sorry... but I hope you are all feeling the love today!! Happy Valentine's Day ❤️

    ❤ Mary María Style ❤

    ResponderExcluir
  10. Eu não acompanhava o trabalho dele, mas lembro de alguns episódios marcantes da carreira dele e que acho que demonstraram a força que ele tinha no que fazia, a sagacidade, como mandar o Malafaia procurar uma rola! rs. Isso foi muito bom, porque alguém precisa às vezes dizer determinadas coisas que outras pessoas não têm coragem de dizer. Foi uma morte muito trágica. Uma pena.

    Um abraço.

    ResponderExcluir

Obrigado por mostrar seu dom. Volte sempre ;)

Nos siga nas redes sociais: Fanpage e Instagram

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Template por Kandis Design