terça-feira, 12 de dezembro de 2017

TV portuguesa: Igreja Universal envolvida em rede ilegal de adoção de crianças

Série de reportagens da TV de Portugal denuncia envolvimento da Universal em esquema ilegal de adoção de crianças. | TVI


Caros leitores, antes de iniciar agradeço ao editor-chefe Emerson Garcia pelo texto em relação às boas campanhas sobre a saúde do homem. Você pode ler aqui e o meu texto que originou o anterior também. Muito obrigado!


Agora vamos ao que interessa!

Repercutindo matéria da Rádio VOX, no domingo de 10 de dezembro de 2017 (a primeira no Brasil a falar do tema), a webrádio informou a respeito de uma série de reportagens feitas pela rede de televisão portuguesa TVI em que a Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) está envolvida numa rede de adoção ilegal de crianças.

Dentro do link da VOX (e fora do assunto principal, mas como complemento adicional) é relembrado um caso do assassinato de Lucas Terra (2001) por membros da Universal porque a vítima flagrou os acusados fazendo sexo dentro da igreja.

Voltando ao assunto, a série de reportagens intitulada O Segredo dos Deuses denuncia que a IURD manteve lar ilegal de crianças e promoveu adoções ilegais. As crianças foram adotadas, em sua maioria, por pastores e bispos da Universal. São dez reportagens exibidas de segunda a sexta no noticioso português Jornal das 8 da TVI.

Primeira reportagem: a trajetória da Universal, seu fundador Edir Macedo Bezerra, sua família, além de membros da igreja são mostrados. A reportagem aborda a ascensão da IURD no Brasil e em Portugal. De vasectomia obrigatória, até adoção compulsória de filhos: tudo orientado por Edir Macedo. Veja mais:






O Jornal das 8 é exibido às 20h em Portugal e quem quiser ver aqui no Brasil é às 18h pelo horário de Brasília. O link para vê-lo ao vivo é este aqui.


A resposta da Universal e "ameaças" (ameaças mesmo!)"=


A Igreja Universal SEQUER ESPEROU QUE A PRIMEIRA DAS DEZ REPORTAGENS da TVI fosse ao ar para emitir seu comunicado, precisamente publicado a meia-noite em ponto do dia 11 de dezembro de 2017. Com denúncias a antigos membros e ameças de processos a qualquer um, inclusive a emissora portuguesa, a instituição se defende. Assim que a Rádio VOX publicou o ocorrido em Portugal a IURD emitiu nota a respeito do tema. A resposta está aqui, mas para efeito de registro a reproduzo na íntegra (com grifos):

"Nos últimos dias, a Igreja Universal do Reino de Deus teve conhecimento de que a TVI pretende promover uma campanha difamatória, mentirosa e que não podemos tolerar.

Toda a matéria que a TVI pretende veicular é baseada no relato e colaboração de Alfredo Paulo Filho.

O referido cidadão deixou de colaborar com a Universal no final do ano de 2013, por acordo voluntário das partes.

A sua saída foi motivada pelas suas condutas impróprias, que tornaram insustentável a sua permanência na Igreja Universal do Reino de Deus, não havendo quaisquer condições para que ele prosseguisse com a sua missão espiritual. Ressalvamos que os bispos e pastores têm de manter um comportamento moral irrepreensível, o que não foi o caso de Alfredo Paulo Filho, que assumiu, ele próprio, ter falhado em seus compromissos, nomeadamente com a sua família, com os fiéis e com a Igreja.

Nos termos do acordo de saída assinado, as partes estariam obrigadas a abster-se de quaisquer comentários, uma sobre a outra, quer sobre a relação que mantiveram no passado, quer sobre qualquer outro assunto presente ou futuro.

Acontece que Alfredo Filho tem, sistematicamente, descumprido com a sua obrigação de sigilo, o que já motivou a instauração de várias ações, de natureza cível e penal, no Brasil.

Inclusive, Alfredo Paulo Filho já foi condenado pelos tribunais brasileiros a indenizar a Universal no valor de R$ 1,7 milhão (um milhão e setecentos mil reais) por danos morais causados por sua campanha difamatória, também tendo sido ordenada a apreensão do seu passaporte pela Polícia Federal brasileira. Atualmente, se Alfredo Paulo Filho regressar ao Brasil, será imediatamente detido.

Ainda assim, e num total desrespeito pelas autoridades judiciais e pela Igreja Universal do Reino de Deus, Alfredo Paulo Filho pretende agora centrar a sua campanha difamatória em Portugal.

Alfredo Filho tem promovido uma campanha altamente caluniosa e falsa, fazendo tábua rasa do acordo que havia assinado, quer relativo à Universal, quer relativo aos seus bispos, pastores e colaboradores, questionando toda a comunidade da Igreja Universal.

Descontente com a recusa da Universal em lhe pagar qualquer quantia, para a qual não existe sequer fundamento, Alfredo Filho resolveu prosseguir essa campanha ofensiva e atentatória à credibilidade e prestígio da instituição nas redes sociais e, mais recentemente, também na televisão.

Essa conduta não poderá passar impune e será devidamente julgada no foro próprio, pelos órgãos judiciais competentes, nos quais Alfredo Paulo Filho será certamente, e uma vez mais, condenado.

O escritório central da Universal já foi contatado e os seus membros, em Portugal e fora do país europeu, apresentarão inúmeras ações contra TVI em Portugal e no exterior.

As adoções de que temos conhecimento ocorreram em Portugal e foram decretadas pelo Tribunal de Família e Menores de Lisboa (capital portuguesa). Aliás, a matéria que será veiculada fala em adoções ilegais decididas pelos tribunais, o que é um evidente contrassenso.

As crianças foram encaminhadas pela Segurança Social e pela Santa Casa de Misericórdia de Lisboa para um Lar – que evidentemente à época não era ilegal –, e vários pais adotivos se candidataram a adotá-las. Contam-se pelos dedos de uma mão as crianças que foram adotadas por essa via – com decisão judicial, sublinhe-se – por casais ligados à Universal.

Alguns dos agora adultos que foram então adotados já nos contataram e gravarão um depoimento que esclarecerá se foram ou não raptados, e em que condições se encontram.

A própria TVI já nos confirmou que não consultou o processo judicial em que três crianças foram adotadas, o que diz muito de até onde quis ir a investigação.

Os culpados por essa campanha irão ser chamados à Justiça, onde o assunto será tratado.

Lisboa, 11 de dezembro de 2017.

Igreja Universal do Reino de Deus"



Abaixo da nota emitida pela Universal foi publicado um vídeos das crianças hoje adultas:







NOTA DE PEDRO BLANCHE: Como será a grande repercussão do ocorrido no Brasil? Por enquanto a maioria dos brasileiros sequer tem informação a respeito disso. Como a emissora de Edir Macedo vai responder a tudo isso? Por que a mídia televisiva não falou do assunto? Por que se anteciparam a responder a denúncia, que antes da publicação sequer tiveram conhecimento?

Que cada um dos leitores do JJ corra atrás da informação e tire suas conclusões, porque a minha parte como jornalista já fiz que é falar deste assunto escondido no Brasil.

Até mais, pessoal. J-J















Por: Pedro Blanche

10 comentários :

  1. É muito triste toda esta situação. Sou portuguesa e vi ontem essa reportagem e fiquei chocada como aconteceram coisas tão graves no passado e ninguém soube proibir esses actos, nem mesmo o estado português que tem culpa ao ter assinado adopções que não eram 100% legais. Famílias destruídas sem dó nem piedade. Nenhuma igreja tem o direito de tirar nada a ninguém, muito menos um filho sem consentimento da própria mãe. Espero que toda a verdade venha ao de cima e sejam apuradas responsabilidades.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado por estar aqui, Sara. Partilhe o sítio do JJ. | PEDRO BLANCHE

      Excluir
  2. E o pior é que eu nem fico surpresa. Rola muita coisa ruim por trás das cortinas de algumas igrejas e isso é lamentável.
    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com ❥

    ResponderExcluir
  3. Eu acho realmente uma vergonha para nos evangélicos ler uma coisa dessa, eu fiquei sabendo por um vídeo do Moscoso! E me revoltei, espero que a verdade seja realmente comprovada e os culpados paguem! Abraços JJ

    http://www.cherryacessorioseafins.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A bomba que estourou o ano de 2017, Simone! | PEDRO BLANCHE

      Excluir
  4. Nossa, não estava a par do assunto.. cada coisa que tem nesse mundo né?

    Um beijo,

    My Pure Style x My Instagram x My Facebook 

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fernanda, então isso significa que o assunto ainda não explodiu no Brasil. Por enquanto permanece desconhecido para a maioria. Um beijo 'procê' também! | PEDRO BLANCHE

      Excluir

Obrigado por mostrar seu dom. Volte sempre ;)

Nos siga nas redes sociais: Fanpage e Instagram

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Template por Kandis Design