sábado, 10 de outubro de 2009

Julgue um livro pela capa


Há 20 dias escrevi sobre Crepúsculo e Harry Potter (clique aqui). Cheguei a conclusão que não se pode comparar as duas obras, porque cada uma tem suas características e influências. Disse, ao final do texto que se eu pudesse comparar alguma coisa entre os dois livros, seria o design de capa de cada um, que creio que, como foi dito nos comentários, a capa de Crepúsculo é mais chamativa e instiga a pessoa a ler, é complexa e representa o que vai acontecer no livro, enquanto a de Harry Potter, tem haver com a história também, só que de maneira mais simples e não tão instigante.O que teria na capa de Crepúsculo que faria com que esta saísse a frente de Harry Potter? Andei investigando por vários sites esses dias, e analisei as capas de Crepúsculo.
Primeiramente, as capas, em sua totalidade, são negras, e todas elas possuem algo em vermelho, o que dá muita vontade de ler. Sem falar, das tipografias das letras, que representa, por causa de suas hastes, uma parte da história. Ou quem não percebeu que a letra forma dentes de vampiro?
Voltando para as imagens, elas são simbólicas, e muitas vezes traz um movimento, como o laço se partindo, ou uma pétala caindo da flor.Se fosse para eu escolher a melhor composição, como eu falei no outro texto, escolheria a primeira capa, com uma mão que oferece a maça a alguém, e a quarta capa, com os peões em cima do tabuleiro de xadrez e que transmite uma profundidade.
Expus para vocês as minhas escolhas de capas, mas não posso esquecer das outras duas. Vou fazer assim: vou analisar cada capa.
A primeira capa é linda mesmo, parece que a pessoa oferece a maça para a gente, e as mãos, esbranquiçadas, é de Edward. Mas, como eu falei no início do texto, todas as capas simbolizam algo. Na minha pesquisa, descobri que a capa representa a fruta proibida, desde os tempos de Gênesis. E fica fácil para o leitor entendê-la, pois ele já sabe que a maçã é tentação. O design deste livro resume muito bem a história.




A segunda capa, a que eu falei acima também, é uma flor se despedaçando. Quando a vemos temos a sensação que essa flor está chorando, e, por incrível que pareça, fazendo uma metáfora, é quase isso. É o período sombrio da vida de Bella, quando ela se distancia do seu amor.





A terceira capa, representa a escolha que Bella necessita fazer. Escolher entre dois amores. A fita estendida transversalmente pela página, e as dobraduras da mesma traduzem um movimento.






A quarta capa, representa a fraqueza e a força de Bella. Os detalhes, em vermelho, branco e preto, ficaram muito bonitos. Gostei, especialmente, do tabuleiro que não é completo, mas se sabe que é um tabuleiro.






É assim que eu vejo as capas de Crepúsculo: todas, sem dúvida alguma, saltam para a realidade. Aquela mão se movimenta, assim como a fita e a pétala que cai. Elas tem uma tridimensionalidade incrível, quem não percebeu tente compreender o que quero dizer.
Percebemos, com a análise dessas capas, como é necessário que, não somente a história do livro seja boa, como a capa precisa ser muito boa, que induza as pessoas a lerem.Talvez o que falte em Harry Potter é um melhor design de suas capas, que mesmo trazendo desenhos de cenas do livro, ainda deixa um pouco a desejar.E aquele adágio popular pode ser reescrito: “Julgue um livro pela capa”. (JJ)

Por: Emerson Garcia

8 comentários :

  1. "Julgue um livro pela capa"

    Quanto de nos julgamos o livro pela sua singela capa. Um livro com um design meio desagradável, uma história desagradável. Uma bela capa, uma bela história.

    Essa reformulação do ditado nos faz pensar mais nas capas, em analisarmos ela de uma forma mais profunda, se mesmo abrir o livro, e começar uma viagem, tentando adivinhar a que mundo aquela história irá nos levar, o que iremos aprender com eles.
    As vezes a capa conta toda a história, mas nem percebemos, pois de certa forma a ignoramos, nos preocupamos com o escritor, com o número de páginas, em que posição ele se encontra nas lista dos livros mais lidos, seu preço, entre tantas coisas. E a capa continua sendo uma capa.
    Se olharmos a capa com mais atenção, vamos perceber que ela é o primeiro passo para a grande viagem que estamos prestes a embarcar, pois assim vamos abrindo nossa mente para a imaginação e talvez aquela que seria mais uma leitura se torna a mais bela leitura e a mais emocionante viagem.

    ResponderExcluir
  2. Oi
    Bom, as capas da Saga de Crepúsculos, são bem legais, tenho que adimitir que são melhores que a de Harry Potter. Elas fazem um mistério na capa que se você prestar bastante atenção nela, o livro está resumido ali.
    As de Harry Potter como você disse mostram partes do livro, mas se a autora fosse colocar como a da Saga de Crepúsculo não combinaria. Ficaria meio estranho, pelo menos é que eu acho.
    Eu sinceramente não acredito que um livro possa ser julgado pela capa. Li livros maravilhosos que as capas não eram lá essas coisas. As capas da Saga de Crepúsculo são maravilhosas, mas os livros nem tanto.
    Bom, isso é o que eu acho.

    ResponderExcluir
  3. Já tinha lido muito sobre essas capas, mas gosyei muito do q vc escreveu aqui! A primeira capa da série é a minha predileta...além de tudo que vc disse, eu sempre fico muito inquieta..pq a pessoa oferece a maça e ao mesmo tempo os pulsos...como oferencendo o sangue sabe...sempre fico pensando que o vampiro pegaria fácil!!

    Parabéns pelas analises.

    Por Samara Correia

    ResponderExcluir
  4. Por acaso acho que as capas nada têm a ver com os livros em si... Não sei, são bonitas mas mal enquadradas.

    ResponderExcluir
  5. bem, eu acho que depende do ponto de vista... julgar o livro pela capa... n sei muito bem o que o autor queria passar....


    beijos

    ResponderExcluir
  6. Valeu pelos elogios...e sim aquelas imagens são lindas..um encanto!
    Por Samara Correia

    ResponderExcluir
  7. Achei super válido o que vc escreveu, mas ainda adoto o ditado Não Julgue um livro pela capa, porque apesar dessas capas serem MUITO boas assim como as histórias, tem livros que as capas são ruins mas as histórias são simplesmente MARAVILHOSAS e o contrário tb ocorre.

    A série é minha paixão, já li cada livro pelo menos umas três vezes e cada vez que leio acho tudo mais lindo. Passo por uma fase muito romântica cada vez que eu as leio. Eu já disse no outro post que a minha capa preferida é a de Eclipse e mantenho a minha palavra. Mas o meu livro predileto é Amanhecer porque nele tem um mix de tudo o que acontece nos outros livros, felicidades, euforia, desespero, suspense, TUDO. E eu me apaixono pela história cada vez que eu leio as últimas palavras da Bela.
    Eu vou parar por aqui, pq vc já viu que eu só amo essa série e quando começo não paro mais x]

    Beeeijo e parabéns pelo texto =]

    ResponderExcluir
  8. Legal a comparação! Realmente, as capas da saga Crepúsculo são inebriantes! Aquele preto gera, de certa forma, uma identidade visual à série. Já as do Harry Potter, deixam a desejar. Não curto muito. Não gosto dos traços daqueles desenho,acho muito sem graça.

    Vc realmente acha que aquela mão da capa do Crepúsculo é do Edward? Olha direito... as mãos são 'pequenas', as unhas 'bem cuidadas', os braços finos, delicados... é um braço feminino!!!

    xD

    ResponderExcluir

Obrigado por mostrar seu dom. Volte sempre ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Template por Kandis Design