quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Quinta de série- nostalgia: Touch






Hoje vamos relembrar da série Touch, exibida entre 2012 e 2013, e que foi cancelada na segunda temporada. Criada por Tim Kring (Heroes), conta a história de Jake, um menino de 11 anos autista, que tem dificuldades de conectar-se e relaciona-se com seu pai Martin (Kiefer Sutherland, 24 horas). Martin fica viúvo de sua mulher nos ataques de 11 de setembro, e agora tem o desafio de ser um pai solteiro.

Touch ainda traz traços de Heroes, como a ficção, ciência e eventos sobrenaturais. Jake vive em um mundo particular, o qual as pessoas tem dificuldades de participar. Martin, porém, propõe-se em mergulhar na imaginação do garoto, e descobre um coração apaixonado por cálculos matemáticos, eventos numéricos, geometria, aritmética. Eventos que poderiam ser isolados, acabam sendo vistos como parte de um quebra cabeça. 

Martin, com sua habilidade de Jack Bauer, acabará se comunicando com seu filho, e perceberá que suas ações estão interligadas com situações cotidianas, do mundo todo. Para ajudar Jake, ele terá que salvar o mundo!







A abertura da série é uma verdadeira viagem à área de exatas. Realmente as cenas enchem os olhos, traz vibrações e emoções matemáticas. Não amo de paixão a matemática (um pouco depois de O homem que calculava, sim), mas a percepção da beleza de elementos da natureza, que são baseadas na matemática, me faz flutuar. Assista ao cartão de visitas de Touch:






Eventos globais é um assunto que sempre me interessa em séries de ficção. A maneira como uma ação pode modificar tudo; que pra toda ação existe uma reação; que a matemática tem significados que podem ser aplicados; que todas as vidas se tocam e se interligam (como em Sense8, que já foi falado pelo querido Thiago Nascimento), são motivos para assistí-la.








Personagens

Além dos personagens centrais, a série ainda conta com:



Arthur DeWitt



Especialista em crianças com dons referentes aos números, que ajudará Martin a compreender seu filho, Jake.


Clea Hopkins




Assistente social de Jake, é responsável por avaliar a reação entre Martin e seu filho. Acredita que as necessidades do garoto são consideradas graves, para seu pai lidar com elas. Por isso, pede uma intervenção do Estado. Já imaginam a treta que será né?!



Lucy Robbins



Mãe de uma filha autista, é encontrada por Jake e Martin no final da primeira temporada. Tal encontro, terá um propósito. 


Amelia



Filha de Lucy, Amelia sempre aparece nas visões de Jake. Por que será que ela aparece?! A conexão dos dois é belíssima. Esperava um romance entre ela e Jake.


Avram



Um judeu misterioso que é encontrado por Jake, e que guarda mais segredos de conexões entre pessoas, como os 36 justos. Tem explicações para os números que o garoto visualiza, muitas delas sacras.


Gostei da série. É claro que ela deveria ser melhor desenvolvida, mas o enredo prende. Mistura drama, ação e ficção científica. A evolução do garoto Jake é incrível. Ele não é mais o mesmo no decorrer dos episódios. Torna-se mais humano e conectado aos outros ao salvar um coelho, rir de uma piada ou cultivar uma amizade com Amelia. 




Ao ver Touch, a sequência de Fibonatti não será como você conhece; um cubo mágico também não; 1+1 não será igual a 2, e sim, 1+1=3; e você também terá a oportunidade de conhecer a fantástica sequência de Deus. Fiquem com ela e o trailer da série. Até a semana que vem! J-J



"318529632879522975611881604
5512425452217437024522750
010755991887789210262000
017594820131026302153318"






Por: Emerson Garcia

16 comentários :

  1. Hello from Spain: I did not know this series. Now I read that the second season was suspended. Keep in touch

    ResponderExcluir
  2. Parece ser uma série bem interessante, uma pena que tenha sido suspensa;)
    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Sinceramente não me animei com a série. E acho que até entendo o motivo dela ter sido cancelada, porque não parece ser tão legal assim. Mas acho que você entende já que percebeu que ela poderia ter sido abordada melhor. E mesmo você nos dando alguns pontos positivos. Ainda não consigo querer assistir.

    Inquietudes Secretas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em certos episódios, a série começa a ficar no mesmo lugar, com os mesmos dilemas. Confesso que no início, os gritos do Jake me irritavam kkk.

      Excluir
  4. Não conhecia essa série. Mas, cara, tanta série de merda por aí e cancelam uma com um enredo tão rico? Apesar de que não assisti, e pelo que você disse não foi tão bem feita né. Que pena. =/ Seria importante que ela tivesse dado certo, porque tratava de um assunto importante.

    Beijos!
    http://postandotrechos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Autismo é um assunto de saúde pública. Existem séries que são mais entretenimento. Essa não. Uma pena que não souberam desenvolver.

      Visito seu blog amanhã! Beijos.

      Excluir
  5. Resenha maravilhosa serie ótima deu vontade de assisti.
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=EgeQXJjUpSQ
    Blog:http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. adorei o post! acreditas que nunca vi esta série? pois é! vários amigos viram episódios da série Touch, mas eu nunca vi nem um eheh :P beijos

    ResponderExcluir
  7. Não conhecia, parece ser bem interessante, gostei da dica e da resenha.

    http://stroke-of-insanity.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Já tinha ouvido falar, porem nunca assisti. Parece ser bem legal!
    Beeijos

    www.ataquedamodaa.com

    ResponderExcluir
  9. nunca assisti, super por fora desse assunto. Mas pelo que falou me pareceu bacana

    Bjuuuuuu
    http://www.blogjumedeiros.com/2

    ResponderExcluir
  10. Olá, amigo.
    Belíssima e oportuna a sua postagem.
    Parabéns.

    ResponderExcluir
  11. Parece ser boa, bem cabeça pra assistir mesmo. Não é o tipo que eu costumo pegar pra assistir quando não conheço, mas você praticamente me apresentou a série, então vale a pena dar uma chance né?

    Beijos!
    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é. A série é bem geek, mas a gente aprende algumas coisas. Assista. São poucos episódios.

      Excluir
  12. Eu lembro de quando essa série saiu, realmente é muito interessante, mas foi mal trabalhada. Mesmo assim, acho uma pena que tenha sido cancelada (odeio quando isso acontece).

    www.imperfeitaas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Obrigado por mostrar seu dom. Volte sempre ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Template por Kandis Design