terça-feira, 11 de agosto de 2015

A 2ª guerra por uma escrita dócil


De dezembro de 2012 até fevereiro de 2013 tive o prazer de ler esse livro magnífico. O ganhei de natal de uma amiga e realmente eu gostei muito. Ela me deu após eu me interessar muito pela história de Anne Frank, depois de ver o filme Minha Querida Anne Frank, que aliás é bem diferente do livro. Me encantei pela garotinha que estava em seus 13 anos, mas que tinha sonhos, vontades e sentimentos.  

O livro se passa durante os anos de 1942 e 1944, na 2ª Guerra Mundial, após Anne ganhar um diário de aniversário de seu pai, Otto. Mais tarde, Anne o apelida de Kitty. Ele será a "sua melhor amiga". Nele, relatará sua vida, com a guerra como pano de fundo, e contará suas alegrias, tristezas, expectativas, desabafos, e sobretudo, segredos.



O livro, ou diário, é escrito em um sótão, chamado de Anexo Secreto, uma espécie de Big Brother da época, mas sem prêmio final. Eles estavam ali para proteger suas vidas e não serem pegos pelo governo nazista. No anexo, Anne terá que conviver com sua família, seus pais e sua irmã mais velha, e pessoas desconhecidas, e muitas vezes insuportáveis. É lá também que nasce o amor de Anne por Peter. Ai você pensa comigo, "como uma menina passando por tudo que passou ainda tem tempo para amar?".

Pois é, Anne ainda tinha cabeça para pensar em coisas como o amor! Ela tinha a capacidade de ver coisas belas em situações um tanto quanto monstruosas, como a 2ª Guerra Mundial, onde mais de 2 milhões de judeus foram mortos. Desse modo, Anne é doce e amável: fala da natureza; em uma cena do filme ela brinca de carrossel com sua fiel amiga; é capaz de fechar os olhos ao ser levada cativa pelos alemães e imaginar coisas boas; além de cantarolar cantigas com crianças no campo de concentração...



"Qual será o significado do horror de uma guerra aos olhos de uma criança?" Garanto a vocês que não tem nada a ver com a ambição e a corrida desenfreada e sangrenta de adultos... O horror de uma guerra pode ser ressignificado pelos pequeninos de uma forma sublime, até porque eles não tem maldade, e, de acordo com uma professora da faculdade, crianças, de uma forma geral, ainda não possuem desenvolvida no cérebro uma parte do "juízo" ou da "noção de certo e errado". Essa área só existe em adultos.



É por isso que vemos amizades, como a de Bruno e Shmuel em O menino de Pijama Listrado (já falado no blog), vemos Anne Frank pensando no amor e em coisas belas, e também uma garotinha no início do filme Minha Querida Anne Frank perguntando a Otto Frank, pai de Anne:


"_Senhor Frank? Senhor Frank?! Por favor, senhor Frank. O senhor nos contou a história de Anne, mas não nos explicou como tantas pessoas podem ser tão más..."

Talvez o que faltava a sociedade da 2ª Guerra Mundial, e até na de hoje em dia, é serem como crianças, agirem com docilidade, brandura e tolerância. Hoje creio que a Alemanha ainda sofre com esse período, por não saber lidar com perdas, com a falta de perdão, com o tapa na cara revidado. Eles deveriam ser como Anne Frank. J-J


P.S.: O filme foi inspirado livremente no livro de Anne Frank. Dou a dica a vocês que assistam o filme e leiam o livro, pois eles não tem nada em comum.







Por: Emerson Garcia

36 comentários :

  1. Adoro O Diário de Anne Frank, um livro que arrepia.

    ResponderExcluir
  2. Eu ainda nem li o livro nem assisti ao filme,ano passado eu estudei sobre a segunda guerra mundial,mas acabei nem assistindo ao filme :S
    vestindo-ideias.blgospot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tanto o livro, como o filme são históricos e ensinam muito.

      Excluir
  3. Já li o livro quando estava no colégio, de fato o mundo precisa de mais pessoas como Anne Frank não só a Alemanha.
    http://www.cherryacessorioseafins.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato! Se tivesse mais pessoas como ela, o mundo seria um lugar melhor.

      Excluir
  4. Oi Emerson!

    Li o livro faz pouco tempo e me apaixonei, é estranho pensar que havia uma vida ali, naquela criança, mesmo vivendo escondida, não podendo fazer barulho, sem ter muita noção dos terrores que ainda iria passar... Anne Frank é sensacional! Gostei da sua análise!

    Bjinhos
    JuJu
    As Besteiras Que Me Contam

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado! Pois é. Quando li o livro imaginei como era o anexo na minha mente.

      Excluir
  5. eu já escutei tanto falar no livro dela, e não sabia que existia um filme, vou procurar pra ver, amei sua resenha :D

    www.byanak.com.br

    ResponderExcluir
  6. Que lindo post, Emerson. Me emocionei muito quando assisti "O Menino do Pijama Listrado" e "A Vida é Bela" e sempre falo que deveríamos ver nas crianças, o exemplo de ver coisas boas mesmo em situações ruins. Nunca vi o filme e nem li o livro de Anne Frank, sempre ouvi falar e nunca tive oportunidade. Quero ler!
    Um abraço.

    Bia

    ResponderExcluir
  7. Só conheço uma pequena parte da história e acho incrível, essa menina é demais!

    Bjs, rasgadojeans.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Procure conhecer a história toda. Ela é memorável.

      Excluir
  8. Hello from Spain: I read years ago The Diary of Anne Frank. It is a very inspiring book. Anna is a girl with a very particular vision of reality. Keep in touch

    ResponderExcluir
  9. Eu li o livro "O Diário de Anne Frank" e assisti o filme " O menino do Pijama Listrado".
    Me emocionei com as duas histórias e fiquei triste ao imaginar que aquilo tudo aconteceu de verdade (no caso da Anne). Inevitável não pensar na mulher que ela se transformaria se quando criança já era brilhante.

    Blog Breshopping da Dany
    SORTEIOS Breshopping da Dany SORTEIOS
    Instagram: @breshopping_da_dany
    Twitter: @brechodanylins

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é. O livro é triste exatamente porque é uma história real.

      Excluir
  10. não é meu tipo de leitura, mas adorei a resenha e indicação
    Bjuuu
    http://www.blogjumedeiros.com/

    ResponderExcluir
  11. Adorei seu post! Amo o diário de anne frank!
    beeijos

    www.ataquedamodaa.com

    ResponderExcluir
  12. Sua resenha ficou tão boa que fiquei com vontade de ler o livro e ver o filme. Sou professora de História, fascinada pela 2a Guerra.
    http://cristadelicada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia e assista! Vale super a pena pra conhecer mais da história mundial.

      Excluir
  13. Ainda lembro de quando li esse livro, fiquei extremamente triste por saber que uma criança em outra época estava sofrendo por causa de um pensamento de um homem que levou toda uma nação pensar daquela forma. Essa versão que lemos do diário se não me engano é a C, pois o diário além de relatar o anexo, esconderijo, fala sobre o crescimento sexual da Anne e nesta versão acho que são cortadas. De boa, quero sua amiga para mim!


    Clichê de Escritora

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade. Eu queria ler as outras versões. Nessa fala do relacionamento familiar e com um garoto que ela gostava.

      Excluir
  14. A minha irmã pegou emprestado de um amigo nosso e se apaixonou pela história.Ela disse que tudo realmente parece beeeeem real.Acho que é sempre bom termos uma visão do que realmente foi essa fase tão conturbada né?

    Gostei :)


    beeijos ^^
    http://carolhermanas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade. Eu me senti dentro da história em vários momentos, e também como se tivesse vendo um reality show.

      Excluir
  15. Fiquei apaixonada pelo livro.. ao ler a sua resenha me imaginei em alguns quesitos do livro.. xD

    Um beijo,

    http://alicetwins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Esse livro é incrível. Faz um tempo que li ele, acho que dois ou três anos, mas assisti o filme recentemente, então ainda tenho na memória as melhores cenas. Adoro esses livros que retratam a Segunda Guerra. Já li muitos outros que no momento não lembro o nome, mas este com certeza é um dos melhores. Post perfeito!
    http://wave-over-wave.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu! Também gosto muito de filmes históricos e de guerra.

      Excluir
  17. O menino do pijama listrado </3 Lembro que a primeira vez que eu o vi eu estava em uma viajem e eles colocaram primeiro "Uma prova de amor" e todo mundo ficou bad no final por ser muito triste.. ae para "animar" eles colocaram O menino do pijama listrado achando que era mais animado D= no final eles desistiram e colocaram desenho ahauhauhauha
    Sou doida para ler esse diário @u@
    http://diariodelolivlet.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ambos os filmes são extremamente dramáticos mesmo, mas são muito bons.

      Excluir

Obrigado por mostrar seu dom. Volte sempre ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Template por Kandis Design