terça-feira, 21 de agosto de 2018

Os '13 porquês' de um blog #6: Fique rosa






Estamos de volta com o quadro Os 13 porquês de um blog após dois meses de recesso (Para compensar, nesse mês teremos dois posts). A primeira convidada do mês de agosto é a Renata Giannini do Fique Rosa.

Agradeço à Renata por ter aceito meu convite para participar do quadro. Entrei em contato com ela na semana passada e ela prontamente se interessou em participar, além de ter me alertado sobre um pequeno erro com relação ao quadro (Muito obrigado, Re!).

Então, vamos aos 13 motivos/porquês para ler e acompanhar o Fique Rosa! Lembrando que a Renata também listou os motivos para seguir o Jovem Jornalista (Basta ler aqui). 


1- Porque a Renata ama escrever


Dá para perceber essa paixão da Renata por conta dos posts criados com carinho e dedicação aos seus leitores. De acordo com seu perfil, ela gosta de escrever "desde que se entende por gente". Seguir alguém com esse gosto é ótimo. Eu também amo escrever e acredito que morrerei escrevendo. 



2- Porque a Renata tem dicas inspiradoras





Seja na área da moda, maquiagem, unhas, cabelos ou diversos, a Re tem dicas inspiradoras e importantes para o seu dia a dia. Ela já deu dicas, por exemplo, de presentes para os paisóleo de coco e para se sair bem na redação do ENEM. Você pode confiar sem medo nessas dicas, pois a Renata sabe o que está falando. Confira mais aqui.


3- Porque o blog tem sorteios




Quem não ama sorteios, não é mesmo? A Renata prepara promoções de produtos de beleza, maquiagem e até mesmo de vales-compras para seus seguidores e leitores. Sempre tem algo nesse sentido, por isso é sempre bom ficar de olho no blog e nas redes sociais. 



4- Porque é um blog de moda, beleza e muito mais


Tá aí áreas e assuntos que a mulherada ama ler e a Renata aborda com uma diferenciação incrível. Ela fala de produtos de maquiagem e beleza e diz o que achou deles; apresenta o look do dia, com as peças e seus valores; e também esmaltes de unha e quanto custou. O Fique Rosa é um blog super completo em todos os sentidos. 




5- Porque é um blog que está em vários canais e é interativo (Facebook, Google +, Instagram, Youtube e Snapchat)



A Renata está nas mais diferentes plataformas da internet e isso é uma maravilha. Ela tem canal no Youtube do seu blog(/fiquerosa), Instagram (@regiannini) e Facebook (/fiquerosa). Todos atualizados com conteúdos inovadores. O melhor de tudo isso é que a Renata tem uma rede de comunicação muito interessante com seus leitores.



6- Porque a Renata se expressa muito bem por meio de textos autorais




Não é só de moda e beleza que a Renata fala em seu blog, mas sim de MUITO MAIS, como diz o slogan do Fique Rosa. E nesse MUITO MAIS inclui um espaço onde a Re "abre seu coração" para falar de temas pessoais e um pouco de si mesma. É como se fosse um diário pessoal em que ela escreve sobre sentimentos, surpresas da vida, amor próprio e carregar cargas pesadas. Já me identifiquei com vários e acredito que você irá se identificar também. Veja mais na categoria aqui



7- Porque a Renata tem uma boa interação com seus (suas) leitores (as)

Esse é um ponto mais que positivo de seguir o blog e à Renata. Ela tem um carinho enorme por seus leitores, responde comentários e interações e tem presteza quando alguém entra em contato com ela. Uma blogueira assim é difícil de encontrar. 




8- Porque a Renata é blogueira com "B" maíusculo


Renata apresenta looks do dia, dicas, DIY's, participa de eventos e possui empresas parceiras... Ela é uma blogueira com "B" maíusculo, influente no meio e com muito conhecimento para apresentar! A Re procura se inovar e aprofundar seus conhecimentos. Ela já cursou Publicidade e Propaganda e também fez curso de Maquiagem Profissional.




9- Porque o blog tem DIY's super legais





No canal do Youtube do blog tem artesanatos e DIY's muitos interessantes e criativos. Renata já ensinou a fazer sabonete líquido do Starbucks e de Fantarosa de A Bela e a Fera, árvore de natal de gravetos e com fotos. Além desses 'faça você mesmo', Renata também ensina a criar maquiagens incríveis. Vale a pena acompanhar essa categoria aqui!  









10- Porque é um blog organizado







O Fique Rosa é um blog clean e com excelente organização. A Renata o organizou com um menu superior e uma barra lateral chamada de "marcadores". É fácil encontrar os assuntos e também entrar em contato. 






11- Porque é um blog antenado com temas e tendências atuais 





Renata está antenada com as últimas modas e tendências atuais. Renata apresenta desde cores de batons novas, cores de tênis e estilos, roupas de cada estação, até a moda holográfica e tatuagens aquarelas. O marcador tendência e look do dia tem muitas dicas e novidades. 








12- Por que o instagram da Renata (@regiannini), além de bons conteúdos, ainda tem um visual muito interessante

Depois que a Renata teve seu Instagram rackeado (Fiquei muito triste e senti sua dor quando ela relatou isso em um post), ela criou um novo com ótimos conteúdos e um feed organizado e interessante. A Re decidiu alternar 9 fotos coloridas com 9 em preto e branco, que achei incrível e sempre fico ansioso por conhecer a nova cor do seu perfil. 





13- Por que a Renata também é Youtuber

Em seu canal no Youtube a Renata compartilha mais do seu universo, além do blog. Tem vídeos de itens recebidos, de como organizar o feed do Instagram e de sua vida pessoal. Também vale a pena conferir!



Bem, pessoal, esses foram os motivos/porquês de seguir/ler o blog Fique Rosa. Espero que tenham gostado e não deixem de conferir o que ela disse sobre o blog aqui. Até a próxima! J-J



























Por: Emerson Garcia

segunda-feira, 20 de agosto de 2018

Eu vi #18: Marca da Globo na Copa, Vaca no “Mais Você”, jornalista se enxugando, vazamento no MasterChef e mudança tímida na marca da Band

Tudo registrado para hoje. | montagem: LAYON YONALLER



O Eu vi volta cheio de flagrantes que você pode não ter notado ao ver TV, mas eu não deixei escapar. O quadro mais detalhista da televisão brasileira também sentiu falta de cada um de vós. Nesta 18ª edição temos uma vaca, jornalista enxugando o rosto, uma voz vazada em reality show e a nova marca da Band.



A vaca e o enquadramento


Cinegrafista tentou evitar ir ao ar a tal cena da vaca. | Rede Globo



No dia 30 de maio 2018 às 08h55 durante o programa Mais Você (TV Globo) [1] em uma matéria sobre agropecuária, o cinegrafista percebeu que a vaca iria fazer suas necessidades fisiológicas e enquadrou a imagem para que o ato não fosse ao ar, mas não deu tempo. Eu vi!






Copa do Mundo: a marca da Globo nas outras emissoras


Band muda posição de selo e põe o termo “imagens cedidas.” | ©FIFA/Rede Globo



Durante o período da Copa do Mundo FIFA 2018© na Rússia as emissoras de TV que não tinham os direitos de imagem tiveram que fazer adaptações em relação à posição de seu selo (ou marca d’água) na tela.


TV Brasil também teve que tirar seu selo da reta da Globo. | ©FIFA/Rede Globo



Enquanto a Band e TV Brasil tiveram que mudar o lado de seu selo (do direito para o esquerdo), RedeTV! e Gazeta ignoraram e deixaram suas marcas no lugar. Das grandes redes, a Band foi a única a inserir embaixo do selo da Globo o termo “imagens cedidas” em seus programas e telejornais.


RedeTV! e Gazeta deixaram suas marcas no mesmo lugar. | ©FIFA/Rede Globo


Já o SBT não tem sua marca no canto superior direito, mas teve que retirar o indicador de temperatura das capitais brasileiras – algo comum em seus telejornais de rede.


SBT retira indicador de temperatura do lado superior direito. | ©FIFA/Rede Globo




Comentário vaza em programa de culinária


O editor-chefe do JOVEM JORNALISTA, Emerson Garcia, notou naquela noite de 17 de julho 2018 um comentário durante o MasterChef (Band). Presume-se que a voz seria da apresentadora Ana Paula Padrão pronunciando esta frase:

“Que rica oportunidade.”


Assista e ouça:







Jornalista enxuga o rosto durante telejornal


Sérgio Amaral ao fundo enxugando o rosto. | Band



Em 20 de julho 2018 às 12h57 no Band Cidade 1ª edição (Band Brasília) eu vi o jornalista Sérgio Amaral enxugando seu rosto no início do terceiro e último bloco do telejornal local, enquanto o apresentador Rodrigo Orengo anunciava a próxima matéria. Veja:






Rede Bandeirantes muda sua marca. Apenas isso.



Cronologia das marcas da emissora desde a fase verde e amarela. | Band



Desde o dia 16 de julho 2018 a Band mudou sua marca após oito anos. O detalhe é que 16 anos depois a emissora deixa o verde e amarelo de lado para ganhar o aspecto branco e prateado com poucos detalhes nos cantos. Assim se justifica a mudança: “Um novo olhar brilha para o futuro.” Confira:








Comparação do antigo e atual selo da emissora. | Band



O peculiar é que, ao contrário de qualquer emissora que anuncia uma repaginada de seu maior cartão de visitas, a Band não fez alguma cerimônia e nem algo parecido. A nova marca ficou apenas no canto superior direito. As canoplas (aqueles cubos que contém a marca da emissora) dos microfones ainda continuam em verde e amarelo. No evento de MMA ao vivo, o SFT (Standout Fighting Tournament), na madrugada de 22 de julho de 2018 às 01h53 a logomarca da Band ainda era a mesma.


Marca antiga e nova em octógono de MMA. | Band



Neste frame do debate aos candidatos à presidência do Brasil realizado pela emissora em 09 de agosto de 2018 até o fechamento desta edição os microfones da TV Band continuam os mesmos.


Cores antigas na canopla e selo novo no ar. | Band



E foi isso o que eu vi. J-J


















Por: Layon Yonaller, colaborador especial do JOVEM JORNALISTA

sexta-feira, 17 de agosto de 2018

Desafio do Stop (Ou Adedonha) do Jornalista ≠



Estamos de volta com a parceria Jornalista ≠ após dois meses. Eu e o Arthur Claro faremos o Desafio do Stop (Adedonha). Vimos na internet e resolvemos adaptá-lo com 12 categorias.

Funcionará dessa forma: responderemos os itens com a primeira letra de nosso nome (no meu caso com a letra "E"), sem o auxílio do Google ou da internet. Não podemos deixar nenhum item em branco. O jogo também terá outras regras, como:

- Na categoria 'ídolo' e 'TV' a palavra pode ser composta;
- Em todos os itens a letra inicial não poderá ser artigo (Ex.: 'O' Casarão); e
- Na categoria 'Nome' o nome em questão deve ser unissex.

Então, vamos ao Desafio da Adedonha?


1- Nome

Edinei


2- CEP (cidade, estado ou país)

Estocolmo


3- Fruta

Embaúba (Confesso que essa tive que pesquisar no Google com a concessão do Arthur Claro).



4- Cor

Esmeralda



5- TV

Escrito nas estrelas



6- Motivo para fazer a postagem

Escolhemos juntos fazer um post inovador com a nossa cara.



7- O Arthur Claro é....

Excelente



8- Ídolo (a)

Emerson Fittipaldi



9- Palavra do dicionário com significado

Estudar = esforçar-se para ser alguém na vida




10- O blog Arthur Claro = porém  é...

Excepcional



11- Na minha cidade tem/não tem

Eletricidade / Escolas públicas com boa qualidade de ensino (Algumas são, mas nem todas)



12- Sonho de consumo

Estudar inglês



Fim do jogo! Gostaram? Confira agora no blog Arthur Claro o que ele fez. Até o próximo post de parceria! J-J



quinta-feira, 16 de agosto de 2018

Entre Frames: Imaturo- Jão






Uhuu! Hoje é a estreia do Entre Frames - o quadro de clipes que estamos já algum tempo divulgando. Para esse lançamento trago Imaturo do cantor brasileiro Jão. Ele foi lançado em janeiro desse ano.

Imaturo apresenta três amigos como protagonistas que aprontam, se divertem, vivem a vida como se fosse o último dia e que cometem delitos. Assista:






Com relação à letra, o clipe tem poucas relações. Este toca mais em assuntos de amizade, relacionamentos interpessoais e regras/leis impostas mas quebradas. Já a letra fala de romance e amor, como no trecho: "É que eu sou fraco, frágil Estúpido pra falar de amor Mas se for com você, eu vou, eu vou"

Em pouco mais de 3 minutos, Imaturo falou e retratou isso. Com repetições de frames, conceitos, algumas cenas que poderiam ser melhor produzidas, Imaturo conquistou 377 mil curtidas até o momento de redação desse post.


O visual do clipe


Pelo menos  duas estéticas são percebidas no clipe: a primeira - 00:00 até 2:27 - e a segunda de 2:28 até 3:13. Aquela apresenta cores saturadas e vintages (verde, amarelo, amarelo queimado e tons sépias e amarronzados) e a segunda mais intensas e com "cara de filme". Veja e compare:







A paleta vintage ajuda na reconstrução da história dos amigos que parecem se conhecer há mais de 10 anos. Já a outra retrata o momento atual deles, tendo qualidade visual superior.

A primeira parte do filme é toda em ambiente aberto com cores claras e alegres, além do contraste entre o azul do céu e o uniforme branco e vermelho dos meninos. A segunda tem cenas em locações internas, o que acabou por interferir na perda da luminosidade do ambiente. 


Momentos de transição


À todo momento o clipe faz transições e cortes entre os momentos antigos e atuais dos três protagonistas. Uma das primeiras, é quando o cantor Jão sai do carro (match cut). Enquanto está nele aparenta ter 13 anos de idade, quando sai aparenta sua idade atual. Isso acontece entre os trechos 0:28 e 0:30








De forma geral, a transição dos protagonistas acontece de forma "ok", mas com algumas ressalvas que falarei mais à frente. 



Relação entre os protagonistas


Majoritariamente é uma relação de amizade com momentos descontraídos, como se nada, nem ninguém pudesse interferí-la. Mas nessa amizade existem alguns detalhes captados por mim nos frames

Entre 0:20 e 0:26, por exemplo, acontecem ações interessantes. Jão somente brinca e se diverte com a menina, enquanto o garoto do banco de trás a admira, como se ela fosse uma "deusa". 






O que percebi nesse vídeo de 3 minutos é que a relação entre os garotos é mais forte e intensa, do que deles com a garota (Claro que há frames assim, mas em menor quantidade). Há uma diferença gritante entre o abraço entre os rapazes aos 1:13 e entre o da menina e do Jão aos 2:03. Este é de amizade e singelo; aquele, incontido, fofo e apaixonante. Perceba nos frames:








Observei bastante como a menina se apresenta no filme: quase sempre só ou servindo de elo entre os rapazes. Para ilustrar isso, o frame aos 1:16 traz a menina sozinha em cima do capô do carro enquanto os meninos interagem. Veja:






Cabelo colorido e corte irado sempre existiram?


A transição que o clipe retrata é de no mínimo 10 anos. O interessante é que os idealizadores se preocuparam em tornar o ar do clipe vintage por um lado, e do outro apresentaram elementos atuais não-condizentes com o passado. Cabelo rosa existia há 10 anos? Você pode dizer que sim, mas é aquele com papel crepom e não totalmente tingido. Óculos redondos irados existiam há 10 anos? Até mesmo o corte em forma de raio parece que sempre existiu (0:26).   





Esses relatos deixaram o clipe de, certa forma, inverossímel. A moda passa por mudanças e transformações e pouco atentou-se para isso. Há 10 anos (ou mais) é inconcebível encontrar algum rapaz com um cabelo moderno e vanguardista



Imaturidade e inconsequência


Várias situações imaturas e inconsequentes acontecem no clipe. Posso citar várias:


- arrombar a porta do carro com uma chave de fenda (0:12);





- dirigir um carro e desligá-lo mesmo não tendo carteira de motorista e sendo menor de idade (0:26 - 0:28);





- arrombar a porta de uma sala para usar a piscina (1:18); e





- roubar dinheiro e fugir (0:42-0:43).








Todas essas atitudes são de fato imaturas e inconsequentes, contudo preciso alertar que a letra fala de imaturidade no AMOR e de inconsequência também no AMOR, e não na VIDA, entendem? O trecho "eu gosto de você, tchau" (0:13-0:14) dito por uma criança demonstra essa inconstância e imaturidade nos relacionamentos amorosos: ao mesmo tempo que uma pessoa gosta da outra, ela não quer vê-la por perto. Se o clipe abordasse isso, seria melhor e se encaixaria perfeitamente com a letra



"Eu posso tudo!": protegidos e desprotegidos  


Sendo imaturos e inconsequentes, os protagonistas podem tudo. Eles não tem medo das consequências dos seus atos e tanto faz estarem com colete à prova de balas (0:30-0:43) ou sem (0:53). Estas ações significam que eles não distinguem quando estão ou não protegidos, seja em um relacionamento, na sociedade ou na família. O risco para eles é mera diversão e adrenalina, como fala o seguinte trecho: "Fumando qualquer coisa pra me entreter Me arrisco nessa vida só pra ver você Toda a nossa juventude corre pelas veias".








Eles não tem noção e consciência de suas atitudes. Roubam dinheiro e deixam voar (0:49), usam a piscina do colégio sem permissão (1:18) e a garota dá dedos para a câmera logo após ser presa (2:53). Essas e outras atitudes são de adolescentes que precisam de grupos para se reafirmarem e criarem suas identidades. Com certeza se eles estivessem sozinhos não fariam metade das coisas que fizeram. 







O grupo também transparece amizade e descontração, onde um pode contar com o outro em todos os momentos, até mesmo quando são presos. 






O atual e o vintage juntos!


Como já falado, o atual e o vintage se confluem, convergem e se divergem ao mesmo tempo. Há uma alternância em slow motion da juventude para a vida adulta dos protagonistas de 1:00 até 1:03. O efeito de fumaça deu um ar à mais ao aspecto do clipe.





Nesta alternância, há uma mistura de elementos vintages - uniforme dos jovens, a paleta de cores e o carro; com atuais - danças e passinhos (1:14-1:17) que costumamos ver em coreografias de pop e funk - sim, aquelas famosas "sarradas no ar". 




De 1:17 até 1:29 há uma outra transição entre o atual e o vintage, só que agora com cortes mais frouxos e outros abruptos, sempre alternando eles adolescentes e adultos. 



Amizade ou bissexualidade?


Até após a visualização do vídeo, fico com essa pergunta: é um vídeo de amizade ou bissexual? Diria que o clipe aborda as duas questões. A primeira cena que me deixou com essa dúvida ocorre aos 0:58, veja:




O que há nos bastidores de um abraço entre três amigos que dormem? 

Mais à frente, essa amizade dá margem para a bissexualidade. Acontece aos 1:54, quando a amiga está no ombro de Jão e seu amigo o acaricia "contornando" o raio do corte do cabelo dele com a mão. 





Em outra cena (1:28-1:32) há uma demonstração de ciúmes e afeto (nesta ordem) entre o amigo de Jão e ele. Em um primeiro momento, o amigo não gosta de ver uma menina aproximar-se dele; no outro, se alegra (esboça um sorriso) por acreditar que o sentimento com Jão é recíproco. Veja a montagem:





Desse modo, à todo momento o clipe aborda a amizade e a bissexualidade por meio de uma linha tênue e frágil. Há cenas fofas, outras mais ousadas como a que acontece entre 2:06 e 2:07, quando a amiga lambuza as costas de um dos meninos com a língua. Claramente uma referência à série Sense8






Pequenos "errinhos"



Imaturo não é um clipe livre de erros e excepcionalmente fenomenal. Há pequenos erros, como ao retratar as épocas que já falei acima, que merecem ser questionados e listados. Por isso os aponto agora:


- A chegada da polícia


Quando os jovens se divertem como se não houvesse amanhã na piscina e a polícia chega, acredito que a cena deveria ser melhor produzida (2:11-2:17). Não há um indício sonoro que a polícia chegou, apenas depois de 6 segundos que há sinais visuais e luminosos (cores vermelho e azul) de que a presença dos policiais era veemente. Está certo que as expressões dos protagonistas diziam tudo, mas seria interessante um toque da sirene no meio do clipe. 








- A prisão de um dos amigos



O segundo errinho é quando um dos guardas prende um dos amigos (2:52). Acredito que faltou verdade na cena, pois parece que o policial está o acariciando e não agindo com violência e intrepidez. A reação do garoto, por sua vez, foi totalmente desproporcional. 






Letra



A letra fala de fragilidade, falibilidade e imaturidade humanas. Apesar do clipe retratar as fases da adolescência e da vida adulta, a letra refere-se à todas as pessoas e se estende à elas. Quem não passou por um momento de dúvida amorosa, incerteza? A letra fala que ninguém é perfeito e que podemos cometer deslizes ao decorrer da vida. "É que eu sou fraco, frágil Estúpido pra falar de amor Mas se for com você, eu vou, eu vou".

As estrofes são simples, mas de uma imensidão enorme de sentidos e significados. 




Melodia



Imaturo possui uma melodia gostosa de ouvir e envolvente, com pegadas pops e eletrônicas. Não apresenta grandes evoluções instrumentais e melódicas e uma linearidade musical e sonora, sem grandes picos ou pontos altos.



Esse foi o Entre Frames de hoje. Até o próximo! J-J













































Por: Emerson Garcia
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Template por Kandis Design