quinta-feira, 27 de dezembro de 2018

Entre Frames #9: I Feel It Coming - The Weeknd ft. Daft Punk








O Entre Frames de hoje foi uma sugestão do colaborador Layon Yonaller. O clipe I feel it coming de The Weeknd (o etíope, Abel Makkonen Tesfaye), com participação de Daft Punk foi lançado no Youtube no dia 9 de março de 2017 e faz parte do cd Starboy. O clipe tem mais de 503 milhões de visualizações, 2,7 milhões de curtidas e 134 mil descurtidas

O clipe tem uma pegada psicodélica e foi gravado em uma ambientação no espaço. O vídeo tem cores interessantes e filmagens magníficas. Assista:






Separei alguns tópicos do vídeo:


Estética






Como falado anteriormente o clipe foi gravado em uma locação espacial, por isso tem uma estética toda especial. Ele possui cores quentes - como o vermelho, degradê de rosa, amarelo e laranja - e frias - azul e cinza. 

Além dessas cores, preciso destacar os contrastes existentes entre cores escuras e claras. Como o degradê de rosa e o preto.

A estética do clipe ainda conta com imagens de céu estrelado, cometas, neve e planetas.



Uma vestimenta que brilha






O clipe é cheio de detalhes que foram captados por mim, como a vestimenta do cantor que brilha em vários momentos (0:23), assim como o colar da dançarina.



Simetrias, movimentos de câmera e alinhamento


Esses tópicos foram bastante inovadores no clipe. Por se tratar de um vídeo gravado no espaço foram aproveitados recursos que enaltecessem e mostrassem detalhes do céu, de planetas e ambientes côsmicos. Observei no clipe simetrias, movimentos de câmera e alinhamento.


Simetrias





Em sua maior parte o vídeo é bem simétrico, como no trecho 0:31, um em que os planetas estão alinhados (1:00), aos 1:55 onde o cantor e a mulher estão em clima de romance e enquadrados simetricamente na tela e quando o cantor e a dançarina estão centralizados na tela, embaixo de um feixe azul (2:46).






Movimentos de câmera

Pude perceber diversos movimentos no clipe, como de cima para baixo (1:45 e 2:00); giro de 360º, primeiro com o casal e depois com a lua (2:01 - 2:02); da direita para esquerda, quando o céu estrelado parece movimentar-se; aproximação e zoom, quando a câmera se aproxima do céu estrelado e das galáxias (2:23 - 2:32); e quando o raio solar parece mover-se no céu e a câmera o acompanha (1:24). 


Alinhamento



Pude perceber planetas e o eclipse solar alinhados. Além deles, destaco o alinhamento que acontece aos 4:10 quando o cantor aparece na lateral direita e há uma organização que vai da menor, maior pedra, até ele. 


A mulher









Não só o cantor é um personagem do clipe, mas também uma mulher, que surge para o telespectador aos poucos. Primeiro ela é uma silhueta (1:46) e depois uma mulher propriamente dita (1:51). 

Praticamente todas as ações do clipe são realizadas em conjunto com ela. O cantor fica vidrado com a mulher, realiza danças (1:52) e a vê, literalmente, se transformar em pedra.

O clipe também apresenta closes interessantes da mulher, como de seus olhos e de seu perfil (1:58).





Tons





Sabe-se que o clipe possui várias tonalidades de cores e elas se casam muito bem com o momento climático ou com cometas e corpos celestes. Por exemplo, quando acontece o início de um pôr do sol a cor varia do rosa, até o amarelo (0:41), até que a tela torna-se toda amarelada quando o sol invade a cena (1:04).

Já quando parece anoitecer e a lua dá as caras, a imagem fica em tons azulados e escuros (1:12). Com esse tom há um efeito muito interessante que contrasta entre as roupas escuras do cantor e da mulher e o fundo da cena.

Não só o amarelo, degradê de rosa e azul são os tons de clipes, mas também o roxo, lilás e azul, quando ocorre um evento climático que invade a tela (3:15). 

Além disso, há a paleta cinza de cores, quando os protagonistas do vídeo são petrificados (3:13) e um ambiente de gelo, com predominância da cor branca aos 4:21


Mais que imagens na rocha






Desde o início do clipe há imagens de rostos nas rochas que não são imóveis (0:34), mas possuem sentimentos e sensações. Elas choram (0:42), se movimentam e esboçam sentimentos, principalmente quando a mulher (3:05) e o cantor The Weeknd (3:56) se transformam em uma. 

A pedra, em si, é uma metáfora de imobilidade, morte e estagnação, mas no clipe seu significado é totalmente o oposto. As estátuas de pedra tem movimentos e sentimentos, seja quando uma cai e se quebra no chão (3:20), quando a mão do cantor se transforma em pedra (3:43) ou quando a mão (3:43) e o rosto do cantor se transformam em rocha (3:52). 






A significação da pedra é bem interessante e eu poderia falar muito mais coisas sobre ela, mas finalizo com dois rostos empedrados que aparecem aos 3:45, que mistura tanto a humanidade, quanto a natureza morta e imóvel. 


Uma cobra



Em meio à rochas e pedras, aparece a figura de uma cobra negra comprida, que me remeteu, automaticamente, ao mito da Medusa. Algo subliminar e escondido, que somente quem vê o clipe com um olhar mais aprofundado e possui conhecimento histórico pode perceber.

Até mesmo o cantor, aos 3:41, rasteja no chão como o réptil, fazendo alusão ao mito da Medusa. 


Pequenos detalhes


O clipe apresenta pequenos detalhes interessantes, seja um colar e vestimenta que brilham, rochas com rostos humanos, cobra em meio à rochas e pedras. Além desses, gostaria de destacar mais um: o frame 1:39, quando o cantor parece arrumar seu colete. 


Reluz


Por ser um clipe cheio de efeitos naturais, os produtores se aproveitaram de vários recursos para fazê-lo, como quando há um reluz azulado acima da cabeça do cantor (0:49).


Eclipse solar e cometa





Como falado no tópico anterior, há vários efeitos naturais: como o pôr do sol, anoitecer, céu estrelado, entre outros. Merece destaque o processo de eclipse solar que se inicia aos 2:48 e se encerra aos 3:03.

Além desse, destaco um cometa discreto que passa no fundo da cena e faz um barulho (4:19).





Repetições de cenas


Há várias repetições de cenas durante o clipe, como a que ocorre em 4 segundos de 2:59 até 3:03.


Tela dividida em 3






Em três vezes no clipe a tela fica dividida em 3, mostrando o cantor em momentos diferentes. Há uma divisão retilínea e uma que é na transversal. 


O gran finale


























O clipe possui um gran finale que é de dois cavaleiros vestidos em um ambiente gélido e cheio de neve que encontram debaixo do gelo algo lilás que me leva a crer que era a galáxia onde o cantor e a dançarina estavam. 


Letra


A letra fala de um relacionamento entre um rapaz e uma moça, focando mais no lado masculino, já que a letra fala de um homem que ensina as aventuras do amor e as sensações à uma garota. Eu sinto isso chegando (I feel it coming) faz referência à chegada de um sentimento bom e agradável que é o amor. "Tell me what you really like Baby, I can take my time We don't ever have to fight Just take it step-by-step I can see it in your eyes 'Cause they never tell me lies I can feel that body shake And the heat between your legs" (Me diga do que você realmente gosta Querida, eu posso levar o tempo que precisar Nós não precisamos brigar Vamos dar um passo de cada vez Eu posso ver em seus olhos Porque eles nunca mentem pra mim Eu posso sentir o seu corpo tremer E o calor entre suas pernas).

Colocando a letra ao lado clipe percebemos que ambas possuem congruências entre si, já que falam de amor e romance. Os recursos fantasiosos, a atmosfera e os efeitos naturais do clipe só vem para somar com a significação da letra. 


Melodia


O cantor The Weeknd tem um timbre de voz parecido com o do Michael Jackson. A melodia da música é gostosa de ouvir e apresenta timbres e toques eletrônicos. 

Esse foi o Entre Frames de hoje. J-J















Por: Emerson Garcia

10 comentários :

  1. Que postagem sensacional. Gostei
    Bom fim de semana.
    Abraços

    www.glamour2.com

    ResponderExcluir
  2. Hey Emerson! Tudo bem?
    Não conhecia a música, e adorei a resenha do clipe.
    Obrigada por comentar lá no blog.
    Volte sempre!

    ~ Blog miiistoquente
    ~ Siga no Instagram
    ~ Curta no Facebook

    ResponderExcluir
  3. Você como sempre arrasando nas postagens!

    Prazer estar contigo em 2018. 2019 estaremos juntxxx!

    Tem post novo pra vc ver! Bjos.

    juliamodelodemodelo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Grande post
    Adorei ler
    Abraço

    Kique

    Hoje em Caminhos Percorridos - Sobre a Troca de Prendas!!!...

    ResponderExcluir
  5. Olá JJ
    o clipe teve mais uma visualização!!
    Muito boa explicação tou impressionada foste ao pormenor.
    Já conhecia a música mas não o clip.
    xoxo

    marisasclosetblog.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo elogio, Marisa.
      Que bom que gostou do clipe.

      Excluir

Obrigado por mostrar seu dom. Volte sempre ;)

Nos siga nas redes sociais: Fanpage e Instagram

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Template por Kandis Design