domingo, 9 de dezembro de 2018

Socorro! Um "amigo" denunciou os links do JJ como abusivos e eu não consigo postar mais nada!



Há não muito tempo não conseguia compartilhar os links do blog tanto na fanpage como no meu perfil pessoal. Tudo indicava que os links violaram os padrões da comunidade do Facebook e que o conteúdo tornou-se spam

Acredito que alguém - algum amigo - deu um feedback negativo ao Facebook sobre as minhas postagens, pois quando tentei compartilhar o conteúdo pelo computador apareceu a seguinte mensagem:





Um amigo do Facebook considerou os links "ABUSIVOS", isso mesmo senhores, conteúdos e textos de meu trabalho secular foram considerados por certo alguém como abusivo. Agora a pergunta que quero fazer é a seguinte: "Por que foi considerado abusivo?" e "Por que a pessoa considerou abusivo, porque eu tenho o costume de postar muitos links?". Oras, há uma diferença grande entre conteúdos abusivos e a pessoa se sentir oportunada por conta de conteúdos. E para essa segunda opção é fácil dar uma solução: bloquear a pessoa ou excluí-la!

O "amigo" preferiu denunciar meus links à torto e a direito, do que me excluir de suas redes sociais. Não foram poucas as notificações que recebi de "conteúdo impróprio" e "blá blá blá". Mandei vários relatos ao Facebook até ter um retorno. Expliquei à rede social que os links fazem parte do meu trabalho diário. Veja o relato abaixo:





O Facebook reanalisou o meu caso. Uma pessoa sentir-se abusada por conta dos meus conteúdos, não é o mesmo que os meus conteúdos serem abusivos. Entende a diferença?! Os links não apresentaram conteúdos inadequados, pornográficos, criminosos, violentos ou de discursos de ódio

Conversando com o Walter de O planeta alternativo, ele disse que para denunciar algo é necessário algo que COMPROVE a denúncia. Veja o seu pensamento:

"... conteúdo da spam ou algo assim
E seu blog não oferece isso"


Acredito que os links foram denunciados por essa pessoa como spam por seguidas vezes, pois não tem outra opção a ser pensada a não ser essa. Veja a gama de possibilidades de feedback abaixo:





Confira o vídeo abaixo e analise se meu conteúdo é spam ou ofensivo:







Se algo me incomoda...


O próprio Facebook apresenta uma série de possibilidades caso alguém esteja sendo incomodado pelos conteúdos, como: bloquear as mensagens da pessoa, denunciar a mensagem como ameaça, excluir a conversa ou bloquear a pessoa. Acredito que o usuário preferiu DENUNCIAR A MENSAGEM COMO AMEAÇA, mas a ironia está em COMO OS MEUS CONTEÚDOS PODEM AMEAÇAR ALGUÉM?

Por que a pessoa não me bloqueou ou excluiu, ao invés de fazer uma coisa dessas? Essa foi uma clara tentativa de barrar o meu trabalho com o blog por inveja ou algo assim. 




O Facebook reviu mesmo o meu caso?


Acredito que o Facebook não havia definido o que de fato é uma ameaça, spam ou conteúdo que desagrade uma pessoa porque é postado com certa frequência. E, além disso, não tinha percebido que esse é um dos meus trabalhos e estou prejudicado por conta de alguém.

Se fosse um conteúdo de fato abusivo ou de discurso de ódio, concordaria com a rede social. Existem até mensagens que são enviadas para quem realiza esse tipo de denúncia, veja abaixo:



Não sei como deva ser a mensagem para alguém que denuncie links como spams, mas deve ser algo parecido com isso. 


E o Instagram?


Para quem não sabe, o Instagram é do Facebook. Logo, também estava enfrentando problemas com ele. Simplesmente o link do meu blog não era permitido na rede social e quando consiguia colocá-lo no meu perfil não curtia nem comentovaa nas postagens. 

Não sei se tem como denunciar links e sites do Instagram. O que é mais comum é denunciar comentários, imagens e perfis, mas não links e sites





Para resolver esse problema temos três possibilidades: relatar problema; remover o link ou encurtar o link. Resolvi o problema com um site encurtador de link que é permitido pelo Instagram. Pelo visto links do Blogspot não estavam sendo permitidos. O Link Tree foi uma boa saída, embora para se entrar no link tinha que passar por dois à três cliques.

Por fim, os problemas com postagens de links foram resolvidos tanto na fanpage, quanto no Instagram do blog, depois de alguns dias e com a ajuda de amigos que também relataram o problema e disseram que os links não eram spams. J-J


Por: Emerson Garcia

sábado, 8 de dezembro de 2018

Eu e minha casa: um cd para toda a família



Você já ouviu o cd Eu e minha casa, do Diante do Trono? Este, definitavemente, é um cd para toda a família, embora conte com participações em sua maioria de vozes femininas, como Rosana Borba, Flávia Arrais, Julissa Rivera, Lu Alone, Marine Friesen, Nena Lacerda, Nívea Soares e Roberta Izabel. O cd foi lançado no dia 26 de julho desse ano. O projeto foi gravado durante o Congresso Homens e Mulheres DT 2017 na Igreja Batista da Lagoinha, em Belo Horizonte (MG). Além das participações femininas, o cd conta com Asaph Borba, Fred Arrais e Sóstenes Mendes. 

O projeto conta com canções para a família, para a mãe e o pai, para os filhos, para a igreja e para os casais. Ao todo são 11 faixas de adoração intensa. Confira todas elas: Eu e minha casa, Agora eu vejo, Valorize-se, A los ojos de Dios, Mulheres Virtuosas, Noiva amada, Sou Ester, É melhor serem dois do que um, Eu só tenho você, Filho meu e Família bendida




Entre as faixas, destaco as seguintes: Eu e minha casa, Agora eu vejo, Valoriza-seA los ojos de Dios, Noiva amada, Sou Ester e É melhor serem dois do que um

Eu e minha casa é a primeira faixa do álbum e foi lançado como primeiro single do projeto no dia 13 de julho. A música tem uma pegada rápida e para cima e a letra fala da declaração de Josué quando ele disse que ele e sua casa serviriam ao Senhor. Destaco um trecho: "Eu e a minha casa serviremos ao Senhor (Eu e a minha casa serviremos ao senhor) Haja o que houver e a que preço for (Haja o que houver e a que preço for)". É uma letra simples, mas que diz muito. 







Agora eu vejo tem uma vibe mais de adoração, com a guitarra e o teclado mais acentuados. A letra fala da transformação de uma mulher e é cantada por várias vozes femininas que declamam com toda força, verdade e vigor sua história. O refrão diz o seguinte: "Uma filha Amada do pai A menina Dos olhos de Deus Obra-prima Das suas mãos Escolhida Nesta geração". Esta é uma música de encorajamento para todas as mulheres que se sentem inferiores por alguma situação na vida. Tem um refrão muito forte. 






Valorize-se fala de valorização feminina, em plena época em que as mulheres não são valorizadas e não se valorizam. A letra é bem atual: "Menina você não precisa fazer tanta força assim Pra ser vista, pra ser recebida Nos braços de um príncipe Valorize-se, Valorize-se". Acredito que essa música é uma continuação da anterior. Também é uma canção cantada maioritariamente por mulheres. 






Precisava destacar A los ojos de Dios pois essa música marcou a minha infância. Ela faz parte originalmente do Crianças Diante do Trono e essa versão em espanhol com o teclado ficou perfeita! "A los ojos de Dios Es una obra maestra Que él creó Con sus manos él pintó El color de tu piel El cabellos diseñó Cada detalle Un toque de amor".






Noiva amada é a minha canção preferida de todo o cd. Ela possui uma letra muito forte que fala da Igreja (Noiva) que está se adornando para o encontro com o Noivo (Jesus Cristo). A melodia, a letra, tudo nela é incrível! "Eu compro ouro Refinado pelo fogo Brilhantes pérolas Ao redor do meu pescoço Quero as jóias preciosas Do amor e fidelidade As vestes brancas Da pureza e santidade". Acredito que a letra seja inspirada no livro Cantares de Salomão. Na voz da Nívea Soares ela ficou muito bonita.

Sou Ester fala de várias mulheres da Bíblia, mas não só fala, conta a história de cada uma delas e o símbolo de cada uma. Uma canção muito bem trabalhada. "Sou Ester, sou Débora, sou Rute, Noemi Sou Raabe, sou Jael O inimigo destruí Eu sou Ana, Sunamita O meu milagre recebi Madalena, sou Maria A boa parte escolhi Sou mulher de Deus Para um tempo como este".






É melhor serem dois do que um fala da vida de casal, dos benefícios e da experiência de viverem unidos. Também é uma letra muito profunda, cantada por homens e mulheres. "Quem anda sozinho pode ir mais rápido Mas nem sempre vai mais longe Pois temos aprendido que é melhor serem dois do que um É bem melhor serem dois do que um Porque o cordão de três dobras não se pode romper". Acho uma letra simples, mas profunda. 


Sobre a capa




A capa foi criada pela Agência Salt e apresenta uma espécie de tenda com os cantores dentro dela. 



Opinião


Acho muito interessante esse projeto, embora ele tenha dado mais ênfase às mulheres e aos solos femininos. Mas isso não quer dizer que não seja um projeto direcionado para toda a família. Durante o mês de julho, este foi o 5º cd mais ouvido no Deezer

Escute as músicas abaixo:






Então, fica mais essa dica pra vocês. J-J





Por: Emerson Garcia

sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

Manchinha era um ser vivo como qualquer um de nós




Mataram a Manchinha e com ela foi-se embora, mais uma vez, o respeito, amor ao próximo e compaixão. Àquele que sempre foi considerado melhor amigo do homem, tornou-se uma ameaça. Em lugar do carinho e meiguice dados aos seres humanos, o cão recebeu em troca venenos e pauladas. Não houve medida para a maldade. Não mediu-se, por exemplo, o bem que os cães fazem aos seres humanos, como carinho, companhia e fundo terapêutico. Calaram seu latir, sua docilidade. Calaram sua voz.

Contudo, sua voz ainda ecoa pelos vários cantos desse país. O caso de Manchinha foi o despertar para revermos como os seres vivos são tratados, até que ponto alguém se importa, ou não, com um animal e como as políticas de proteção e defesa dos animais ainda são falhas. Será que realmente um cachorro é percebido com dignidade? Não é porque um animal é de rua que ele deve ser tratado com agressividade e violência.

A morte de Manchinha também foi mobilizadora. Várias pessoas compartilharam ilustrações, falaram do caso e foram tocadas com o ocorrido. Não é o caso de uma vida de animal valer mais que a de um ser humano, mas é o quanto fomos sensibilizados não só com esse caso, mas com outros. Ainda existe amor, empatia e sensibilidade de algumas pessoas. 

Assim como os seres humanos, os animais devem ser tratados com dignidade. Não é elevar a posição de um ou outro, mas equipará-las, afinal, assim como o ser humano é um ser vivo, o cachorro, gato ou papagaio também são. Evoluímos racionalmente com relação aos outros seres vivos? Sem dúvidas, mas mesmo com o processo evolutivo ainda somos iguais em natureza. E espera-se que por conta da nossa evolução e cognição tratemos as outras espécies com respeito.




Têm-se questionado de quem é a culpa da atrocidade com a Manchinha. Se do hipermercado, do segurança ou das políticas da empresa. Digo que a culpa é "desse ser humano" que não tratou Manchinha com dignidade, assim como as pessoas que iam todos os dias para dar comida e água à ela. Mais do que uma ordem superior ou de políticas do mercado, o que está em questão é o cárater do segurança, e este último deve estar acima de qualquer coisa, mesmo que implicasse na sua demissão. A vida deve vir acima de qualquer ordem.

Tenho visto internautas cobrando um posicionamento do hipermercado e atribuindo à ele a culpa, mas o mais culpado é o segurança, que deverá responder por seus crimes. Acredito não adiantar boicotar a empresa e questionar suas políticas. Não é por esse viés que a questão deve ser resolvida.

As polêmicas não param por aí. O Youtuber Whindersson Nunes tem sofrido críticas por ter "amenizado" a atitude do segurança e, possivelmente, ficado do lado do hipermercado. Ao invés de ter usado a palavra "DESUMANO", utilizou a "DESPREPARADO". Nesse ponto concordo com os internautas de criticarem Whindersson. O segurança foi DESUMANO. Agora sobre ele ter ficado do lado do hipermercado, não acredito nisso, já que a vida deve estar acima de qualquer instituição. 


























Ao meu ver, não é sensato criar posts comoventes e inserir o perfil da rede de hipermercados para chamar a atenção. A culpa não foi da empresa, mas do segurança. Desse modo, boicotes não funcionam, denegrir a imagem do estabelecimento também não. O que funciona é cobrar que a justiça nesse caso seja realizada.

O que deve ser analisado é a atitude covarde do segurança, que se fez isso com um cachorro, poderia fazer com qualquer outro ser vivo. Será que o segurança agrediria ou mataria um morador de rua? Talvez, por ele não possuiu senso de civilidade, respeito e amor à vida, mas sim uma violência descabida que não só pode, como deve ser questionada. Já dizia o filósofo Arthur Schopenhauer: "A compaixão pelos animais está intimamente ligada a bondade de caráter, e quem é cruel com os animais não pode ser um bom homem". 

O cantor Eduardo Costa questionou a comoção que a sociedade deu ao caso da cachorra. Ele disse: "E o Brasil? E que comece o mimimi", querendo dizer que as pessoas tem dado mais atenção à morte de cachorros, que de seres humanos. Ora, Eduardo Costa, assim como os seres humanos são seres vivos, o cachorro também e deve ser tratado com amor e respeito, já que ele oferece amor sincero e puro e companhia aos homens. Abrir os olhos para esse caso não é, de forma alguma, fechá-los para os homicídios que ocorrem em nosso país. 





O mínimo que se espera de uma espécie que é fiel aos homens é carinho e respeito, e isso não foi oferecido pelo segurança. Finalizo esse texto com duas frases, uma de Leonardo da Vinci e a outra de Guimarães Rosa:

"Chegará o tempo em que o homem conhecerá o íntimo de um animal e nesse dia todo crime contra um animal será um crime contra a humanidade" - Leonardo da Vinci

"Se todo animal inspira ternura, o que houve, então, com os homens?" - Guimarães Rosa J-J


Por: Emerson Garcia

quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

Entre Frames #8: At my most beautiful- REM






No Entre Frames de hoje apresento o clipe At My most beautiful da banda REM. O vídeo faz parte do cd Up de 1998. Ele fora divulgado no Youtube em 6 de julho de 2011 e possui 9 mil curtidas e 202 descurtidas. 

At my most beautiful foi o terceiro single a ser lançado do cd. De acordo com o vocalista da banda, Michael Stipe, esta foi a canção mais romântica escrita por ele. Já o videoclipe conta uma história diferente da letra: a de uma violoncelista que está à caminho de uma audição, que tem a banda como jurada. Assista:






Pude destacar vários pontos do videoclipe, entre eles:



Estética


O clipe possui 3 minutos e meio e uma única estética em todo o seu momento de duração: tons azulados e frios. As cores principais que podem ser observadas são o azul escuro e claro, o preto e algumas contrastantes, como o vermelho e amarelo. 

Acredito que pela letra ser mais melancólica, casou muito bem com a estética. A história do filme, por sua vez, também, já que conta com vários momentos tristes e melodramáticos vivenciados pela protagonista. 




Frames e movimentos de câmeras












Há vários frames que são repetidos por diversas vezes, como cenas e detalhes. Como exemplo, cito a partir de 0:19 em que existem vários cortes (moça caminhando com o violoncelo, closes nos jurados, close no guarda do prédio). 

Todos os movimentos do clipe são singelos e focam em partes de objetos e personagens. A câmera ora se aproxima, ora se distancia das cenas. Em algumas vezes ela realiza um corte brusco, deixando apenas o busto do vocalista enquadrado (0:37). 







Simetria e assimetria








Existem cenas simétricas, como a que a cadeira é o centro de tudo (1:48) e assimétricas, como a que o vocalista fica alinhado a direita ou à esquerda (0:391:55).

Além dessas, destaco uma em que os jurados/integrantes da banda estão simétricos sob uma mesa. O da direita e o da esquerda estão com os jornais levantados, enquanto o do meio está com a revista em cima da mesa (0:30).







Os jurados












Como falado anteriormente, os integrantes da banda fazem os papéis de jurado nesse clipe e tem vários tipos de comportamentos. O vocalista, por exemplo, parece reger uma banda (1:37); já outro, pega em dois pontos de uma cadeira (0:04); e um terceiro faz anotações em um caderno (0:08). A caracterização dos integrantes como jurados é bem convincente.

Outro ponto a ser destacado é quando os integrantes da banda parecem formar uma razão áurea no vídeo - Sequência de Fibonacci - aos 0:34, em que o vocalista é o início ou o final dessa razão. 







Uma violoncelista ao encontro de sua audição






O interessante é que os integrantes da banda não protagonizam o clipe, mas sim uma violoncelista que aparece pela primeira vez aos 0:14. Os jurados fazem papéis de coadjuvantes e de pessoas que a aguardam. Até mesmo o guarda do prédio que aparece aos 0:12 é um coadjuvante. Ele observa a violoncelista caminhar entre 0:16 e 0:18.









Contraluz


Aos 0:50 o vocalista fica em uma janela em que é refletido a imagem de fora. Achei esse efeito bastante interessante. Ele é repetido por outras vezes.






A Lei de Murphy


Já diz o ditado que "nada é tão ruim, que não possa piorar". Antes da violoncelista chegar ao seu destino várias intempéries acontecem com ela, como:



- é molhada por um carro de táxi (0:59);







- perde o ônibus (1:11);







- encosta em um metal de um poste (1:13);










- tropeça e cai no chão (1:15);







- perde dinheiro (1:16);







- O ventilador que estava sendo usado para um ensaio fotográfico atinge uma lixeira e a derruba, o que acaba levando papéis para seu rosto, a atrapalhando e bagunçando seu cabelo (1:58 - 2:20);





















- Um bandido corre e o policial vai atrás, o que acaba derrubando a protagonista mais uma vez (2:32); e








- perde seu óculos, que é pisado por um policial (2:37).













Fala sério! E eu que achava que não tinha sorte.... O que você faria se esse tanto de situações ocorressem? Pararia ou seguiria em frente?


Persistência






A protagonista escolhe a segunda opção, mas com certa persistência e deboche, quando cansada de tantas coisas ruins ela simplesmente balança a cabeça e solta um risinho (2:18).




Ao final, com muito esforço, ela consegue chegar ao seu destino final e se apresenta na audição. Isso acontece aos 2:50




Música em segundo plano


Ao apresentar-se para os três jurados, a música fica em segundo plano e o som do violoncelo invade a cena. Isso acontece de 3:02 até 3:26

A sobreposição do violoncelo na música ficou chamativa e interessante. 


Letra



A letra fala de alguém apaixonado por uma pessoa, sua voz e pelo seu momento mais bonito e que foi descoberto uma forma de fazer a outra sorrir. É uma letra romântica e amorosa. Veja um trecho: "I've found a way to make you I've found a way A way to make you smile..." (Eu descobri um jeito de fazer você Eu descobri um jeito Um jeito de fazer você sorrir...).

Quando sobrepomos a letra sob o vídeo percebemos que ela acaba por perder seu sentido original, pois o clipe fala de esperança, persistência e superação, e não de romance


Música



At my most beautiful apresenta belos acordes e melodias, além de trazer um "quê" de The Beatles. É uma boa música para momentos reflexivos.


Esse foi o Entre Frames de hoje. Até a próxima! J-J















Por: Emerson Garcia
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Template por Kandis Design