sábado, 25 de abril de 2015

Erotização infantil: certo ou errado?




O Ministério Público de São Paulo abriu na última quinta-feira (23) um inquérito para investigar o "forte conteúdo erótico e de apelo sexual" em músicas e coreografias de adolescentes músicos. Já havia falado das investigações à respeito do MC Pedrinho, agora, a vez é de MC Melody, menina de 8 anos que rebola e erotiza em shows de funk. Conheça-a.







Será que não tem nada de errado com essa menina? Ela não deveria estar na escola ou brincando de boneca? Pra mim, está tudo errado! Menina tem que se comportar como menina, e não usar salto alto, maquiagem, batom e vestir roupas curtas. "Mas Emerson, ela não tem noção de nada do que está fazendo. Ela não rebola pra sensualizar. Ela só está se divertindo". Sim, pode até ser que ela não tenha essa intenção, e nem saiba o que é sexo e o que é ser erótico, mas acontece que tem o público. E pergunto a você, como ela é recebida logo que entra?! Com assovios, elogios e gritos, como se estivessem vendo uma apresentação de uma mulher. 

Mas peraí, Jovem Jornalista, isso foi uma construção cultural. Afirmação corretíssima, leitor. A erotização infantil não existe de hoje, mas ela já tem décadas. Crianças dançavam na boquinha da garrafa Baré; cantavam as letras dos Mamonas Assassinas, que tinham teor erótico; cantavam e rebolavam todas as músicas do É o Tchan; faziam propagandas seminuas; e até acariciavam um adulto peludo na capa de um CD. E por que isso não foi censurado na época, e hoje em dia, o que mais existe é censura e investigação?! Por que nenhum desses episódios eram explícitos e sem vergonha como é hoje em dia. Aliás, a erotização infantil no passado, arrisco dizer, era inocente e sem más intenções. Uma criança acariciando um peito de um homem, não era visto como pedofilia, e sim, como uma demonstração de afeto. Bem como, as manifestações de beijo na boca entre pais e filhos. Hoje em dia, se um pai beijar na boca de um filho dá até processo, e em público então... 

Onde está o problema então?! Na cabeça das pessoas, só isso. Atualmente, a erotização infantil chega a ser absurda. Tudo é explícito agora. As letras e danças são totalmente sensuais e sexuais. A culpa não é do Funk, longe de mim de colocar nele essa culpa, mas das pessoas que não souberam dosar o tom de entretenimento e inocência do passado. MC Pedrinho canta "ajoelha, se prepara e faz um boquete bom"; MC Brinquedo diz "roça, roça, roça o piru nela que ela gosta"; MC Pikachu declara "Sabe o que ela quer? Pau, pau. Meu Deus, ela quer pau"; e MC Melody fala "eu vou, eu vou, sentar agora eu vou". Se isso não é imoral, obsceno, sensual e sexual, não sei o que é então.

Tem gente que ainda defende que essas crianças continuem cantando letras pornográficas, como a mãe do MC Brinquedo que disse "que é melhor ele tá cantando, do que na rua, como um bandido". Eu não acredito, com sinceridade, que o menino de cabelo azul e rosa, e tantos outros, precisem cantar isso, para livrar-se da criminalidade. Acredito, sim, que é necessário ter uma boa base familiar e escolar para ser uma pessoa de bem. Mas aí, parece que sou minoria, pois muitos não veem problema de adolescentes cantar pornografia; de se vestir com roupas curtas; de deixar a cueca à mostra e "fumar um"; de simular sexo anal com uma mulher; ou então de manjar a bunda de uma adulta. Talvez, os pais desses meninos não vejam problema, mas eles se esqueceram que somos seres sociais, e seus meninos estão expostos ao mundo também. E o mundo tem sido obsceno e maldoso.

Qual a diferença de uma propaganda com mãe e filha seminuas, adolescentes seminus em uma moto (E garanto pra você que eles não estavam excitados nem o rapaz ereto), da Xuxa apresentando um programa infantil com um decote monster, de bebês com seus bumbuns a mostra na capa de um cd, para a MC Melody com suas roupas curtíssimas, o MC Pedrinho seminu e o MC Brinquedo insinuando sexo?! Não estamos falando de nudez do mesmo jeito? Sim, é nudez, mas antigamente, não era banalizada como hoje em dia. 

A erotização infantil é certo ou errado?! Diria que hoje é erradíssimo. Com o tempo, ela só piorou. Crianças não podem dançar o Lepo Lepo, em minha opinião, e não porque ela vai "pegar alguém", mas porque algumas pessoas ao redor delas são terríveis. Se fosse outra época, uma garotinha poderia usar roupa, digamos, mais confortável, mas hoje não. E não porque a criança é sexual, mas porque a sociedade é. Por outro lado, mesmo ela não tendo dimensão das suas atitudes, em um primeiro momento, ela vai tornar-se sexual um dia, porque aprendeu a ser. Não acredito que um adolescente precise admirar a bunda de uma mulher, insinuar fazer sexo, "pedir para uma garota fazer sexo oral nele", nem que um pai precise levá-lo à uma casa noturna e dizer pra ele "que tal menina é pra comer" e "tal é pra ser esposa", para ser homem. A identidade masculina se constrói com exemplos, e não com iniciação sexual ou erótica. Chegou a hora de criança, ser criança, e apenas isso. J-J         


Por: Emerson Garcia

23 comentários :

  1. Acho um absurdo e sou totalmente contra toda essa exposição das crianças, e claro, essa erotização. Tudo tem seu tempo, criança tem que ser CRIANÇA, viver todas as etapas da vida... sem pressa. *Chocada com essas fotos... Cadê "esses pais"?;)
    Bjs e bom fds!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muitos desses pais, Liduh, tem se omitido ou não veem problema de seus filhos cantarem e dançarem assim, o que é uma educação um tanto quanto frouxa e que permite a iniciação sexual precoce.

      Excluir
  2. ERRADO! Sempre que vejo algo do tipo eu penso ''cadê os pais desses meninos?''. A infância é tão gostosa, pra que perdê-la?

    Bjs, rasgadojeans.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Samara. Uma pena que esses meninos estejam perdendo-a.

      Excluir
  3. Concordo com tudo o que disse, e acredito que sua última frase já simplifica tudo "Tá na hora de criança ser criança... "
    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Concordo com tudo! Tive que fazer uma redação sobre esse tema pra escola sexta-feira passada e eu basicamente disse a mesma coisa. A criança pode levar tudo na brincadeira hoje em dia, mas ela absorve sim tudo que escuta ou canta, e isso acaba influenciando muito na personalidade dela, mesmo ela não se dando conta. Criança tem que ser criança, poxa, é uma fase que não volta e tem que ser aproveitada...
    Um beijão,
    Gabi do likegabs.blogspot.com ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo é absorvido. Crianças não nascem sabendo, mas ela aprende tudo que é imposto, seja pela mídia, pela família ou pela sociedade.

      Beijos.

      Excluir
  5. Já vi a reportagem sobre esse menina e toda essa polêmica, também não gostei nem um pouco . Realmente concordo com o que você falou, mas lamentavelmento ainda temos pessoas que não se conscientizam com isso.
    Ótimo post para debate.
    Beijos
    neversaynever-believe.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso sempre acalora bons debates, Letícia.
      Obrigado pelo comentário!

      Excluir
  6. Gente eu penso assim , até onde vamos, até onde os pais vão? fama não é tudo ainda mais quando envolve crianças e quando envolve a imagens das crianças, uma das história que acompanhei na internet foi da mc melody que achei simplesmente um absurdo a atitude do pai, muito bom o post beijos http://www.blogdaxavier.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade. Muitos pais vêem seus filhos como canal de lucro. Aconteceu algo parecido com o MC Pedrinho também.

      Excluir
  7. Hello from Spain: erotizacao infantil errado. Children need to be children and not wanting to be higher soon. Keep in touch

    ResponderExcluir
  8. Acredito que cada vez menos as crianças estão sendo crianças, não só sobre a erotização, mas querer se maquiar e usar coisas de adultos, além de brigas nas escolas, meninas de 10 e 11 anos. Na minha época eu brincava de boneca e nem saia de casa hehehe.
    Mas acredito que uma boa ou quase toda culpa é dos pais e muito pouco da sociedade. Pais cada vez mais novos, que não sabem criar os filhos (acabam só convivendo com eles), fazem com que as crianças tenham menos respeito, cuidado e noção da vida.

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma boa ótica para ver essa situação. Pais devem saber criar seus filhos e saber protegê-los também. Uma pena que muitos são permissivos e não impõem limites.

      Excluir
  9. Eu acho errado, até porque como adolescentes e adultos tem seus momentos, crianças também tem esses momentos que só acontecem na infância mesmo. Vejo hoje em dia muitas crianças perdendo a infância por causa dessa entrada da tecnologia, mas depende muito da criança né? Por exemplo, eu tenho um primo que mesmo com acesso a vários video games, iPad e celular, continua vivendo a infância dele, jogando futebol, brincando de pique e etc., ele concilia tudo, sabe? Mas enfim, não vem ao caso agora. O fato é que o erotismo é mais voltado pro público adulto, desde sempre e para sempre, então acho errado de colocarem isso na fase infantil de qualquer pessoa, seja feminino ou masculino. Enfim, gostei do seu post.

    Beijos!
    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo seu comentário, Thami. Que bom que seu primo não perdeu a magia da infância.

      Excluir
  10. Parece que um dos cinco integrantes dos Mamonas Assassinas previu sua própria morte, pois estava com uma cara de tristeza santiaméns antes de seu acidente aéreo no domingo, 3 de março de 1996. 2h16 (GMT) foi o horário de sua morte. Todas suas músicas eram pornofônicas. E as crianças cantavam-nas. Só que existem outras mensagens mais perigosas que as explícitas, que são as subliminares. Elas não somente se encontram nas músicas, mas também em qualquer obra artística.

    ResponderExcluir
  11. Existe um perigo que surgiu desde aquela noite quando Judas Iscariotes osculou o rosto de Jesus Cristo antes de O entregar aos soldados romanos, a iscariotização, uma afetivização traiçoeira, que consiste em afetividades, como afagos, amplexos, cócegas, euquímanos e ósculos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas o beijo de Judas não configura erotização e volúpia. Acho que você confundiu as coisas. O beijo tem a ver com traição.

      Excluir
    2. Senhor JJ, avisá-lo-ei que namoros antes dos 18 anos são extremamente maléficos, pois as infâncias (pedicidades) e as adolescências (efebicidades) não são épocas propícias para isto, mas para estudos escolares, musicalizações e assim sucessivamente. Certas coisas, além deles, também são impróprias a eles, como armas alvas ou ígneas, bebidas alcoólicas, circulação pelas ruas nas altas horas noturnas desacompanhados de seus genitores ou de seus responsáveis, conduções de quaisquer tipos de veículos motorizados, contas bancárias, esportes e jogos adultos, himeneus (matrimônios), labores de quaisquer tipos, exordialmente os insalubres, os noturnos e os perigosos, tabacos e assim sucessivamente. Agradeço-lhe de todo o meu coração! Obrigado!

      Excluir
    3. Sim! A infância precisa ser preservada.

      Excluir

Obrigado por mostrar seu dom. Volte sempre ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Template por Kandis Design