segunda-feira, 30 de maio de 2016

Literatura LGBT


Estamos aqui novamente, nesse dia lindo, para falar de uma das melhores coisas do mundo: livros. Hoje falaremos de alguns livros que englobam o universo LGBT. Espero que gostem das sugestões.


Aristóteles e Dante descobrem os segredos do Universo



Já falamos de Ari e Dante aqui, mas sempre é bom ressaltar o quão bom esse livro é. Creio que mais pessoas deveriam lê-lo. É um livro de romance que faz você sofrer com os personagens, com seus dilemas e suas lutas. Muitas vezes lemos os livros para ver se são bons, e foi o que eu fiz com Ari e Dante. Não dei nada e ele me surpreendeu bastante.

Sinopse: Dante sabe nadar. Ari não. Dante é articulado e confiante. Ari tem dificuldade com as palavras e duvida de si mesmo. Dante é apaixonado por poesia e arte. Ari se perde em pensamentos sobre seu irmão mais velho, que está na prisão. Um garoto como Dante, com um jeito tão único de ver o mundo, deveria ser a última pessoa capaz de romper as barreiras que Ari construiu em volta de si. Mas quando os dois se conhecem, logo surge uma forte ligação. Eles compartilham livros, pensamentos, sonhos, risadas - e começam a redefinir seus próprios mundos. Assim, descobrem que o amor e a amizade talvez sejam a chave para desvendar os segredos do Universo.


Will e Will



Outro livro que também já falamos aqui. Faz parte da coleção do John Green, escrito junto com David Levitham. São estórias de dois personagens contadas simultaneamente, até que elas se cruzam. O livro não é inteiramente LGBT, mas aborda muitas questões desse mundo. É uma leitura legal, mas não entrou na minha categoria de “livros essenciais que todos devem ler”.

Sinopse: Em uma noite fria, numa improvável esquina de Chicago, Will Grayson encontra... Will Grayson. Os dois adolescentes dividem o mesmo nome. E, aparentemente, apenas isso os une. Mas mesmo circulando em ambientes completamente diferentes, os dois estão prestes a embarcar em um aventura de épicas proporções. O mais fabuloso musical a jamais ser apresentado nos palcos politicamente corretos do ensino médio.


Sobre garotos que beijam garotos



Sobre garotos que beijam garotos é escrito por Enrique Coimbra, que também tem um canal de Youtube. É um livro que fica muito próximo da realidade que, de acordo com o próprio autor, era sua intenção. Deixar o livro o mais próximo da realidade possível, para que as pessoas pudessem se identificar com mais facilidade.

Sinopse: Quem leu O Pequeno Príncipe, o clássico do escritor francês Antoine de Saint-Exupéry, deve lembrar a lição da raposa: “Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas.” Enzo, o jovem protagonista deste romance, é o oposto dessa máxima. Ele não gosta de se apegar, de relacionamentos fixos, duradouros, monótonos. E só se apaixona quando tem a certeza de que não será correspondido. Afinal, como dirá o próprio autor em seu blog, isso o poupa de “se tornar responsável pelos sentimentos de alguém”. Enzo só não contava com o aparecimento de Ian, o ficante (hétero) de uma amiga, com quem viverá uma espécie de aventura ou experiência amorosa cujas consequências serão avassaladoras.


One Man Guy



Eu acabei de ler esse livro. É simplesmente incrível! Foca muito na questão da descoberta da sexualidade, de como lidar com a família, com você e com a descoberta em si. É um livro super fofinho. Super recomendo para quem quer uma leitura rápida e agradável.

Sinopse: Um romance sobre dois garotos, dois mundos e um encontro.
Ethan é tudo o que Alek gostaria de ser: confiante, livre e irreverente. Apesar de estudarem na mesma escola, os dois garotos pertencem a mundos diferentes. Enquanto Ethan é descolado e tem vários amigos, Alek tem apenas uma, Becky, e convive intensamente com sua família e a comunidade armênia. Mesmo com tantas diferenças, os destinos de Ethan e Alek se cruzam ao precisarem frequentar um mesmo curso de férias. Quando Ethan convence Alek a matar aula e ir a um show de Rufus Wainwright no Central Park, em Nova York, Alek embarca em sua primeira aventura fora de sua existência no subúrbio de Nova Jersey e da proteção de sua família. E ele não consegue acreditar que um cara tão legal quer ser seu amigo. Ou, talvez, mais do que isso.


Garoto encontra Garoto



Ai, esse livro… Um pouco fantasioso demais. Quando eu leio um livro eu espero que: se ele for de ficção, que tenha muitas brigas, magias e poderes. Mas quando ele é pra ser realista, que ele seja realmente realista. E Garoto encontra garoto não está tão próximo assim da realidade. O protagonista do livro, Paul, mora em uma cidade onde héteros e homos vivem em harmonia. Tanto que os héteros vão nos bares gays só pra interagir. Muito longe da realidade, né? O que eu mais amei nesse livro foi o fato de uma travesti (acho que é travesti ou transgênero, não lembro), ser a melhor amiga dos protagonistas. Infinite Darlene é a amiga que eu gostaria de ter. Sério! Melhor pessoa! E ainda pra melhorar, no final tem um conto de Dia dos Namorados com a Infinite Darlene.

Sinopse: Paul estuda em uma escola nada convencional. Líderes de torcida andam de moto, a rainha do baile é uma quarterback drag-queen, e a aliança entre gays e héteros ajudou os garotos héteros a aprenderem a dançar. Paul conhece Noah, o cara dos seus sonhos, mas estraga tudo de forma espetacular. E agora precisa vencer alguns desafios antes de reconquistá-lo: ajudar seu melhor amigo a lidar com os pais ultrarreligiosos que desaprovam sua orientação sexual, lidar com o fato de a sua melhor amiga estar namorando o maior babaca da escola e, enfim, acreditar no amor o bastante para recuperar Noah.


Um gay suicida em Shangri-la



Eu quero muito ler esse livro, que também foi escrito pelo Enrique Coimbra. Infelizmente, ele só tem na versão ebook e só vende pelo Amazon, senão me engano. Eu não sei se posso comprar o ebook no Amazon e lê-lo pelo Lev ou só pelo Kindle. (Se tiverem essa informação, me ajudem por favor.)

Sinopse: Em vez de se entregar à depressão após sobreviver a uma falha tentativa de suicídio, Eduardo pensa: "se cheguei no extremo de tirar minha própria vida, por que não faço tudo que quero?". Com isso em mente, abandona São Paulo e a família opressora, deixa o namorado preconceituoso para trás e pede carona até chegar na cidade Estrelas, interior do estado do Rio de Janeiro, em busca de novos motivos para se interessar em viver: as primeiras amizades sinceras, a família que nunca teve, novos medos e a possibilidade de um romance inteiro com outro homem. Na jornada à própria Shangri-la, verá que alguns fantasmas são impossíveis de despistar, não importando quantas caronas peça.


Faltou algum livro? Dê sugestões de outros nos comentários e até a próxima! J-J


Por: Thiago Nascimento

20 comentários :

  1. Livros incríveis, devem ser leituras interessantes e bem pontuais para a atualidade. Obrigada por compartilhar.

    Bjokas e uma maravilhosa semana,
    Blog: DMulheres
    Instagram : @dmulheres

    ResponderExcluir
  2. Adorei o post. Eu fiquei muito curiosa pra ler One Man Guy e Sobre Garotos Que Beijam Garotos. Adorei suas críticas sobre eles também. Beijoos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ótimas escolhas. Eu consegui o Sobre garotos que beijam garotos autografado. O autor do livro é muito fofo. <3

      Excluir
  3. Caramba, não conhecia nenhum desses livros :O
    Fiquei bem curiosa, esse do Green parece ser muito bom!
    Adorei o post!
    Beijos,
    #fiquerosa

    Fique Rosa | Meu Canal YT

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não foi dos melhores que eu li, mas foi interessante. Leia, quem sabe você não gosta. ;)

      Excluir
  4. Will e Will é muito lindo!
    Eu já li tem um bommm tempo quando li a Culpa é das estrelas e comprei os dois.
    kisses

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Will e Will <3 Mas desses acima, Ari e Dante vai ser sempre meu favorito do Universo *-*

      Excluir
  5. Belas indicações Thiago, gostei de vários títulos!

    ResponderExcluir
  6. To louca pra ler esse Will e Will, porque li muitas resenhas dele e li a sinopse na livraria e gostei bastante, inclusive li aqui sobre ele também. E também to querendo ler esse Garoto Encontra Garoto, mesmo sendo bem distante da nossa realidade AINDA, mas espero que isso mude né? É super chato ter essa divisão, porque por exemplo eu tenho amigos e amigas que são gays, mas eu costumo ir em balada que vai mais hétero mesmo, aí eu chamo esses amigos e amigas e eles não curtem, porque não tem gente do interesse deles lá e tal. Gostei do post!

    Beijos!
    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é. Essa realidade... Será que um dia muda? Fica a dúvida. É muito chato se sentir deslocado, deve ser por isso que eles não aceitam seu convite. :/

      Excluir
  7. Super recomendo as meninas da vila =D
    Adorei a seleção

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, Clayci, eu procurei esse livro e não o achei em lugar nenhum na web. Pode me indicar onde encontro?

      Excluir
  8. Tenho o primeiro livro, mas ainda não o li! Porém, acho muito importante esse tipo de literatura, acho que todos deveriam ler para tentar entender um pouco mais desse universo! Beijos

    https://apaixonadaporfinaisfelizes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que todos tenham esse tipo de pensamento, aí o mundo pode evoluir <3

      Excluir
  9. Eu me interessei principalmente por esse último, amo essas literaturas que abordam algo tão comum e que é tabu.

    www.vestindoideias.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No caso, todos acima abordam esse tipo de coisa “tabu”. Mas que bom que se interessou. Procure saber mais sobre eles ;)

      Excluir
  10. Nunca li nenhum desses, mas achei interessante a dica, na verdade muitos dai nem sabia que eram sobre esse assunto, super interessante..

    Eu tenho enquanto bela dormia, mas não li ainda, então não sei se se encaixa bem ai :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  11. Eu amo Literatura LGBT. Já tenho quatro livros escritos e publicados (a versão online de todos na Amazon pode ser encontrada aqui: https://goo.gl/NKPD5X Eles também são vendidos na versão impressa (alias, meu primeiro livro O Armário já vendeu mais de 4 mil exemplares e meu maior sucesso hoje é o romance gay chamado THEUS). Quando tiver oportunidade, leia alguns deles. Em especial o THEUS (alias, tem até resenha em vídeo dele aqui: https://www.youtube.com/watch?v=2JDgPd3UMk0 ). Um grande abraço! :-)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado por compartilhar tanta informação boa, Fabrício! Te desejamos sucesso como escritor e já adiantamos que queremos ler suas obras. Seria legal fazermos uma parceria, não acha?

      Excluir

Obrigado por mostrar seu dom. Volte sempre ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Template por Kandis Design