quarta-feira, 22 de julho de 2015

Muitos ritmos e pouca marca

Que bonitinho, todo mundo uniformizado.

Você sabe quem está no comando dos vocais do Ara Ketu? E da Banda Eva? Bem, aposto que você sabe quem é a vocalista da banda Cheiro de Amor. Não sabe? Nem eu sabia mais. A ida não muito bem sucedida de suas estrelas principais à carreira solo, e um ritmo musical que foi febre nos anos 1990, agora é apenas um emaranhado de bandas baianas sem identidade e, segundo os adeptos da Indústria Cultural, perderam seu valor estético e artístico para ser instrumento de dinheiro fácil.

Somente pouquíssimos cantores conseguiram se estabelecer de fato no cenário musical brasileiro. Exemplos: Ivete Sangalo, Cláudia Leitte. O restante voou sem combustível e lubrificante (ou “granola”) para alcançar cenários mais vindouros, e sumiram no oceano do semiostracismo ou algo parecido.


“Quem é o cantor?”
As bandas de Axé Music restantes fizeram rotatividade de vocalistas, mas sem nenhuma evidência clara de identidade. Tipo: peça a uma pessoa comum citar um nome do jogador do São Paulo FC. Ela dirá “Rogério Ceni” e só isso mesmo. E se perguntar quem é o vocalista do Chiclete com Banana e do Ara Ketu, respectivamente? Se você respondeu Bell Marques e Tatau você se enganou. Quem é o atual equivalente da Banda Eva? Saulo Fernandes? Não! Até o carinha do Rebolation foi embora e nem me lembro pra onde foi. Neste ano, em que julgam ser os 30 anos do ritmo musical, não vemos essa afinidade entre fãs - gente comum que não curte, mas conhece o gênero. Não sei se foi o mesmo sentimento de ego que minou os grupos de pagode e samba do circuito cancioneiro.


Minhas lembranças do Axé Music...
... São aquelas em que até as canções eram boas e não tinha esse caráter industrial e fordista. Em Brasília, nos meses de agosto tinha a fantástica Micarecandanga – o carnaval baiano fora de época. Nitidamente, vi o Durval Lelys trocando a música A dança da tartaruga para A dança da manivela. Lembro-me de Daniela Mercury com o seu Canto da cidade. Ivete também estava lá reinando. O pessoal se divertia de verdade. Fiquei até feliz por encontrar essa matéria do Correio Brazilienze sobre o evento.

Hoje, o que encontro são bandas sem esse valor estético e musical, canções monossilábicas, e até bandas de outros ritmos musicais no lugar da original Axé Music. O que era Micarecandanga virou “Brasília Indoor” (que depois foi “Brasília Elétrica” para não-sei-o-quê). 

É pessoal, isso foi um desabafo daqueles que faço questão de compartilhar. Deixo claro que não sou saudosista (e nem sou contra quem seja), mas parece que tudo feito, criado e composto, está sendo de qualquer jeito e sem critério. J-J


Por: Pedro Blanche

23 comentários :

  1. Amo o ritmo do axé, e sofri com o Chiclete com Banana, nada é mais como antes, tudo mudou e esses ritmos de axé que estão super diferente, não tem mais graça!
    Bjos,

    http://blogsejaforte.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Hoje em dia a musica em todos os gêneros está meio que banalizado, até acostumei. Mas confesso que gosto em momentos, como tbm gosto de mpb,sertanejo,pagode e etc... Vai muito do dia,hora e local, sou bem eclética. Adorei o post


    Bjuuuuuu
    http://www.blogjumedeiros.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você conhece vários ritmos musicais.

      Excluir
  3. quando cheguei na parte : “Quem é o cantor?” achava que Bel Marques ainda cantava lá, mudou muito ein cara, belo desabafo,falou tudo

    ResponderExcluir
  4. Axé e muito bacana, pena que aqui em pernambuco não permitiram ouvi axé no carnaval, melhor época para se ouvir, mais gosto do ritmo e gosto bastante de chiclete com banana !
    Beijos
    http://onlypoison1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério? Restringir e proibir um ritmo não é nada bom.

      Excluir
  5. haha Adorei esse post.
    Realmente as bandas de axé estão sofrendo mudanças quase todos os anos. A gente até perde o ritmo e acaba nem sabendo que são os atuais vocalistas. Esse estilo musical não é mais como antigamente também. Tanta coisa mudou! Saudades dos anos 2000 hahaha

    www.revistadarafa.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os anos 90 e início dos 2000 tem músicas memoráveis mesmo, que se passaram de geração em geração.

      Excluir
  6. Adorei a ideia do seu blog! Gostei também do post, ri demais com a legenda da foto! hahaha

    Beijos,
    http://aerocarolina.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu e o Emerson agradecemos pelo elogio :)
      Obrigado.

      Excluir
  7. eu gosto imenso do ritmo do axé, mas agora com essas mudanças os ritmos ficaram diferentes e já não me agrada tanto... beijinho :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom saber que aí em Portugal esse ritmo é conhecido.

      Excluir
  8. Eu não sou muito de escutar esses tipos de música, mas realmente as músicas não somente as de estilo Axé, mudaram tanto que não são mais boas como antigamente, não transmitem a mesma coisa.
    Beijos
    neversaynever-believe.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Tem tag pra voce lá no blog.
    Beijos
    http://neversaynever-believe.blogspot.com.br/2015/07/tag-5-musicas-aleatorias.html

    ResponderExcluir
  10. Não conheço muito esse estilo musical, mas sou da época do ''olha a água mineral''. Acho que a propaganda de uma água está bem melhor do que cantam hoje.

    Bjs, rasgadojeans.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Gostava bastante dessas bandas da Bahia. Uma pena que estão perdendo a identidade. :(

    ResponderExcluir
  12. Eu nunca sei quem são as bandas, só conheço as músicas na maioria das vezes :P hahahaha! E detalhe que eu nunca sei o nome da música também, só quando alguém começa a cantar ou quando começa a tocar é que eu sei cantar e canto junto e tal, mas se me perguntar de quem é ou qual é o nome, nunca sei hahahaha!

    Beijos!
    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é. Esses sucessos são bem passageiros mesmo.

      Excluir

Obrigado por mostrar seu dom. Volte sempre ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Template por Kandis Design