quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Reinaldo Azevedo: as ruínas jornalísticas do #TioReiDaCocadaBranca

Caros leitores, antes de ir direto ao assunto deixo claro que a cobertura jornalística brasileira sobre a eleição presidencial nos Estados Unidos foi nojenta, panfletária e parcial demais. E pior do que isso, leva o povo ao erro e ao terrorismo psicológico ao dizer que Donald Trump é o leviatã na terra que vai botar fogo em tudo. Mas isso fica para depois.


O cantinho do "Tio Rei" para amansar seus egos feridos. | YouTube/ Jovem Pan



É grotesco e lamentável como um jornalista como Reinaldo Azevedo (da Veja, Folha de S. Paulo, Jovem Pan e RedeTV!) decaiu tanto depois do impeachment de Dilma Rousseff. Até então ele tinha uma utilidade, pois em seus artigos ele saía dando um pau bem merecido no PT, mas depois que o governo petista foi escorraçado em 17 de abril de 2016 o "Tio Rei" perdeu seu "sentido jornalístico da vida". É como se o Tom tivesse capturado o Jerry e não tivesse mais o que fazer. É como o Inter ver o Grêmio extinto e toda a rivalidade se esvaziar. 

Três fatos mostram o quanto este sujeitinho se decaiu, tanto que o filósofo Olavo de Carvalho deu um apelido tão útil a este momento: ARRUINALDO AZEVEDO!


Reinaldo destrói a reputação de um policial

Um vídeo que circula na internet mostra uma palestra ministrada por Marcos do Val onde ele mostra como o quatro-olhos da Veja queimou a reputação do agente da SWAT, dos Estados Unidos. Veja o nível de baixeza deste Reinaldo Azevedo que envolve muito jogo político:





Viu como esse Reinaldo Azevedo é sujo e canalha?! Chegou ao ponto de dizer que a SWAT não existia. Acabou com a vida do cara mesmo. A sorte de Marcos do Val é que ele conseguiu dar a volta por cima, mas esta sacanagem ninguém esquece.


Reinaldo erra resultado eleitoral dos Estados Unidos, não admite erro e debocha de leitores


Reinaldo erra previsão, morde a língua, mas não perde a pose. | Veja


O orgulho besta desse sujeito sobre o resultado da eleição presidencial americana foi grotesco e expôs sua vigarice perante os leitores. Depois que Donald Trump saiu vitorioso, os internautas cobraram e escracharam na rede mundial de computadores. Em vez de fazer um exame de consciência, chamou os leitores de "bananas" e veio com a estúpida desculpa de que estava torcendo por Hillary. Eis os trechos do primeiro artigo que destrói o argumento de "torcida" (com grifos meus):

"À medida que a disputa interna entre os republicanos avançava, notava-se o assombro de analistas e da imprensa. Revelações incômodas do passado de Trump, retórica intempestiva, simplificações grosseiras… Aquilo tudo que poderia ser mortal a outros candidatos só o fortaleciam. [...] Hillary está longe de ser a figura dos meus sonhos para governar a nação mais importante da Terra. Mas é o que os americanos nos ofereceram para o momento. Trump não dá. É um fanfarrão das próprias ambições e um demagogo a serviço do recalque, da desinformação e da ignorância. Não é um posto qualquer. O mundo estará mais seguro com ela do que com ele. Isso deveria bastar para definir uma escolha."


Cá pra nós, isso parece que é uma "torcida" e não uma análise sobre os fatos? Nem pintado de ouro. No dia seguinte ele diz que havia "torcido" por Hillary citando a primeira estrofe do texto anterior. Numa breve notinha ele tenta se justificar com aquele ar de superior (com grifos meus):

"Imaginem só! Um acontecimento da dimensão conhecida, como a eleição de Donald Trump, e alguns bananas tirando onda porque, segundo eles, eu teria previsto a vitória de Hillary Clinton… É verdade! Só eu. Ninguém mais… Santo Deus! Sem contar que não previ NADA! O que eu expressei, isto sim, foi uma torcida. No texto que escrevi na manhã de ontem, está lá, com todas as letras: “Se as apostas majoritárias estiverem certas e se as pesquisas não falharam também nos EUA — as redes sociais tornaram relativos até os absolutos; imaginem então as estimativas, ainda que com base em modelos matemáticos —, Hillary Clinton garantirá o terceiro mandato consecutivo aos democratas.” A verdade é que, na era das redes sociais, os institutos de pesquisa vão ter de rever os seus modelos."


Nem este texto como o excerto do dia anterior manifesta-se uma "torcida", mas uma análise que se confiava que Hillary Clinton tinha a chave da Casa Branca na mão. Mas ninguém caiu nessa ladainha. O professor Olavo de Carvalho comentou este mico histórico:





Reinaldo faz postagem para encher linguiça do Chorume Chororô usando estupro como "humor"

A insanidade deste sujeito não tem limites. Em outro post Reinaldo repetiu o chororô que se replicava na grande mídia, chamando isso de "humor". Pura encheção de linguiça para seguir a onda anti-Trump. O mais horripilante é o próprio Reinaldo Azevedo usar uma charge sobre estupro chamando tal ato asqueroso de "humor". O mesmo Reinaldo na sua arrogância olímpica pleiteava a cabeça de Jair Bolsonaro uns anos atrás. Confira:



Ilustrar charge com conteúdo apologético ao estupro virou "humor" para Reinaldo. | Veja



Reinaldo Azevedo difama Bolsonaro e retoma acusações falsas já desmentidas

Em seu outro artigo Reinaldo difama o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) depois que o parlamentar comentou o resultado eleitoral nos EUA. 

"Quem parece ter se animado para valer com a vitória de Donald Trump nos EUA é o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ). Os e as “bolsonaretes” estão num frenesi danado. Junto com os fiéis da seita olaviana, resolveram invadir minhas páginas na Internet para “esfregar na sua (minha!) cara” a vitória do Trump, “bolsomito dos EUA”. Um Engov antes e um depois, certo?"


Um Engov precisa mesmo para quem mente, difama e distorce informações, né Milhouse de Dois Córregos?! 

No mesmo artigo Reinaldo repete acusação ao deputado federal dizendo que ele fez apologia ao estupro, usando de um truque verbal vagabundo. Leia (com grifos):

"Já o caso em que disse que não estupraria a deputada Maria do Rosário (PT-RS) porque ela não faz seu tipo e não merece ser estuprada… Bem, aí vejo a quebra do decoro de modo cristalino. As palavras fazem sentido. Se, a seu juízo, bonita fosse, mereceria, então, ser estuprada? O mandato de um deputado não é tão inviolável, acho eu, que ele possa dizer algo assim. É justamente para casos assim que existe a acusação de quebra do decoro."


Ixxpertinho esse cara, hein?! Em meu texto Entendendo a bagunça - parte 3: as trapaças jornalísticas de Reinaldo Azevedo, em 11 de maio de 2016, postei que o deputado cometeu ofensa à Maria do Rosário (PT-RS) em RESPOSTA A AGRESSÃO INJUSTA respaldada pelo Código Penal Brasileiro. Destaco um print-screen de citação que fiz a texto de Olavo de Carvalho sobre a questão:



Escrito e sacramentado | Jovem Jornalista


Em 25 de maio de 2016 publiquei o outro texto chamado Entendendo a bagunça - parte 4: " "a" Reinaldo Azevedo está louca! até hoje o de maior número de visualizações da história do blog (13900 ACESSOS!) - ficou evidente a queda de qualidade deste sujeito.

Agora este texto que escrevo e publico aqui é a retratação da morte jornalística de Reinaldo Azevedo. O sujeito parte para os métodos mais baixos e asquerosos a fim de perseguir desafetos, fazer militância panfletária e um espaço para afagar seu ego ridículo. Até o seu programinha de rádio não serve mais como uma voz dissonante contra o establishment. Virou mesmo uma caricatura de si mesmo. Ele ainda é o mesmo esquerdista de antes.


#TioReiDaCocadaBranca

Esta hashtag foi criada pela webrádio RADIOVOX após se tornar público um artigo que o próprio Reinaldo Azevedo escreveu replicando conteúdo de Diogo Mainardi denunciando como foi feita a venda da TV Record canal 7 de São Paulo usando dinheiro do narcotráfico. Naquela época a emissora pertencia a família do dono da Rádio Jovem Pan - atual local de trabalho de Azevedo - (50%) em sociedade com Silvio Santos. Atualmente não se toca no assunto. Nem o próprio Reinaldo que trabalha para o dono envolvido nesta treta, mas bem que podia fazer isso porque ele agora pode esclarecer isso com o seu patrão. Alex Pereira, da RADIOVOX, conta mais detalhes:







Vai arregar, #TioReiDaCocadaBranca?

Até mais, pessoal. J-J







Por: Pedro Blanche

8 comentários :

  1. O post apontou alguns detalhes que eu desconhecia.
    Muito interessante e ao mesmo tempo preocupante.

    www.paginasempreto.blogspot.com.br

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Brigadão, Rafa. Beijos 'procê' também. | PEDRO BLANCHE

      Excluir
  2. Caramba, não sabia de nada disso! Muito interessante.. É triste pensar que no meio jornalístico exista tanta calúnia, né?
    Beijos,
    #fiquerosa

    Fique Rosa | Meu Canal YT

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente esta parte dos jornalistas se tornaram os píncaros da arrogância. Deixaram de informar o povo para fazer panfleto de DCE. Beijos 'procê' também. | PEDRO BLANCHE

      Excluir
  3. Estou completamente alheia a isto, mas é bom saber o que se passa no resto do mundo :)

    Beijinho,
    Daniela Silva
    ❀ Diamonds In The Sky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado por comentar. Beijinho 'procê' também! | PEDRO BLANCHE

      Excluir
  4. Nossa, sou bem por fora, sabia muito pouco disso. Mas adoro o blog de vocês por causa disso, sempre muita informação :D

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não fique de fora, Monique. Visite sempre o blog JOVEM JORNALISTA! Abraços! | PEDRO BLANCHE

      Excluir

Obrigado por mostrar seu dom. Volte sempre ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Template por Kandis Design