terça-feira, 13 de setembro de 2016

Azul é a cor mais rosa

A cor de cada gênero.

Hoje o foco desse post é nas cores rosa e azul. Falei no domingo que o rosa e o azul representam o gênero feminino e masculino, respectivamente. Será que isso foi uma convenção social? Por que homem não pode usar rosa? E por que meninas não podem usar azul?

Roupas para os meninos são da cor azul, para as meninas rosa. Brinquedos para as meninas são rosa, para os meninos azul. Se vemos um rapaz com uma camisa ou tênis rosa na rua, logo prestamos atenção e achamos estranho. Não é admissível! Pode ser admissível para uma mulher usar azul, mas para o homem usar rosa, não.



 O bolo modinha das grávidas. 


Os bolos com recheio de corante rosa e azul também é algo a se levar em consideração. Se o bebê que a gestante espera for menina, coloca-se o recheio rosa. Se for menino, recheio azul. Por que não poderia ser o contrário?


Rosa e azul




Se formos pontuar tonalidade e expressão de cada cor, perceberemos que a cor rosa traz força, opulência e vibração, principalmente se for um rosa pink. E que o azul imprime sensibilidade, sutileza delicadeza, se for um azul bebê. Não importa se for tons mais claros, e até mais escuros. O azul, do tom mais claro, até o mais escuro, significa a mesma coisa: frieza, calma, sensibilidade. 

Jo Paoletti, em seu livro Pink and Blue: Telling the Girls From the Boys in America (Rosa e azul: diferenciando meninas de meninos nos EUA), diz que o rosa combina mais com os meninos e o azul mais com as meninas:

“a regra geralmente aceita é rosa para os meninos e azul para as meninas. A razão é que rosa, sendo uma cor mais assertiva e forte, é mais apropriada para garotos, enquanto azul, mais delicado, é mais bonito para a menina”.


Mesmo que ela tenha criado alguns estereótipos, ao dizer que meninos são "fortes" e meninas são "delicadas", é uma questão a se pensar levando - principalmente - a teoria da cor rosa e azul em consideração.

O fato é que essa questão do rosa e azul é mais cultural, do que biológica. Ou seja, um menino deveria usar azul não por ter um pênis, mas porque convencionou-se assim. A partir disso podemos inferir que o menino não poderia usar rosa porque a sociedade não permitiria e o chamaria de gay.

Maria Clara Araújo, em seu texto Azul (não) é cor de menino, Rosa (não) é cor de menina, escreve sobre várias coisas, entre elas, sobre um menino que se viu gostando de rosa:

"Ainda quando criança cheguei a me apegar pela cor rosa, a cor socialmente dita como de meninas, e por isso sofri repressão. Repressão porque para um homem, o ser viril, usar rosa parece o diminuir perante os outros. Usar rosa o vende como menos homem do que os outros. Porque as pessoas pensam que ser mulher é ser menor do que um homem, e portanto gostar de rosa é motivo de vergonha".


O rosa e o azul também é uma questão de marketing. Até o século 19, as tinturas de tecidos eram caras e os pais não se preocupavam com cores de roupas. A ideia das cores para cada gênero só surgiu no início do século 20 e era o inverso da atual (rosa para meninos e azul para meninas). Somente entre 1920 e 1950, que as lojas inverteram isso, para aumentar as vendas. Essas mudanças geraram polêmica na época e a revista Time publicou uma tabela que indicava as lojas americanas que sugeriam azul para meninos e rosa para as meninas, ou vice-e-versa.

Gender Mystique



A partir dos anos 80, o rosa foi convencionado de vez para as meninas. Mas hoje em dia há muitas diferenciações de cores por gênero do que a algumas décadas.


Nem rosa nem azul

Até o final do século 19, antes de se convencionar as cores para os gêneros, os meninos e meninas usavam vestidos em tons pastéis ou brancos até os 7 anos de idade, que coincidia com o primeiro corte de cabelo da criança. Meninos e meninas usavam vestidos e a sociedade não os reprimia. De acordo com alguns estudiosos, o vestido também facilitaria a limpeza e a higiene dos bebês.

Franklin Delano em 1884. I Reprodução/Smithsonianmag


Preconceito com o rosa

O significado de cada triângulo nazista.


A partir do momento que menina só poderia usar rosa e menino azul, preconceitos com as cores surgiram, principalmente durante o nazismo em que homossexuais eram identificados com um triângulo rosa no ombro. E se fosse um homossexual judeu? Debaixo do triângulo rosa, um triângulo amarelo. O que os nazistas queriam dizer com isso? Que homem que é homem não usa rosa, a não ser que ele seja gay. Puro preconceito.

"O triângulo rosa (Alemão: rosa Winkel) foi um dos símbolos usados nos campos de concentração nazistas. Indicava quais homens haviam sido capturados por serem homossexuais. Todos os capturados pelos nazistas recebiam algum emblema em suas roupas. Judeus recebiam um emblema amarelo e mulheres tidas como "anti-sociais" (inclusive, mas não apenas lésbicas), o triângulo preto". (Wikipédia)


Dividir as pessoas por gêneros, classes sociais, tons de pele, raças, características, já é uma atitude execrável. Imagina pautá-las em quais cores podem ou não usar? Um menino usar rosa não significa que seja gay, uma menina brincar de carrinho não significa que seja lésbica. Pelo contrário. Um menino que brinca de boneca pode ser um bom pai, assim como uma menina que joga futebol pode ser uma ótima atleta. O problema de nossa sociedade são as convenções e padronizações:

"personalidade e sexualidade não são determinadas por afinidade com alguma cor. Você pode muito bem ser um homem gay e odiar rosa, ou ser uma mulher hétero e adorar azul". (Muito Interessante)


Para mim, um homem gostar de rosa significa que ele tem um lado feminino bonito de se ver. Um lado inocente, gentil, delicado. Uma mulher preferir o azul significa que ela busca calma e serenidade. Isso me lembrou uma música de Pepeu Gomes, chamada Masculino e feminino:




"Ser um homem feminino
Não fere o meu lado masculino
Se Deus é menina e menino
Sou Masculino e Feminino..."


Um rapaz gostar de rosa pode significar que ele é forte e viril, por que não? Afinal, se o rosa não é uma cor para alguns estudiosos, e se está entre o branco e o vermelho, significa que ele possui características do vermelho: intensidade, força, vibração.


 "o vermelho está habitualmente identificado com vida, saúde e vigor, por ser a cor do sangue". (El País)


No meio do rosa tinha um vermelho. No meio do vermelho tinha um rosa.


Verdade sobre as cores





O fato é que o rosa ser a cor das mulheres, não significa que elas gostem dessa tonalidade. De acordo com uma pesquisa de Eva Heller, o rosa é a cor favorita de apenas 5% das mulheres. Uma menina nos EUA se indignou sobre os brinquedos femininos serem em grande maioria rosas:





O mesmo acontece com os brinquedos para meninas e meninos do Kinder Ovo e da McDonald's.

Mais do que essa questão do azul e rosa referir-se a identidade de gênero ou identidade social, está ligada a uma preferência e/ou escolha por cores. J-J




Por: Emerson Garcia
Colaboração: Arthur Claro

18 comentários :

  1. Infelizmente, a sociedade tem não só esse tipo de preconceito com as cores, mas o preconceito é principalmente com os meninos.

    ✯ Instagram ✯✯ Blog Diamante Turquesa ✯✯ Fan Page ✯

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim. Principalmente com os meninos, o que demonstra um preconceito e falta de conhecimento exacerbados.

      Excluir
  2. Eu acho isso uma besteira tão grande, já estamos criando uma diferença entre homens e mulheres, acho isso tão ridículo. São conceitos que nos levam para vida toda e aqui no Nordeste é bem pior. Amei o post, parabéns.
    Beijos e bom início de semana!
    DMulheresInstagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Devo imaginar como deve ser aí no nordeste. Cor não tem nada a ver com sexualidade.

      Excluir
  3. Muito interessante seu post, nunca tinha parado pra pensar nisso. Confesso que adoro azul, principalmente para roupa HAHAHA! Acho essa coisa de rosa para menina e azul para menino tão over. Gostei das suas referências ! :)
    Beijos,
    #fiquerosa

    Fique Rosa | Meu Canal YT

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que eu trouxe informação e novidade para você. Realmente as meninas ficam belíssimas de azul.

      Excluir
  4. Tô apaixonada por esses posts.♥
    Amei o projeto que usa as cores.
    Art of life and books .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que está gostando. Ainda terá mais dois posts sobre a "Semana das cores".

      Excluir
  5. Até quando a mídia e a sociedade vão impor o que devemos ou não usar, ser ou parecer? Gostei bastante do texto. Gosto muito da cor preta, mas uso todas as cores sem receio algum.

    Até mais! https://realidadecaotica.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é. Sempre a mídia e a sociedade nos impondo como devemos nos vestir, que cor usar e como nos portar. Preto combina com todas as cores né? Quem sabe não podemos falar dessa cor por aqui?!

      Excluir
  6. Povo tem que mudar muito ainda né.
    Bom post.

    http://www.cherryacessorioseafins.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Cores são sempre bem vindas!
    Concordo com o seu comentário que diz: "cor não tem nada a ver com sexualidade".
    Bjs!

    ResponderExcluir
  8. A sociedade consegue criar mais preconceitos ainda. Amo as cores e não faço distinção alguma, minha filha usou azul, meu marido usa rosa e somos bem resolvidos com as cores. Amei o post!
    Bjs❤
    Abrir Janela

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso aí. O problema da sociedade é polemizar tudo.

      Excluir
  9. Achei muito interessante a reflexão que você propôs sobre o tema. Eu mesma amo azul. ^_^


    www.adolecentro.com

    ResponderExcluir
  10. Sobre as cores, no sistema RGB, as cores primárias são o vermelho (também chamado de "encarnado", de "escarlate", de "rojo" ou de "rubro"), o verde e o azul, as secundárias o amarelo, o aquático (também chamado de "ciano" ou de "cião") e o fucsiano (também chamado de "magenta") e as terciárias o alaranjado (também chamado de "aboborado"), o chartreuse (também chamado de "primaveril"), o turquesado (também chamado de "turquesino"), o celeste (também chamado de "celestial"), o violáceo e o rosáceo (também chamado de "rosado" ou de "róseo"). A sigla "ROYSGTCABVMP" significa "RED-ORANGE-YELLOW-SPRING-GREEN-TEAL-CYAN-AZURE-BLUE-VIOLET-MAGENTA-PINK", sendo que cada uma destas palavras inglesas representa as 12 cores ou os 12 matizes dos arcos-íris. Estas 12 cores encontram-se num círculo cromático.

    ResponderExcluir

Obrigado por mostrar seu dom. Volte sempre ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Template por Kandis Design