quinta-feira, 31 de maio de 2018

Quinta de série: The big bang theory

Pode conter spoilers!






"Bazinga!" Provavelmente se você é fã de séries como eu já ouviu essa emblemática frase. Pela primeira vez no Quinta de série falarei da produção que a consagrou: The Big Bang Theory. TBBT é uma série norte-americana de comédia, no estilo sitcom, que estreou em 2007, criada por Chuck Lorre e Bill Prady, produzida pela Warner Bros e exibida na CBS e no canal brasileiro SBT. Ela é estrelada por Johnny Galecki, Jim Parsons e Kaley Cuoco. 255 episódios já foram exibidos, divididos em 11 temporadas.

O enredo foca na história de dois físicos: o experimental, Leonard Hofstadter; e o teórico, Sheldon Cooper. Eles dividem um apartamento e trabalham juntos no Instituto de Tecnologia da Califórnia. Leonard e Sheldon são inteligentes e nerds, mas pouco sabem sobre relações humanas e a vida real. Eles possuem dois amigos que também são cientistas, com problemas semelhantes aos deles: o engenheiro aeroespacial, Howard Wolowitz; e o indiano astrofísico, Rajesh Koothrappali. 

Tudo muda quando uma garçonete e aspirante à atriz chamada Penny passa a ser vizinha de apartamento de Sheldon e Leonard. Penny é pouco inteligente e nada nerd, mas entende bastante sobre relacionamentos humanos e é totalmente sociável. Desse modo, Leonard encontra nela a possibilidade de interagir com as pessoas, principalmente com as mulheres. Sheldon, por sua vez, sente-se incomodado com a presença da loira já que odeia ser sociável.





Na verdade, a presença de Penny provocará mudanças na vida dos quatro amigos nerds. É ótimo perceber esses contrastes de mundos totalmente diferentes e sua união improvável. Além disso, as situações que os personagens vivem produzem efeito cômico e muitas risadas. Todos eles, sem exceção, possuem peculiaridades, dificuldades e diferentes personalidades.

À partir da quarta temporada, duas personagens entraram no elenco regular da série e fazem parte até hoje: a neurologista, Amy Fararrah Fowler; e a microbiologista, Bernadette Rostenkowski. A adição delas deixou a série mais rica.

Em um primeiro momento, TBBT era focada totalmente no mundo nerd - seja em linguagem, objetos, referências, filmes, HQ's, jogos etc. De umas temporadas para cá, esse roteiro mudou um pouco. É claro que a "nerdice" ainda está presente, mas o grande objetivo atualmente é focar nos relacionamentos dos seus personagens. 

Parece que o público tem gostado dessas mudanças, uma vez que elas mostram a evolução dos nerds em seus relacionamentos e vida social. 


Personagens



Leonard Hofstader: No início, é o protagonista principal. É apaixonado por Penny, mas no início ela não dá a mínima para ele. Seu melhor amigo é Sheldon, a quem atura suas neuras, manias e comportamentos. Leonard possui intolerância à lactose e à milho, além de outros problemas de saúde. Tem como hobby tocar violino. Dos quatro amigos, ele é o mais sociável e "normal". Possui altos e baixos com Penny, sua grande paixão. 





Sheldon Copper: Atualmente Sheldon rouba a série. Ele veio do Texas, mas não possui hábitos nem o estereótipo texanos. É extremamente inteligente (possui o QI de 187), chato, metódico, obsessivo por organização e regras, com Transtornos Obssessivos Compulsivos, excêntrico e antissocial. Além disso, o físico ama histórias em quadrinhos e ficção científica (Ele é fã de Spock, do StarTrek). Mantém um relacionamento peculiar com Amy nas últimas temporadas.





Penny: É uma aspirante à atriz, bonita, gostosona, um pouco burra, mas muito sociável. No início da série é uma garçonete que logo conhece o grupo de nerds. Não entendia nada do universo deste, contudo compreende a cultura pop. Com o decorrer do tempo, absorve os assuntos do grupo, até mesmo citando termos dito "inteligentes". Já namorou vários homens, mas logo tem um interesse improvável por Leonard. Mantém uma relação de amizade com Amy e Bernadette, embora no começo ela gere ciúmes nas amigas. 





Howard Hollowitz: De descendência judia, Howie é metido à galanteador e sexy, mesmo não aparentando isso por conta de seu corte de cabelo e as roupas esdrúxulas que costuma usar. Ele é engenheiro espacial e o único do grupo que não possui doutorado. Possui uma mãe controladora de voz berrante que o trata como bebê, o que rende boas risadas. Howard é poliglota - fala inglês, francês, mandarim, russo, árabe e farsi, além das línguas fictícias da série, como klingon e sindarim. Ele se apaixona por Bernadette Rostenkowski e casa-se com ela no telhado do edifício onde Sheldon e Leonard moram. Atualmente o casal possui dois filhos.





Raj Koothrappalli: É o representante estrangeiro do grupo. Raj é indiano, astrofísico, metrossexual e no início da série tem dificuldades em ao menos cumprimentar uma mulher. Seu melhor amigo é Howard, por quem tem uma amizade pra lá de estranha e íntima. Raj é fã de Avatar, Archie Comics, Crepúsculo, O diário de Bridge Jones e Harry Potter. Apesar de ser da Índia, o personagem odeia comida e música indiana. Mesmo com a dificuldade com o sexo oposto, Raj já foi para a cama com várias mulheres. Na sexta temporada teve um relacionamento curioso com Lucy, que possuía fobia social. 





Stuart Bloom: Ele é dono de uma loja de quadrinhos que os amigos nerds costumam frequentar. Stuart é talentoso, ao ponto de ter participado da Rhode Island School of Design, ser formado em Artes e ter criado uma hq. Tem um jeito bem estranho de ser e quase sempre está sozinho e sem amigos. 






Bernadette Rostenkowski: No início era garçonete e depois torna microbiologista. Ela possui origem católica, uma voz muito enjoada e um humor bastante apurado. Certo dia, Penny a apresentou a Howie, por quem logo se apaixonou e criou empatia.





Amy Farrah Fowler: É uma neurocientista, tem PhD em neurobiologia com foco em primatas e invertebrados. Raj e Howard a conheceram por meio de um site de relacionamentos, após usar o nome e as informações de Sheldon. Este e Amy se conhecem, mas possuem muitos conflitos e atritos. Com o tempo, os dois se apaixonam. 



Casais



Leonard e Penny: É um dos casais improváveis da série e um dos que mais gosto. Leonard e Penny possui muitas diferenças entre si, mas não os imagino separados. É um dos casais mais calientes de TBBT





Sheldon e Amy: Um dos casais mais peculiares da série. O relacionamento dos dois é cheio de regras e súmulas de um contrato realizado por Sheldon. É o casal que menos tem atração física e toque, mas um dos mais românticos. 





Howard e Bernadette: Um casal engraçadíssimo e bem humorado. Muitas vezes Berny tem que fazer o papel de mãe de Howie, já que ele é imaturo e brincalhão na maior parte do tempo. 



Abertura

A série possui uma abertura bem marcante e conhecida. A canção-tema chama-se The history of everything, da banda canadense Barenaked Ladies. A letra fala da origem do universo, de teorias, objetos e tecnologia de forma divertida e envolvente. Contudo, é difícil que alguém saiba cantar a letra, uma vez que ela é muito rápida e difícil. Em outubro de 2007, o grupo gravou uma versão mais longa do tema. Abaixo, você pode ouví-la, assim como a abertura de TBBT:












DESAFIO: Grave um vídeo cantando o tema de abertura de TBBT e pronunciando corretamente as palavras e me mande!


Bazinga!





Essa é uma expressão registrada da série (Já até fiz um Aquela Cena sobre). Sheldon costuma utilizá-la quando diz algo por ironia ou brincadeira. "Bazinga" é um termo utilizado pelos escritores de TBBT quando eles querem dar um ar cômico à cena que não tem um desfecho específico. Em entrevista, o ator Jim Parsons disse que a palavra seria usada apenas uma vez, mas que acabou tornando-se recorrente:


"Não havia nenhuma intenção de fazer aquilo novamente, até aquele momento, mas a palavra é tão peculiar e única".


A palavra é tão popular que um biólogo brasileiro batizou uma abelha de Euglossa BAZINGA em homenagem à série. 



Soft Kitty


Outro momento marcante da série, é quando Sheldon ou Penny (Geralmente) cantam a música infantil de origem inglesa chamada Soft Kitty. Entre as cenas memoráveis está a que Sheldon está doente e Penny canta para ele e quando Penny desloca o ombro e Sheldon canta para ela. Assista aos vídeos:















Participações célebres





A série já contou com vários artistas do mundo geek bastante conhecidos, como: Wil Weaton como ele mesmo; Leonard Nimoy, Stephen Hawking, Bill Gates, Christopher Lloyd, Adam West e, recentemente, o intérprete de Luke Skywalker de Star Wars, Mark Hamill.


A nova Friends?





Com salários milionários e audiência elevada, TBBT pode ser considerada a nova Friends. E não somente por conta disso, mas devido sua história abandonar o mundo nerd e focar em namoros, amizades e relacionamentos. Prova disso foi a 8ª temporada que se distanciou muito do roteiro original. Contudo, atualmente TBBT ainda detêm uma boa aceitação e audiência. 


Audiência

Atualmente TBBT possui uma média de audiência de 14 milhões de telespectadores, sendo que seu pico maior foi na 7ª temporada (17 milhões) e seu menor foi na primeira (8,4 milhões).



Prêmios


Ao longo de 11 temporadas TBBT já ganhou diversos prêmios, como: Melhor Série de Comédia e Melhor Ator à Jim Parsons no TCA Awards em 2009; Programa Favorito de Comédia no People's Choice Awards em 2010; Melhor Ator em Série de Comédia à Jim Parsons no Emmy em 2010; Melhor Bordão por "Bazinga" no CBS Fan Awards em 2012; e Atriz Favorita de Comédia à Kalley Cuoco no People's Choice Awards em 2016.



Crítica



Atualmente TBBT é uma das minhas séries preferidas. Em 11 temporadas, ela cresceu muito. Tem um ritmo dinâmico, envolvente e com boas piadas. Mesmo com uma mudança drástica de roteiro, ainda a assisto. Embora com a criatividade e inventividade, acredito que já está na hora dela terminar para não se tornar repetitiva e chata.


A 12ª temporada deve ser a última



A próxima temporada de TBBT pode ser a última, de acordo com os atores e o showrunner da série. Com o final da 11ª, com o casamento de Shamy (Sheldon + Amy) é possível que a 12ª explore o primeiro ano deles como casados. Steve Holland falou o seguinte:


“Eu sei que temos a próxima temporada, mas eu não sei o que acontecerá depois. E não é uma decisão que cabe a mim. Tudo o que eu posso fazer é seguir adiante com a próxima temporada e fazer o meu melhor”.


Já o ator Johnny Galecki deu a entender que a série está próxima de seu fim:


"Eu acho que, até esse momento, todo mundo está bem confortável com a ideia de que depois de 12 temporadas, é um bom momento para ir para casa e ver nossas famílias".


Agora resta saber como o destino desse grupo será definido. J-J








Por: Emerson Garcia

11 comentários :

  1. Achei bem interessante. acho que vou aproveitar minha netflix
    e vou assistir essa temporada no final de semana.

    https://blogdaadilene.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi uma boa temporada de forma geral, Adilene.

      Excluir
  2. Acho muito divertido mas nunca assisti em sequência, sempre episódios perdidos.. quero mudar isso!!

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  3. Eu ja vi partes da serie, mas nunca assisti um episodio inteiro. Fiquei com vontade de ver agora! bjs

    www.deboradahl.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Jovem
    Eu não vejo tv. Mas essa série parece ser desconcertante dois cientista com uma garçonete só para rir.
    XOXO

    marisasclosetblog.com

    ResponderExcluir
  5. Essa série é sensacional :D

    http://submersa-em-palavras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Assisti alguns episódios mas acredito não ter dado uma verdadeira chance à série. Vou tentar de novo.Rsrsrsrs!

    Ótimo sábado para vc!

    www.vivendolaforanoseua.blogspot.com

    ResponderExcluir

Obrigado por mostrar seu dom. Volte sempre ;)

Nos siga nas redes sociais: Fanpage e Instagram

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Template por Kandis Design