quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Editorial da Rádio Vox sobre os ataques dos autoproclamados "representantes do povo" do MBL

Logotipo da Rádio Vox | Divulgação



Caros leitores, você já ouviu falar do Movimento Brasil Livre (MBL) e que este já levou muita gente às ruas com pautas certinhas e bem calculadas para canalizar toda a ira dos brasileiros aos desmandos de todo o sistema político nacional. Já falei em en passant neste blog sobre este pessoal que parecia ser a salvação da lavoura, mas na verdade se mostrou parte do sistema que diz combater.

Após a Rádio Vox publicar em sua edição sobre o que há por trás do chamado "Brasil Paralelo" - com as explicações da pesquisadora e produtora de televisão, Adriana Araújo (não, não é a Adriana da RecordTV, meu caro leitor!) - um tal de Murilo Resende, do ramo goiano do MBL, fez ataques infundados a webrádio. Além disso, a Vox publicou em seu site o artigo "A oposição do establishment do Brasil para Lênin" ("Brasil para Lênin", uma paródia de "Brasil Paralelo") sobre esta falsa oposição envolta a muito dinheiro, tentativa de suborno e interesses internacionais.





O mesmo Murilo em matéria do Jornal Opção alega e outorga que o MBL é o legítimo representante dos brasileiros:

"Independente de sermos 10 mil ou 100 mil, nós somos os verdadeiros representantes do povo brasileiro, nós representamos o grito de ‘não’ da população."


Agora que vocês estão familiarizados sobre a situação, reproduzo na íntegra o Editoral da webrádio acerca dos ataques vindos destes autoproclamados "representantes do povo", com grifos, adaptações e destaques meus. Leia:

"Murilo Resende anda atacando e mentindo sobre a RÁDIO VOX por causa do programa realizado na última semana com a produtora de televisão e pesquisadora Adriana Araújo, que apresentou documentos e fatos envolvendo a organização do evento Brasil Paralelo. Ao que tudo indica, atacou sem escutar o programa ou ler o texto intitulado “A oposição establishment do Brasil para Lênin”. Sem saber de nossas pesquisas e do que nos trazem nossas fontes, generalizou a respeito do que temos publicado, e já deu seu diagnóstico: somos loucos, paranoicos, e a rádio, decadente, está no seu fim.

É claro que para ele colar a pecha de paranoico sobre o editor-chefe da rádio pode parecer interessante, uma vez que já teve sua foto estampada em denúncias, sobre o conchavo, envolvendo apoio em dinheiro, entre o MBL, do qual faz parte, e vários partidos políticos, dentre os quais o PSDB, controlado por globalistas. Com direito à matéria no UOL na qual Murilo Resende aparece entre Renan Santos e o Kim "Pastel de Flango" Kataguiri. A origem da grana do MBL? PMDB, PSD, DEM e o globalistíssimo PSDB. O MBL negou receber o dinheiro, mas os denunciantes provaram com áudios, nos quais os líderes do MBL faziam acertos em dinheiro com figuras de tais partidos

Temos a honra de poder afirmar que, para quem conhece nosso trabalho, se há alguém que a RÁDIO VOX incomoda, é exatamente esse tipo de agente político. Não passa de um sub-Kim Kataguiri, um mero agente político dos mais chinfrins. Eis o histórico e a real situação de discurso de Murilo Resende. E, sabemos, o nome de Murilo "é Legião, porque são muitos".

Um ano antes, Murilo Resende e os seus amigos do MBL se diziam os reais representantes do povo. Mas quem deu esse título para eles? Houve alguma votação simbólica para isso? Esses autoproclamados representantes do povo não avisaram ninguém, foram incensados pela mídia mainstream, e deu no que deu: a burlesca e patética Marcha Para Brasília, o baixar de cabeça para Hélio Bicudo, e então, a farsa do impeachment.

Como é regra na direita pó-de-arroz que já se tornou uma oposição controlada, tarefa bem executada por falastrões que alcançam visibilidade via hangouts e aparições com figuras da grande mídia, Murilo deixa suas suas afetações estéticas prevalecerem e isso o impede de tentar conhecer o lastro de pesquisas já realizadas por todos os participantes e colaboradores da rádio, que fundamenta tudo o que declaramos em nossos boletins ao vivo e nos textos publicados em nosso site. Antes, como todo “bom” agente político, todo militante enfezadinho, usa a surrada técnica de rotulagem pejorativa, sempre fugindo dos pontos centrais das questões, buscando impressionar a platéia e ser aplaudido por seus comparsas de atuação política. Há quem caia no truque. Mas Murilo vai além e ainda mente: chegou a comentar sobre um suposto envolvimento da Fundação Educar em tentar subornar o pessoal da RÁDIO VOX através do Vem Pra Rua. O que está escrito no texto é que um coordenador do movimento Vem Pra Rua tentou isso. Mas de onde ele tirou isso? Reiteramos: o nome de Murilo "é Legião, porque são muitos". Mais uma mentira, mais uma evidência do trabalho de assassinato de reputações incessante e que é perpetrado pelos agentes políticos da direta pó-de-arroz aliançada com figurões do establishment.

Carente de algo válido para seus ataques, Murilo Resende bradou que o texto "O Brasil Para Lênin", publicado no site da RÁDIO VOX, era um texto "não-assinado". Para quem tem formação em ciência política, não saber diferenciar uma matéria assinada e um editorial é atestado de incompetência. Bem, fosse honesto intelectualmente e capacitado para a prática da ciência política, certamente Murilo Resende não seria um líder do MBL, cuja origem apresenta várias figuras presentes no projeto Brasil Paralelo: o EPL (Estudantes pela Liberdade), conectado ao Partido Novo, e que é uma organização transnacional financiada e apoiada pelos irmãos David e Charles Koch, dois globalistas libertários que apoiam iniciativas gayzistas, abortistas e pró-liberação das drogas nos Estados Unidos.

Para um agente integrado a um esquema como esse, do qual o que mais se tem é evidências, ridicularizar e desdenhar das denúncias da RÁDIO VOX e do trabalho de Adriana Araújo é nada mais do que parte do seu trabalho. Mas não é só para Murilo Resende que iniciativas como o Brasil Paralelo devem estar acima da crítica.

Em tempo: o que está sendo discutido aqui não é se somos a favor ou contra alguma coisa. Ao contrário dos agentes que querem se passar por cientistas políticos, entendemos que o tal Brasil Paralelo é um fenômeno político e deve ser destrinchado e analisado em cada uma de suas partes, precedentes e desdobramentos. Ser a favor ou contra o Brasil Paralelo é a algo ridículo como coisa ser a favor ou contra o Rock in Rio ou um rodeio em Barretos. Mas os fatos estão aí.

Quando, à primeira tentativa de apresentar os reais atores, os operadores e os financiadores do Brasil Paralelo, surgem reações como a de Murilo Resende, algo aponta que estamos acertando no que estamos fazendo. E que algo muito grave já está em plena operação nas entranhas da real oposição cultural e intelectual ao criminoso establishment brasileiro. Que ninguém desdenha das velhas táticas de entrismo e formação de falsas dissidências e oposições controladas. A trajetória do MBL e de outros movimentos similares nos servem de exemplo. E as palavras de apoio que Murilo Resende recebeu, vindas das mais inesperadas direções, são mais uma evidência da seriedade desse aviso. Até porque seus ataques foram ao extremo da irresponsabilidade e falta de bom senso: ao querer diagnosticar problemas psicopatológicos no editor-chefe da RÁDIO VOX, Alex Pereira, Murilo, que (podem rir!) é economista, mergulha no ridículo: são presenças marcantes e constantes na rádio, desde os seus primeiros dias, a psicóloga Graça Salgueiro, com 40 anos de experiência e estudos na área, e o Dr. Heitor De Paola, psiquiatra e psicanalista reconhecido internacionalmente, com mais de 50 anos de carreira. Tais profissionais da psicologia, pioneiros na pesquisa no Brasil sobre as implicações do globalismo em nossa política, ao que se vê, andam bem confortáveis com a condição psicológica de Alex Pereira ao ponto de serem bons amigos e parceiros de trabalho numa iniciativa que cresce devido justamente à credibilidade das informações que divulga.

Não há como nivelar o que a equipe RÁDIO VOX publica com os equívocos, calúnias e devaneios de um integrante de uma iniciativa marcada por mentiras, fiascos políticos monumentais, como a traição à toda nação chamada Marcha Para Brasília, e pelas conexões evidentes com o que há de pior na política global.

Murilo Resende não é o primeiro, não será o último, e não é o único. E que ninguém estranhe que ele, ou figuras parecidas, ocasionalmente obtenham visibilidade e prestígio no meio de certas patotas. É o que ocorre a tais agentes, enquanto a RÁDIO VOX continua sofrendo ataques de todo tipo, muitos dos quais em nome do melhor conservadorismo, como é típico de alguns desinformantes ligados ao establishment.

Já sabíamos que seria assim e que isso não vai mudar tão cedo. Por isso, continuamos nossas pesquisas, reiteramos a importância da divulgação dos fenômenos que temos estudado, e da contundência no comentário ao que vem ocorrendo. E ainda temos muito a dizer: sobre os muitos murilos, sobre o globalismo, sobre iniciativas como o "Brasil Paralelo", sobre a direita pó-de-arroz ligada ao establishment, e sobre a atual conjuntura política.

Estamos prontos a fazer jus à toda nossa independência e liberdade intelectual, as quais reconhecemos e zelamos, pois as temos como dádivas concedidas por Deus."


Um aviso: cuidado com estes que se dizem "oposição".

Até mais, pessoal. J-J













Por: Pedro Blanche

6 comentários :

  1. Complexo isso aí, confesso que estou um pouco por fora, mas acho legal você abordar esse tipo de assunto :)
    Beijos,
    #fiquerosa

    Fique Rosa | Meu Canal YT

    Participe do SORTEIO da Salon Line ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu. Beijos 'procê' também! | PEDRO BLANCHE

      Excluir
  2. Olha, é o q eu estava conversando esses dias aqui no trabalho... todo mundo tá muito extremo. Ninguém pode ter outra opinião que já não presta, tem q morrer kkkkkk!!!!

    Beijinhos,
    ❥ AmigaDelicada.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Classificar como 'opinião' qualquer bobagem é uma ofensa a dignidade. Não se trata de 'extremos' ou adjacentes, se trata de que um grupo pequeno mas determinado de pessoas descobrirem a verdade. Somente as pessoas do tipo 'me dou bem com todo mundo' acha que os outros estão alienados. Obrigado por comentar. | PEDRO BLANCHE

      Excluir

Obrigado por mostrar seu dom. Volte sempre ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Template por Kandis Design