quinta-feira, 30 de junho de 2016

Quinta de série: Lucifer




Bloody Hell! Mais uma quinta daquela coisa divina chamada série. Falando sobre coisa divina, irei falar sobre Lucifer. Não, você não leu errado. A série realmente trata a vida do diabo. Ela ainda não tem uma data de estreia no Brasil (não uma que eu tenha encontrado) e sua primeira temporada foi lançada pela Fox.

“No princípio, o anjo Lucifer foi expulso do céu e condenado a governar o Inferno pela eternidade. Até que ele decidiu tirar férias...”


O enredo da série é basicamente esse: o diabo tá entediado no Inferno e decide fazer um passeio por Los Angeles. Ele monta um clube noturno e começa a viver entre os humanos, até que conhece a detetive Decker e a ajuda (mesmo ela não querendo) a resolver um homicídio. Só que algo o intriga sobre ela. Ela é imune aos poderes de persuasão dele, o que faz ele a achar fascinante.



Não acho que seja um programa que se diga “nossa, que emocionante!”, mas eu curti. É mais investigação do que qualquer outra coisa, antes que vocês comecem a pensar pelo lado religioso. É claro que é uma série “blasfêmica”, mas é muito boa, principalmente porque Lucifer é muito bom humorado e suas piadas são hilárias.

Lucifer ainda é “mau”, apesar de ser bom. Ele não é aquele demônio, mas se você fizer merda e/ou deixar ele irritado, aí o negócio fica feio.



É uma série com muito pouco drama. É algo quase que imperceptível. Sinceramente, o humor e o sotaque do ator que faz o Lucifer (Tom Ellis) são as melhores coisas da produção. Não há tantos efeitos especiais quanto eu achei que teria, porque Lucifer não fica esbanjando poder. Eu pensei que seria algo mais em um tom de Supernatural, mas até que é tranquilo. Dá pra assistir com a família de boa.



Antes da série estrear, houve um boicote contra ela, alegando que há uma “descaracterização” do diabo e “zombaria da Bíblia”. Mas é claro que não deu muito certo e isso ainda teve uma resposta de Neil Gaiman, que criou o personagem Lucifer Morningstar:

“Ah. Parece que foi ontem (mas era 1991) que as “Mães Preocupadas da América” anunciaram que estavam boicotando 'Sandman' porque continha personagens Lésbicas, Gays, Bi e Trans... Foi Wanda quem mais as irritou: a ideia de uma mulher trans em uma história em quadrinhos… Elas nos disseram que estavam organizando um boicote contra 'Sandman', e que só parariam se nós escrevêssemos para a American Family Association e prometêssemos reformular a história. Eu me pergunto se elas notaram que isso não funcionou da última vez…”.


Essas pessoas nunca aprendem... J-J






Por: Thiago Nascimento

13 comentários :

  1. Não conhecia essa série, achei bem bacana a resenha, deu até vontade de assistir. Hehe

    Grande beijo, Fran.
    www.delirioscotidianos.com

    ResponderExcluir
  2. Vi um montão de pessoas comentando sobre essa série e eu fiquei curiosíssima para assistir,mas eu preciso terminar de colocar as outras séries em dia hahaha.
    X J X C X

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Conheço essa vida de séries até o pescoço. Bora fazer várias maratonas!!

      Excluir
  3. Ui, esse é o tipo de série que passo longe.. na verdade a história deve ser super interessante, mas não gosto muito de ver violência, mentiras, traições e essas coisas :P

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então você é de outro planeta? Porque aqui você não vê isso na tv, você presencia esse tipo de coisa :P

      Excluir
  4. Tá aí outra série que você conhece e eu nunca nem ouvi falar HAHAHA! Mas parece ser boa.. O tempo que eu tenho pra assistir série eu acabo usando pra ver snap ;/
    Beijos,
    #fiquerosa

    Fique Rosa | Meu Canal YT

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não vejo graça nesse aplicativo. Prefiro perder tempo assistindo série mesmo xD

      Excluir
  5. As pessoas não desistem de ser caretas e retrógradas, né? Eu não curto muito esse clima de fantasia, então a série não faz muito a minha cabeça. Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não, não se cansam. Poxa, que pena que a série não faz seu estilo. Ela é realmente muito boa.

      Excluir
  6. Ele é engraçado mesmo!! Eu assisti alguns episódios mas não vi tudo.
    Ótima dica
    kisses
    http://www.colecionadorademoda.com/

    ResponderExcluir
  7. Não conhecia, fiquei curiosa... Parece ser interessante;)
    Bjs!

    ResponderExcluir
  8. Jamais verei, já tenho medo assistindo PLL, imagina esse? Mesmo não sendo 100% terror, o figurino já me assusta. Sim, sou bem cagona mesmo.

    Beijos!
    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHAHA. Como assim tem medo assistindo Pretty Little Liars?

      Excluir

Obrigado por mostrar seu dom. Volte sempre ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Template por Kandis Design