sábado, 27 de fevereiro de 2016

Supercrítica Oscar 2016: melhor filme



A 88ª edição do Academy Awards ou Oscar, como é popularmente conhecido, acontece amanhã (28). Nessa última semana, dediquei o meu tempo para ver pelo menos os indicados a Melhor filme e Melhor animação. Esses posts serão divididos em duas partes. A primeira, sobre os indicados a Melhor filme (hoje), e a segunda, sobre os concorrentes a Melhor animação (amanhã).

Os indicados a Melhor filme do Oscar 2016 são 8: Perdido em marte, O quarto de Jack, Ponte dos espiões, O Regresso, Spotlight- Segredos revelados, Brooklyn, Mad Max- Estrada da Fúria e A grande aposta. O que eu percebi nessas escolhas é uma variedade de gêneros, histórias, estilos. Tem filme para todos os gostos: sci-fi, drama, ação, aventura, romance, suspense. 

Entre os indicados, O Regresso lidera com 12 categorias, além da de Melhor filme. Mad Max vem logo atrás com 10. Tais fatos não interferiram no meu olhar crítico pelas obras. As analisei de forma completa, levando em consideração suas histórias, roteiros, fotografias e capacidade de me deixar vidrado sobre a tv - sim, porque "melhor filme" pra mim tem que ser bom do início ao fim, com mais pontos positivos que negativos. Tenham em mente que minha supercrítica levará em consideração esses requisitos.

Perdido em marte é um sci-fi diferenciado, por trazer uma nova perspectiva de produções espaciais, com bom humor e leveza. A sobrevivência no espaço é um bom mote, mas achei-o longo demais.

O quarto de Jack traz uma atuação da mãe e filho de arrancar lágrimas e cenas que me deixaram perplexo e agoniado. Contar uma história tão pesada de duas pessoas reféns, de forma dramática e dócil ao mesmo tempo, não deve ter sido uma tarefa fácil. Contudo, o roteiro se enfraquece em algumas partes e cenas não foram bem explicadas. 

Ponte dos espiões talvez possua o mesmo problema de Perdido em marte: uma boa história que poderia ter sido mais enxuta. Um filme de guerra não convencional, de poucas cenas de ação, mas com uma boa história. Quem diria que uma produção sobre Guerra fria poderia ser tão legal de assistir?

A história de um exilado que sofre poucas e boas em meio a neve e conflitos entre índios e exploradores de O Regresso, foi bem recebida por mim. Se uma história te prende do início ao fim é a estrelada por Leonardo DiCaprio. Confesso que a fotografia ajudou-me a gostar bastante do filme. Que fotografia linda, cativante e esplendorosa! 

Spotlight- Segredos revelados não fica muito atrás com relação à O Regresso na questão de prender a minha atenção do início ao fim. A história de 4 jornalistas investigativos que realizam um trabalho árduo de pesquisa para fazer uma reportagem sobre a legalidade da Igreja Católica quanto ao abuso de crianças por padres, foi uma das melhores dos filmes concorrentes.

Brooklyn conta a trajetória de uma jovem irlandesa decidida a emancipar-se e crescer na vida. Ela escolhe Brooklyn como a cidade de destino. O filme conta sua adaptação, lutas, amores e dificuldades em um lugar desconhecido em plena década de 1940. O drama romântico é fraco no geral, embora com algumas cenas emocionantes. Senti falta dele concorrer a Melhor fotografia, pois eu a achei incrível!

Sei que terá muita controvérsia agora, mas vamos lá: eu não gostei nada de Mad Max e não entendi porque ele está nessa categoria! Melhor fotografia e Melhores efeitos visuais até vai, mas Melhor filme?! Já é demais! Talvez pela overdose de cenas de ação, pouco entendi da história. O que eu captei é que conta a trajetória de um grupo de mulheres selvagens e de um rapaz que as ajuda em uma aventura cheia de poeira, corrida e violência. E só. 

A grande aposta tem um bom enredo mas da forma que foi colocado acabou por torná-lo muito chato. O problema não é o assunto ser economia, mas os diálogos longos e pouco interessantes. Outra coisa que eu senti falta foram de cenas mais leves e descontraídas, por se tratar de um drama-comédia. 

Duas curiosidades dos indicados. Primeira: dos 8 filmes, 6 são adaptações literárias, 2 roteiros originais. Segunda: todos os filmes possuem mais de 2 horas, com exceção de O quarto de Jack (1h57min). 

Curiosidades a parte, e levando em consideração minha supercrítica, vamos aos meus favoritos: O Regresso e Spotlight. Eu queria que os dois ganhassem, mas como não pode, voto em O Regresso. E ainda digo mais: o filme não ganhará somente essa estatueta mas também a de Melhor ator e Melhor fotografia.

Então é isso, galera. Vamos torcer juntos amanhã no Oscar 2016. E quais são os favoritos de vocês a Melhor filme? Concordam com o que falei? J-J

Por: Emerson Garcia

11 comentários :

  1. Para mim o justo vencedor do Óscar de Melhor Filme seria Mad Max, seguindo-se de "Brooklyn" e "The Revenant". Não sou fã de filmes deste género, mas há que saber admitir quando algo é bom. É importante perceber que "Fury Road" vai além do típico filme de acção. Numa indústria que continua a reduzir as mulheres a meras personagens secundárias ou totais clichés, colocando sempre o homem como figura central, ter uma mulher como personagem principal de um blockbuster é extremamente importante. Aliado ao realismo (devido ao uso mínimo de efeitos especiais) e uma fotografia e banda sonora fantásticas, é óbvio que merece estar nomeado nesta categoria :)

    Ricardo, The Ghostly Walker.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu até hoje não entendi a que "Brooklyn" veio, com toda sinceridade. Concordo em parte com o que falou. De fato, Mad Max revolucionou o cinema, com efeitos visuais, fotografia, figurino e som, mas nesse post me referi a escolha de melhor filme. Quanto a parte técnica, é inquestionável o valor do filme, mas tenho minhas dúvidas quanto ao roteiro e enredo.
      Uma coisa a se destacar é que embora a Charlize Teroon tenha tido uma atuação perfeita, ela não foi indicada a categoria de "Melhor atriz" no Oscar né?

      Excluir
  2. Confesso que estou totalmente por fora da lista de favoritos para o Oscar este ano:) Mesmo não sendo fã do "DiCaprio", acredito que "O Regresso" será o grande vencedor.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem?
    Adorei a super crítica. Quero muito saber quem vai levar de fato a estatueta de melhor filme, e todas as outras categorias.
    PS: Fico feliz que tenha gostado da minha opinião sobre OVOM, é também um dos meus filmes favoritos.

    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado da supercrítica. Ano que vem tem mais, com outras categorias. Pra variar um pouco.

      Excluir
  4. Não acompanho as premiações e nem entendo nada sobre o assunto,mas acho que o Leonardo DiCaprio leva a premiação esse ano.Mas eu queria assistir esse filme Brooklyn.
    Te indiquei ao prêmio dardos no meu blog http://bit.ly/1pfHwMX

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não gostei muito de "Brooklyn", infelizmente.

      Excluir
  5. Eu já asistir o perdido em marte mais os outros quero asistir.
    bom fim de semana!

    http://espacodogaroto.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá! Eu não assisti a todos os filmes, então só posso dizer que gostei de O Regresso, hahaha.
    Preciso assistir todos os outros para formular uma opinião bem mais crítica, mas estou na expectativa pelo Oscar. Quem será que ganha, hein? Hahah

    Abraços,
    ser-escritora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Não há dúvida de que estes prémios têm sido aqueles que deixaram de falar mais, eu gostaria de ver quén é vencedor em filmes de ação , porque este é um dos meus gêneros favoritos. De qualquer forma, ir para realmente aproveitar este evento todos os anos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é. Mas você viu que Mad Max concorreu a melhor filme? Pelo menos um pra representar.

      Excluir

Obrigado por mostrar seu dom. Volte sempre ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Template por Kandis Design