sábado, 7 de janeiro de 2017

As letras e versões de "Deu onda"


Com certeza a música Deu onda do MC G15 é uma das grandes febres e um dos possíveis hits do verão e carnaval. Só para se ter ideia, ela foi uma das músicas mais tocadas na passagem de ano, desbancando grandes sucessos. Milhões de visualizações em aplicativos, como Spotify, Apple Music e Dezer, além de ter conquistado famosos, como Anitta, Neymar e Marcello Melo Jr. que dançou o hit e fez muito sucesso nas redes sociais

O criador da música chama-se Gabriel, de 18 anos. O apelido MC G15 faz referência ao seu nome e a idade que começou a cantar (15). Ele escreveu Deu onda para a sua esposa, que está com ele já há 5 anos. 

O funk tem a versão +18 - com mais de 16 milhões de visualizações no Youtube - e a versão light - com quase 58 milhões. A versão "proibidona" foi publicada no Youtube cerca de um mês antes que a light, em 22 de novembro de 2016. Ao que tudo indica, o mesmo cantor que fez um funk "fofinho e romântico" e publicou o clipe em 21 de dezembro de 2016, foi o que queria "fuder, garota" e disse "meu pau te ama" em novembro! Que romântico, não?!

A versão light tem até uma história interessante e uma declaração de amor a alguém especial. O ritmo é leve e contagiante (Chiclete mesmo!). Um funk rasteirinho, melódico e romântico. MC G15 fala que quando a garota chegou em sua vida, mudou-a completamente e até mesmo retirou seus vícios. Veja (com grifos):

"Eu preciso te ter
Meu fechamento é você, mozão

Eu não preciso mais beber
E nem fumar maconha
Que a sua presença me deu onda

O seu sorriso me dá onda
Você sentando, mozão, me deu onda"


Qual é a garota que não gostaria de ouvir isso de um rapaz? Que ele abriu mão de um vício, por um outro muito melhor? Agora, o que lhe "dá onda" é o sorriso da amada e, até mesmo, quando ela senta em uma bicicleta (Isso fazendo uma alusão ao clipe, heim?!). Creio que as garotas se sentiriam lisonjeadas e nas nuvens. A frase "meu fechamento é você, mozão" é sucesso em redes sociais como Facebook e Instagram. Eu até creio que muitos casais de namorados citam essas palavras um ao outro, de tão grande é seu teor romântico.

MC G15 continua sua declaração dizendo, por diversas vezes, "que gosta da garota" e diz o que as meninas mais gostam de ouvir (Sim! Elas tremem as pernas, ficam com coceirinhas nos ouvidos e com uma tensão no pescoço) ou seja, que ele a ama, e não só uma, mas várias vezes. Confira (com grifos):

"Que vontade de te ter, garota
Eu gosto de você, fazer o quê?

O pai te ama, é
O pai te ama
O pai te ama, é
O pai te ama"


Lindo, né?! OPA!! ALTO LÁ! A letra até seria bonitinha, se não fosse sua versão original e mais antiga. Uma letra que acaba com a química, a magia e o romantismo da coisa. Se eu fosse a menina que recebeu essa cantada (Ainda bem que não sou menina, nem a menina que recebeu a cantada! Risos!), não acreditaria em nenhuma linha do que o cara disse. Uma dose de romance, após um convite nada gentil; amor bem depois de sexo; carinho depois de segundas intenções. Vamos aos trechos "proibidões", lembrando que essa é a versão original (com grifos):

"Que vontade de fuder, garota
Eu gosto de você, fazer o quê?

Meu pau te ama, é
Meu pau te ama
Meu pau te ama, é
Meu pau te ama"


A letra começa com o romantismo (Não muda nada da versão light) e depois vem com essas palavras. Pra que a necessidade de transformar uma letra bonita em algo tão baixo? Respondo: para ter audiência e conquistar as novinhas. Funk que é funk precisa ter letra de cunho sexual e bastante obscenidade. No fundo, ninguém gosta de uma letra leve e romântica no funk. Tanto é, que a cantora Anitta em seus shows costuma cantar a versão proibida e até mesmo MC G15 - colocando por água a baixo a homenagem à esposa, embora ele tenha o cuidado de não chocar sua família:

“Gosto da versão proibida, mas também canto a versão mais light sempre pensando nos meus irmãos mais novos e nos meus pais”, MC G15 para o Extra


Na versão "proibidona" ainda destaco o trecho "meu pau te ama". Onde já se viu o órgão masculino amar alguém e ter sentimento? Se existe algum tipo de amor nessa letra, ele tem a ver com prazeres e satisfações sexuais. Sublimarmente, o rapaz que declara que ama e gosta de uma garota, quer mais é transar com ela. Algo não tão chocante em uma sociedade atual que banaliza o amor, coisifica as pessoas e valoriza muito mais o sexo que o romance.





Algo parecido ocorre com duas músicas - de mesmo ano, de cds distintos e com letras totalmente diferentes - do cantor Lucas Lucco. Se Deu onda foi da inexistência de romance para um romance (mas bem difícil de ser verdadeiro), com Lucas Lucco foi da fofurice para a pegação.

Ao que tudo parece Mozão (álbum Tá diferente, 2014) foi lançada antes de Vai vendo (O destino, 2014), mesmo ambas sendo do mesmo ano. Perceba que as duas são bem antagônicas (com grifos):

"Momozim, vamos fazer assim
Eu cuido de você, você cuida de mim
Não desisto de você e nem você de mim
Vamos até o fim…" (Mozão)


"Esse arrocha é pra você que achou que eu tava aqui sofrendo (Uh vai vendo, uh)
Eu tô solto na balada e aqui o couro tá comendo (Uh vai vendo, uh)
Enquanto você ta em casa, eu to aqui no bar bebendo (Uh vai vendo, uh)
Postando fotos com as gatas pra você ficar sabendo (Uh vai vendo, uh)" (Vai vendo)





Sério! O que aconteceu com o Lucas romântico da primeira música? E vocês, meninas, achando que ele era pra casar, que só cantava música romântica né?! Aliás, o VERDADEIRO romantismo está em falta nas músicas. E quando a gente acha que ele existe, VEM UMA VERSÃO ANTIGA E ORIGINAL PARA TE ESFREGAR NA CARA QUE O QUE INTERESSA MESMO É SEXO E PERVERSÃO. Deu onda tinha tudo pra ser uma fofura (E olha que eu não gosto muito de funk!), mas o que a estraga é a versão proibida, que também faz sucesso em festas, boates e em shows de famosos. Ambas, a light e a +18, são virais.  J-J


Por: Emerson Garcia

17 comentários :

  1. Essa música não sai da cabeça nunca, vicia kk Bjs

    www.mayaravieira.com.br

    ResponderExcluir
  2. Como lidar, todos a sua volta cantam e você aprende mesmo sem querer hahahaha.

    Www.pequenamabi.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Tá vendo que homem romântico... faz uma música linda daquelas para a esposa hahaha ao menos ela sabe que o p*u dele a ama kkkkkkkkk!

    Bjinhos,
    ❥ AmigaDelicada.com.br

    ResponderExcluir
  4. Essa música está estourando mesmo, né? Não para de tocar.
    Mas preciso confessar que não gosto, realmente não faz meu estilo haha.
    Infelizmente o brasileiro tem esse costume de pegar uma música que já é ruim e transformá-la em algo pior ainda ;/
    Beijos,
    #fiquerosa

    Fique Rosa | Meu Canal YT

    Participe do SORTEIO da Salon Line

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Creio que será assim até o carnaval aí depois passa. Também não faz nenhum pouco o meu, mas é inevitável não saber do que se trata.

      Excluir
  5. Olha, eu sou super contra letras que hiperssexuliza as mulheres, mas pra ser sincera? Acho até engraçado ele falar meu pau te ama, pra mim ficou engraçado. A versão light é legal também, enfim, my opinion HAHAH

    www.vestindoideias.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que fizeram essa versão mais na zoação mesmo. Não é possível que eles acreditem que um pau pode amar alguém rsrs

      Excluir
  6. Essa música deu o que falar, haha.

    diamanteturquesa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Adorei seu texto, Emerson! Você escreve mto bem! Meus parabéns!
    Bom, dando minha humilde opinião sobre essas versões lights/proibidonas...
    Acho que o cantor quer ser romântico sim, mas convenhamos, quem vai pra balada (generalizando meeeesmo) é a galera que quer pegação, não quer romance. Logo, eles têm que atender ao público maior, se quiserem mesmo ter "audiência", como você disse! rs...
    Aliás, a música é chiclete demais! Pensei que já tivesse esquecido-a, mas graças a sua publicação, já estou com ela na cabeça novamente! hahaha
    Adorei o seu blog! 😍
    Convido-te a conhecer o meu blog! Se gostar, comente e siga-me! 💗
    Fique com Deus!

    Beijos, 😘
    Renatinha Araújo.
    Blog | Facebook | Twitter | Instagram | YouTube

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comentário agregador o seu, Renata! Realmente é isso que você falou. Hoje em dia só tem audiência e fica no topo músicas como essa bem inusitadas, afinal, como um pau pode amar alguém? Hehehe
      Que bom que gostou do meu blog. Já visitei o seu e continuarei visitando.
      Beijos!

      Excluir
  8. Oi, Emerson!
    Eu confesso que me divirto muito rindo dessa música. Sério, como alguém consegue ser tão cara de pau (sem trocadilhos!) a ponto de falar isso tão abertamente numa música? Hahahhaah E é verdade, a falta de romantismo está em todo lugar e é difícil achar músicas que prezem o amor sem colocar um baita teor sexual de fundo! Beijinhos, Beatriz.

    O Diário de uma Escritora Iniciante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O povo hoje em dia perdeu a vergonha e o respeito, Beatriz.

      Excluir
  9. Desconheço a música (e pretendo continuar assim, o quanto der). :/

    ResponderExcluir
  10. E assim, vou conhecendo mais do Brasil...

    Beijinho,
    Daniela Silva
    ❀ Diamonds In The Sky

    ResponderExcluir

Obrigado por mostrar seu dom. Volte sempre ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Template por Kandis Design