quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Terror comunopetista no ar e silêncio criminoso

 
Incitadores de crime e palitadas de sangue | YouTube.

Estas últimas semanas o sistema comunopetista estabeleceu o regime de terror e claríssimas ameaças aos opositores – nos quais os veem como inimigos que devem ser aniquilados – e por mais que haja provas evidentes de seus crimes, não há um pio da imprensa e muito menos ação de nossas corruptas “instituições”.

Semana passada, o deputado federal Sibá Machado (PT/AC) xingou e ameaçou os manifestantes do Movimento Brasil Livre (MBL). Coincidentemente, só que não acredito nesta coincidência  o Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST) foram ao gramado do Congresso Nacional e partiram para a agressão. Assim esbravejou o parlamentar antes da agressão. Antes disso, Mauro Iasi claramente incitou o ódio contra os que “são de Direita” e ameaçou fuzilamento a estes. As frases acompanham os vídeos:

“Eu vou juntar gente e pôr vocês pra correr... Bando de vagabundos! São vagabundos. Vocês são vagabundos. Vamos ‘pro pau’ com vocês agora!”






“Nós sabemos que você é o nosso inimigo, mas considerando que  você como afirma é uma boa pessoa, nós estamos dispostos a oferecer a você o seguinte: um bom paredão onde vamos colocá-lo na frente de uma boa espingarda, com uma boa bala e vamos oferecer depois de uma boa pá uma boa cova, né. Com a Direita e o conservadorismo nenhum diálogo, luta.”





São bandidos e assim é que serão tratados. Por começar a defender uma ideologia que matou mais de 100 milhões de pessoas: o comunismo. E, são mais bandidos ainda, por claramente incitar ao crime contra pessoas por pensarem diferente deles. Esse tipo de pelegos não merece o nosso diálogo por que eles veem quem os enfrenta como inimigo fidagal.


O descaramento de parlamentares-criminosos

De forma mafiosa e criminosa tanto Sibá Machado quanto seus cúmplices, como Orlando Silva Júnior (PCdoB/SP) e Chico Alencar (PSOL/RJ), temporizaram o ocorrido chegando este último a negar que houve violência, e de forma demagógica e descarada queria verificar o local das animosidades. Veja e tenha estômago forte:





A reação da mídia brasileira

Correio Braziliense vê a agressão contra MBL como “Fla-Flu político” | CB/D.A.


Não tive surpresas. A imprensa brasileira – conivente com tudo isso – não esclarece os dois fatos e distorce como se tudo não passasse de um “Fla-Flu político”. Já tratei aqui e aqui o quanto a mídia tupiniquim esconde e distorce de você caro leitor do JJ. O jornal Correio Braziliense, em capa, tratou a agressão do MTST contra o MBL como um “empurra-empurra”; o carioca O Globo também foi para o mesmo viés

O Globo, que briga é essa onde um bate e o outro apanha? | crédito da foto no fac-símile


A Folha de S. Paulo acredita que é possível ter a proeza de discutir com os pés nas costas de alguém.

A Folha de S. Paulo flagrou um vândalo do MTST discutindo com Fernando Holiday com o pé nas costas | crédito da foto no fac-símile


Uma palavra de alento e firmeza

Apenas o jornal paranaense Gazeta do Povo em seu editorial e o blog do Reinaldo Azevedo no site de Veja deram nome aos bois e disseram o que realmente aconteceu, respectivamente:

“Apesar de algumas descrições do episódio falarem em “confronto”, o que ocorreu foi mais uma agressão de um grupo contra outro. Os manifestantes contrários ao governo fizeram um cordão humano, de costas para os sem-teto, que partiram para a violência. Os integrantes do MTST alegam que foram provocados e que estavam no gramado não como reação ao acampamento pró-impeachment, e sim para se manifestar contra a Lei Antiterrorismo, que seria votada no Senado naquela mesma quarta-feira. Se era esse o caso, então, como explicar a violência registrada em vídeos e fotografias?”



A cobertura da imprensa, na média, foi nojenta, asquerosa mesmo, como se nada houvesse acontecido. Como sempre, cumpre indagar o que se teria dito se fosse o contrário: imaginem um acampamento com 50 esquerdistas, reivindicando isso ou aquilo, cercado por adversários contrários à esquerda — nem precisariam ser de direita… Seria um caos, um deus-nos-acuda. Alguém logo falaria em escalada fascista. Os mais ousados lembrariam o espancamento de atores que representavam a peça Roda Viva, no dia 9 de novembro de 1968…”


Não preciso dizer onde não mais procurar notícia verdadeira. A senha é fácil de decifrar. Mesmo para quem não é jornalista, é vital que se evite dar dinheiro a um veículo de imprensa disposto a esconder, distorcer e até mentir para você.


Muitíssimo importante para gente de bem

E que os incitadores da violência contra gente pacífica e ordeira sejam flagrados, marcados, denunciados e condenados tanto pela via legal quanto perante a opinião pública. Essa gente não vê adversários políticos e ideológicos, e sim inimigos que devem morrer a qualquer custo. Na prática, esses vagabundos e amigos de assassinos e idólatras de democidas* são um bando de medrosos. Estão grandinhos demais para pedir mais conselhos. Perante uma ameaça dessas, faça o que tenha a se fazer. J-J

* - Vem do termo "Democídio" falada por R. J. Rummel que significa "assassinato de qualquer pessoa ou grupo de pessoas por parte do seu governo, incluindo genocídio, politicídio, e assassinato em massa". Veja mais aqui.


Por: Pedro Blanche

5 comentários :

  1. Eles pregam o comunismo, mas vivem no luxo... e pior do que isso, implantaram uma ditadura onde ninguém mais tem liberdade para se expressar. O Brasil sempre teve problemas, mas o governo atual provou que ele pode ficar ainda pior. Sei que todo político é corrupto e nenhum deles é santo, mas as pessoas pensam diferente e não dá para colocar o PT inteiro no poder, atém mesmo porque eles já mostraram que também são corruptos. A população precisa entender que misturar partidos é o melhor para o Brasil, pois as pessoas são diferentes e ninguém nunca será plenamente honesto. Misturando os partidos nenhum vai deixar o outro tirar vantagem absoluta desse poder e todos terão um pouco do que pensam e desejam representado lá no congresso. bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa gente é bandida mesmo. Tudo cara de pau. O melhor para o Brasil é derrubar esse sistema corrupto.

      Excluir
  2. Olha Pedro, esse assunto me dá nos nervos! tô cansada! Apesar de um trabalho bom que o MBL tem feito, tb estou descrente... é aquela história das pessoas mudarem quando chegam no poder...todo mundo torce na hora que vê dinheiro e poder! Eu tô é virando anarquista! rsrs

    Bjinhos
    JuJu
    As Besteiras Que Me Contam

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é que é mesmo? Mas não se canse, os poderosos são poderosos porque nunca se cansaram e hoje eles estão bem descansados.

      Excluir
  3. ai ai, que situação! acho lamentável, este tipo de coisas....

    ResponderExcluir

Obrigado por mostrar seu dom. Volte sempre ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Template por Kandis Design