segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Estarei aqui (de novo) por/para você




Confira a continuação de Por relacionamentos sem decepções


 "A pessoa que é decepcionada fica desiludida, sem forças para encarar um novo relacionamento, e no caso de uma decepção familiar, ela isola-se da família." (Por relacionamentos sem decepções) 

Quando se é decepcionado, você pode ficar desiludido, e não querer mais saber daquela pessoa, ou tentar novamente, seguir em frente, esquecer as mágoas do passado e reconciliar-se com ela. A reconciliação e o perdão são mais difíceis de conceder, do que um rompimento ou o término de um relacionamento, mas com certeza vale mais a pena. É mais emocionante.


Queria entender por que nossa amizade acabou. Por que você não quer mais ser meu amigo nas redes sociais. Você se lembra daquela vez que a gente decepcionou o outro, mas Deus foi tão bom que deu mais uma chance a cada um de nós? A reconciliação e o perdão já faziam parte de nós, e eu achava que essa amizade jamais se romperia. Quando você me perdoou por aquela atitude, te prometi nunca mais te decepcionar. De não interferir mais na sua vida.

E eu fiz isso. Por mais que me doesse não estar ao seu lado. Dizem que a amizade fica mais fraca após uma decepção, que ela parece um vaso quebrado. Confesso que a nossa estava assim, devido a algumas situações críticas. Mas tinha a esperança que tudo iria se consertar, que éramos mais fortes que isso, que nossa amizade vinha de outras vidas.

Eu estava disposto a mudar. Fui sincero com você. Cumpri, e tenho cumprido com a minha promessa, mas acho que você não confia mais em mim, e isso me dói muito, pois confesso que errei contigo, mas dessa última vez não errei. Você optou por se distanciar e por me excluir de vez da sua vida. Você foi capaz de manter amigos no seu Facebook que não tem mais contato, que são só fachada, ao invés de mim, que mesmo errando, ainda queria ser teu amigo. Ainda queria ser seu ombro amigo.

Lembra quando eu te falei: "Ninguém pode fazer um novo começo, mas cada um pode fazer um novo fim?" Eu estava realmente disposto a cultivar esse novo fim com você. Esquecendo das minhas falhas, mas lembrando dos nossos bons momentos. A gente ria, se divertia, conversava, não queria viver sem o outro, se preocupava com o outro. Como se esquecer de quando você ligava pra mim só pra perguntar o que eu queria de almoço? Ou quando eu corri aquela pista com uma propaganda política e você me filmou e riu muito de mim?

Entendo que no meio desse percurso de "mar de rosas" tem muitos espinhos no caminho, e a gente bem sabe qual foi o espinho que nos feriu, mas acredito que sempre temos a oportunidade de nos curar, de reconstruir nosso vaso da amizade, de seguir em frente. Seu problema foi pular do barco antes da nossa cura, e me deixar sozinho, com incertezas na dúvida se você realmente acredita em mim e se o sentimento que tem dentro de você é o perdão ou a desconfiança.

Não vou dizer que estou decepcionado com você. Ao meu ver, creio que você possa estar mais que eu, mas estou triste e frustrado. Me pergunto de dia e de noite, o que fiz, depois do momento que me retratei com você, para me tratar da forma que está tratando. Estou de mãos atadas, com o coração na mão. Não posso me comunicar com você, pois me excluiu das suas redes sociais, e parece que do Whatsapp também (como iria te ligar?). Minha voz está silenciada. Tenho vontade de gritar, mas as circunstâncias não me permitem. Queria compreender tudo isso, mas não posso. 

Essa foi uma grande frustração que a vida pregou em mim. Um grande absurdo, que não tenho condições de me defender, ou sair dessa situação. Esse é o meu momento 'bad'. Só Deus pra resolver essa situação, aliás, não sei se Ele resolveria, pois essa situação não diz respeito a eu e você. Creio que diz respeito a somente você. Você decidiu por isso.


"[...] prefiro encarar esses momentos de frustração não como algo ruim, pois de certo modo dei boas risadas com algumas dessas pessoas e elas comigo, não podemos negar isso. [...]  cada um que passou em minha vida eu serei grata. Estou despegando das mágoas, me despindo dos absurdos que a vida criou para mim". (Bia Aguiar, Aos amigos que perdi, Blog Since 85)


Queria que você se resolvesse comigo. Sair dessa forma do relacionamento te faz mal. Você tem feridas abertas aí, e se a gente não se ajudar, não estar perto um do outro, você jamais se curará. O que eu proponho, é o que eu já havia proposto: uma reconciliação. É claro que jamais nos esqueceremos da decepção e da frustração que passamos, mas quando olharmos pra ela, veremos que fez parte da evolução da nossa amizade. Aquilo que nos fazia sentir dor, não fará mais. A cicatriz estará ali, mas só como uma lembrança. Mesmo que estejamos a oceanos de distância, com muito espaço entre nós e sentimentos tão bons na escuridão, saiba que estarei aqui (de novo) por/para você. Se cuida, irmão. J-J




Por: Emerson Garcia

19 comentários :

  1. Perder a amizade de um amigo é como perder um irmão.
    Nós escolhemos os amigos querendo que eles sejam nossa família para sempre.
    Kisses

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente. E ele ainda é um irmão pra mim. Espero que ele saiba disso.

      Excluir
  2. Excelente texto, Emerson. É sempre muito difícil quando nos decepcionamos com alguém, ou com alguma coisa. O melhor é enfrentar a situação e - apesar das dificuldades - tentar dar a volta por cima;)
    Bjs e boa semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que da minha parte, não tenho mais nenhuma decepção com ele. Tentei dar a volta por cima, mas as circunstâncias não deixaram.

      Excluir
  3. Gostei da frase: "Ninguém pode fazer um novo começo, mas cada um pode fazer um novo fim". :)

    ResponderExcluir
  4. Muito interessante seus pontos. Belas palavras e ajudam muito na reflexão. Em algum momento da vida vamos magoar ou ser magoados por alguém, as vezes sem perceber, sem querer, mas faz parte da vida. Agora, quando a gente se decepciona com alguém, fica difícil, a gente não pensa em mais nada, é uma situação delicada.

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente. A gente só vê as feridas que o outro fez. Ficamos cegos.

      Excluir
  5. Aqui estou!! :)
    Já por várias vezes me desiludi com amigas... e a mágoa nunca passou... é horrível!! Volto e meia sonho com essas pessoas, tal não é a dor.
    http://modadarapunzel.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É triste quando esses sentimentos não passam. Se a gente não se libertar deles, a gente não sai do lugar.

      Excluir
  6. Uma vez li que as pessoas que mais irão te decepcionar são as que você mais tem apreço e que também mais nos amam, porque os inimigos delas nem darão o privilégio de sua atenção. A vida é assim, não adianta, uma hora você é decepcionado outra hora faz a mesma coisa com alguém. Mas temos que ser humildes para pedir perdão e também perdoarmos.

    rasgadojeans.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bela colocação. E é triste saber que a decepção vem dessas pessoas. Saber perdoar é mais divino do que receber perdão.

      Excluir
  7. Faço minha as palavras da Samara!

    Adorei o post e desilusões fazem parte da vida né!

    Um beijão!

    ResponderExcluir
  8. A minha melhor amigae minha mãe, as outras são colegas e conhecida,
    sou humildo para pedi perdão para aquels que me maguaramtenha,
    uma semana abençoada.
    Novo Vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=06avCiMDYGA
    Blog:http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.b

    ResponderExcluir
  9. Dói muito quando alguma sensação do tipo invade a nossa vida, sem ao menos pedir licença. Mas hoje em dia, sei que essas decepções e frustrações são importantes para o crescimento de cada um. Quanto à distância, é ruim, fato. Porém, se não acontecer dessa forma, acho que o sofrimento só piora. Mas nada como um dia após o outro. Tudo é questão de tempo e quem sabe um dia, o tempo, faça com que amizades antigas voltem, relacionamento amorosos tenham uma segunda chance. Acredito, que nada acontece por acaso. Parece clichê, eu sei. Mas clichês não existem à toa, né? :)

    Beijos,
    Carol
    www.pequenajornalista.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Suas palavras me confortaram.
      Espero entender que isso foi para o meu crescimento. Realmente o tempo cura tudo. Quem sabe no futuro esse amigo não retorne?

      Excluir
  10. Belo texto. Acredito que todos passam por essa situação né?
    Beijos

    www.ataquedamodaa.com

    ResponderExcluir
  11. É muito complicado e difícil quando essas coisas acontecem, ainda mais por sermos pessoas e cada um ser cada uma. À sua maneira, a seu ponto de vista. O que é reconciliação pra um, pode não ser o mesmo querer pra outra e assim vai.

    Gostei do texto e de como tudo falou claramente para que o leitor se envolvesse e entendesse ;)

    Beijos,

    meianoite-br.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que se envolveu! Pois é. Ele não deve ter visto como um perdão e uma reconciliação, infelizmente.

      Excluir

Obrigado por mostrar seu dom. Volte sempre ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Template por Kandis Design