quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Seriesmania- Parte 1: comédia e drama

Séries. Famosas, dinâmicas, diversificadas. A cada dia elas crescem mais, principalmente as americanas. São várias as que estão no ar, seja de drama, comédia, sitcom, aventura, suspense, fantasia, terror. Elas tem para todos os gostos. Acompanhar um seriado hoje em dia, é quase um ritual para muitos serimaníacos, que não perdem um episódio e estão assistindo entre 7 a 15 séries ao mesmo tempo. Por que elas tem atraído tantas pessoas ultimamente? Quais são seus segredos, suas inovações, que prendem os telespectadores? Existem diferenças entre séries e filmes?

Esse é o primeiro post, de uma sequência de quatro em que eu, Emerson Garcia e o Thiago Nascimento, iremos discutir como telespectadores são atraídos por esse tipo de gênero televisivo. Nessa primeira parte, falaremos de Sitcom/Comédia e Drama.


Sitcom/Comédia:


Sitcom, abreviatura da expressão inglesa situation comedy (“comédia de situação”). É usada para designar uma série com personagens comuns onde existem uma ou mais histórias de humor encenadas em ambientes como família, grupo de amigos, local de trabalho. Em geral é gravada em frente à uma plateia ao vivo e caracterizada pelos "sacos de risadas", embora isso não seja uma regra.





Melissa and Joey

“I guess you’re stuck with me.”

É uma sitcom do canal ABC Family, que foi exibida pelo canal pago Sony Spin. Fala sobre a vida de Mel Burke, uma política. Um escândalo faz com que sua irmã seja presa, e por isso, ela tem que cuidar de seus sobrinhos, Ryder e Lennox. Mel acaba contratando Joey, um ex-sócio da empresa de seu cunhado e sua irmã para cuidar de seus sobrinhos. Sua primeira temporada teve em média 1,3 milhões de telespectadores por episódio. A série terminou em sua quarta temporada.
É um seriado que eu, Thiago, acompanhei e não me aguentei de tanto rir com as aventuras de Joey, Mel, Lennox e Ryder. Se eu tivesse uma família dessa, não precisaria de amigos para me divertir.


New Girl

“Who is that girl? Who is that girl? It’s Jess.”

É uma série de comédia não-convencional, ou seja, sem a intervenção do público com risadas, onomatópeias e outras reações. Conta a história de Jessica Day, que acaba de terminar um relacionamento e terá que reconstruir a sua vida em um apartamento com três homens: Nick, Steve e Wilston.
Exibida no canal Fox, a série vai para sua quinta temporada e encontra-se entre os dez seriados mais vistos nos EUA. Eu, Emerson, me divirto com a adorável trapalhona Jess, com o romance de Jess e Nick e as aventuras que essa turma realiza.


Mike e Molly

"I see love"

Conta a relação amorosa de Mike e Molly que se conhecem em uma sala terapêutica de pessoas acima do peso. Como qualquer casal normal, eles também enfrentam problemas, como a mãe de Mike, sra. Pigs; a irmã de Molly, Victória; o padrasto de Molly, Vince; e o amigo de Mike, Carl.

Mike e Molly mostra, de uma forma descontraída, a vida de pessoas acima do peso. É capaz de tirar de mim, Emerson, as risadas mais sinceras e as emoções mais plenas. Não é somente um seriado de comédia, mas uma vez ou outra, quase chorei com as palavras de incentivos, os ensinamentos, as reflexões. A série vai para a sua 6ª temporada.


The Big Bang Theory

“And all started with the Big Bang.”

Exibida pela Warner, TBBT ainda arrebata fãs de todo o mundo. Um seriado de nerds que não é só para essa classe, uma vez que eu, Emerson, não sou e mesmo assim a série me vicia.
A criatividade dos roteiristas, escritores e diretores da série, mostram vitalidade e empenho, para não deixá-la cansativa e repetitiva. Várias vezes quis ter uma blusa do Sheldon; em outras entendi a crítica que eles fazem aos filmes, séries, hqs, entre outros; e me senti pertencente quando foi citado um jogo ou uma brincadeira.

Estreia da 9ª temporada: 21/09/15



Friends

“I’ll be there for you, ‘cause you’re there for me too.”

Foi uma sitcom norte-americana de sucesso do canal NBC, e também exibida no Brasil pelo canal de tv à cabo, Warner. É um seriado que conta a história do reencontro de seis amigos em Nova York. Sua maior média de audiência foi em torno de 29,4 milhões de telespectadores.


How I Met Your Mother
"So kids… That's the story about how I met your mother."

Foi exibida originalmente pelo canal CBS, e no Brasil pelo canal pago Fox, e canal aberto Rede Bandeirantes. A série é sobre Ted Mosby contando a seus filhos a história de como conheceu a mãe deles. Com boas críticas, How I Met Your Mother recebeu importantes prêmios. O seriado foi indicado para 24 Emmys, ganhando sete. Em 2010, Alyson Hannigan ganhou como Atriz de Comédia Favorita pelo público. Em 2012, sete anos depois de sua estreia, a série ganhou na categoria de Seriado de Comédia Favorito pelo público e Neil Patric Harris como Ator de Comédia Favorito pelo público.

Para mim, Thiago, são os 20 minutos mais divertidos quando assisto. O elenco conta com com Josh Radnor como Ted, Neil Patrick Harris como Barney e Jason Segel como Marshall. Na minha opinião, o Barney consegue ser mais engraçado que o protagonista, mesmo eu não acompanhando todos os episódios e temporadas.


Drama:

Drama é uma expressão usada para designar uma situação comovente, que envolve sofrimento ou aflição. Originalmente a palavra vem do grego "drâma", que significa "ação", e era usada com relação à arte teatral. Um drama é um texto cuja história é caracterizada por acontecimentos semelhantes aos da vida real. É também toda encenação onde o cômico mistura-se ao trágico, com episódios complicados, comoventes ou patéticos.




Greys Anatomy

“Nobody knows where they might end up, nobody knows
Nobody knows when they might wake up, nobody knows”

É um drama médico norte-americano exibido pelo canal ABC e pela Sony. O título do seriado é uma brincadeira com Gray’s Anatomy (Anatomia de Gray), o famoso livro de anatomia de Henry Gray. Conta a história de Meredith Grey, residente do fictício hospital cirúrgico Seattle Grace, em Seattle, Washington. É focada nela e em seus colegas: Cristina, Izzie, George e Alex, mostrando suas vidas amorosas e as dificuldades pelas quais passam no trabalho.

Cá entre nós, para assistir um seriado como esse precisa de alguns pré-requisitos: Estômago forte - por causa das cenas médicas, pessoas com fraturas expostas, órgãos à mostra durante cirurgias -, uma boa quantidade de lenços em casa - porque te faz chorar bastante -, paciência - como toda série, essa também seus altos e baixos, ela pode começar em um clima tão ruim e do nada - *boom* - você é consumido pelos episódios.

Estreia da 12ª temporada: 24/09/15


Person Of Interest

“You'll never find us, but victim or perpetrator, if your number's up... we'll find you.”

Mesmo com seus altos e baixos, roteiro frouxo, morte de personagens importantes, eu, Emerson, ainda assisto esse drama dos mesmos criadores de Lost

Person Of Interest vai para a sua quinta temporada. Ela veio com uma proposta interessante, em minha opinião. Misturar realidade e ficção, de uma forma que esta última era muito realística. Com o decorrer dos episódios, ela se perdeu por ficar intangível, difícil de acreditar, e por não ser tão mais humana como outrora. É transmitida originalmente pelo canal CBS e exibida no Brasil pelo canal pago Warner.


Glee

“Don't stop believin', hold on to that feelin', streetlight, people, don’t stop.”

É uma série que mistura drama, comédia e musical. É exibida pelo canal Fox (tanto nos Estados Unidos como no Brasil). Glee teve, em sua primeira temporada, 9,77 milhões de telespectadores.

A história começa com um professor de Espanhol, William Schuester, decidido a dirigir o clube de coro da escola em que leciona e torná-lo motivo de orgulho novamente. Mas, para isso acontecer, ele terá que encarar vários obstáculos, como: um baixo orçamento, o controle obsessivo de sua esposa Terri, a baixa autoestima dos alunos, e, claro, a treinadora das cheerleaders, campeã de seis títulos nacionais consecutivos, Sue Sylvester, que fará de tudo para impedir o sucesso do clube.


Looking




É um drama que foi transmitido pelo canal HBO (tanto nos EUA como no Brasil). Fala sobre a vida de três amigos gays: Patrick, um designer de videogames; Agustín, um artista e melhor amigo de Patrick; e Dom, um garçom. Patrick e Agustín moravam juntos até que este vai morar com seu namorado. Então Patrick começa a procurar um novo colega de quarto.

A série recebeu muitas críticas positivas, apesar de não ter tido mais que 0,33 milhões de telespectadores. Muitas pessoas a comparam como “A nova Queer as Folk”, mas não acho que Looking veio com essa bola toda. 


Gossip Girl

“Where has she been, Serena? And Who am I? That’s a secret I’ll never tell. You know you love me. Xoxo. Gossip Girl.”
É um drama que foi transmitido pelo canal CW e, no Brasil é exibido pelos canal de TV por assinatura, Glitz e, também no canal aberto SBT. A trama gira em torno de Serena van der Woodsen e seus amigos de Upper East Side. Todo o elenco foi bem escolhido e não tenho sobre o que reclamar.

Mas, como toda a série, essa também tem seus altos e baixos. Eu, Thiago, comecei super interessado, devorei uma temporada, aí na outra empurrei; aí na metade dessa outra eu comecei a devorá-la de novo. A série teve, em seu auge de exibição, uma média de 2,8 milhões de telespectadores.

Foi finalizada em sua sexta temporada em dezembro de 2012, com a revelação final. Quem, afinal, é a Gossip Girl? Acho que terão de assistir para descobrir. Uma dica: acho que vão se surpreender o suficiente.



Switched at Birth



É um drama produzido e exibido pelo canal ABC Family e transmitido no Brasil pelo canal Sony. A série fala sobre duas garotas que descobrem que tiveram suas famílias trocadas na maternidade. Após tal descoberta, seus parentes decidem se aproximar para que uma possa participar na vida da outra. Um fato interessante é que Daphne, uma das protagonistas, é surda. Com isso, alguns personagens tem que aprender ASL (American Sign Language - Linguagem de Sinais Americana).

Switched at Birth está atualmente em sua quarta temporada. No auge de sua trasmissão, atingiu em média 3,30 milhões de telespectadores.


Dr. House



Um dos dramas médicos de maior sucesso na história das séries. Eu, Emerson, creio que é difícil um seriado ficar tanto tempo no ar e ainda surpreender e prender a atenção do público. Foi assim com Dr. House. 8 temporadas no ar, um caso por episódio, além dos conflitos pessoais desse médico ranzinza, e praticamente poucas mudanças em seu elenco original.

Eu ficava perplexo com o início de cada episódio e com as descobertas em seu desenrolar; os dramas dos pacientes, assim como dos médicos; os incríveis insides do gênio House; as viagens fantásticas dentro do corpo humano; além das locações incríveis e os diálogos iniciais de cada capítulo. 


Misfits

“The conversating, this place is heaven, if you see them.”

É uma série britânica que foi exibida pelo canal E4, que conta a história de jovens delinquentes que após uma estranha tempestade adquirem poderes. A série tem altos e baixos no enredo. Na minha opinião, as três primeiras temporadas conseguem prender o telespectador de uma forma macabra, mas ao começo da quarta, eu, Thiago, percebi que os roteiristas se perderam quando alguns dos protagonistas saem.

O seriado ganhou o BAFTA Television Award 2010 de Melhor Série Dramática. No elenco temos Robert Sheehan como Nathan, meu personagem mais do que favorito, e o cantor Iwan Rheon como Simon, meu segundo personagem predileto.


Até a Parte 2 de Seriesmania, com séries de terror/suspense, aventura e ficção/fantasia! J-J


Por: Emerson Garcia e Thiago Nascimento

12 comentários :

  1. Olá Emerson e Thiago!

    De todas as séries que mencionou no post a única série que assisti até o final e fiquei de cara foi a Gossip Girl. hehe

    Um beijo,

    ResponderExcluir
  2. Amo TBBT e Nem Girl são minhas séries favoritas <3
    Beijos,

    http://blogsejaforte.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Greys anatomy, agora que assinei o netflix vou começar a ver desde o inicio, era uma série que eu acompanhava com frequência no sony, mas sempre por pedaços kk agora quero ver ela toda. Bjs

    http://www.caprichadissimas.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso aí! Espero que goste da série. Tem muitas reviravoltas e elencos novos. A 12 temporada está chegando.

      Excluir
  4. De todas, a que eu realmente gosto é The Big Bang Theory, as outras eu acho um pouco chatinhas...rs

    Na minha opinião as séries preferidas da maioria são as que envolvem policiais, drama e claro um romancezinho...hehe

    :**

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade! As policiais e dramáticas sempre bombam.

      Excluir
  5. Eu amo Gossip Girl ganhei até um box da serie no meu aniversario eu acho que é um dos unicos seriados de Drama que vale muito a pena ver cada episodio é mais legal que o outro e saber quem era a garota ou melhor garoto do blog sempre intrigou todo mundo desde o começo.

    www.descrevendonuvens.com
    www.facebook.com/descrevendonuvens

    ResponderExcluir
  6. Devo ser a única pessoa no mundo que não curte Friends hahaha! Mas adoro Big Bang e Misfists <3 saudade desta última. Mas eu parei de ver quando boa parte do elenco original pulou fora do barco. Mas guardo grande carinho pelas primeiras temporadas. Qualquer dia desses, farei revisão da série. Eu adorava o Nathan, mas o Simon era meu favorito *-* Senti falta de Skins no post. Você curte?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. TBBT é muito engraçado! Misfits só vale a pena a primeira e segunda temporada. Mas é legal ver a forma de série dos britânicos. Sim, gostamos dessa também. Uma boa série de drama :)

      Excluir
  7. Eu sou apaixonada por seriados e dessas que você mencionou no post eu cheguei a acompanhar Greys Anatomy, mas depois cansei um pouco e terminei nem vendo mais. Assisti todas as temporadas de Friends,e agora acompanho The Big Bang Theory e New Girl que eu adoro!!
    Beijos

    http://simplesmentelilly.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. GA cansa as vezes mesmo. Já paramos de ver por um tempo e depois voltamos. Essas de comédia são as mais conhecidas mesmo.

      Excluir

Obrigado por mostrar seu dom. Volte sempre ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Template por Kandis Design