quinta-feira, 9 de agosto de 2018

Quinta de série: For the people







Voltamos em definitivo do hiatus e retornamos com o Quinta de série. Hoje falarei de For the people, nova série da ABC. FTP tem criação de Paul Williams Davies e produção executiva de Shonda Rhimes (Greys Anatomy, Scandal How to Get Away with Murder). A produção conta com Britt Robertson, Jasmim Savoy Brown, Hope Davis e Ben Shenkman. FTP encerrou a primeira temporada com 10 episódios e uma segunda já está confirmada.

A série é centrada em um grupo de novos advogados que estagiam na corte do Distrito do Sul de Nova York. Eles lidam com vários casos, de um lado para defenderem, do outro para acusarem. À cada caso, se envolvem com as histórias e personalidades dos réus, além de interagirem entre si e terem suas vidas pessoais misturadas com as profissionais. 





Logo que assisti ao piloto, já fiz várias correlações com Grey's Anatomy e acredito que essa é a intenção de Paul Williams Davies. For the people é uma Grey's Anatomy dos tribunais. Personagens, histórias e conflitos de ambas as séries se correlacionam. Uma telespectadora disse no TV Show Time o seguinte (com grifos):

"Eu achei exatamente a mesma coisa. Essa série é Grey's Anatomy com advogados. O discurso do juiz me lembrou muito o do Richard no primeiro ep de Grey's, essa moça de cabelo curto me lembrou demais a Cristina, e o mesmo foi pra semelhança entre aqueles dois garotos ali e o George."


As semelhanças entre os personagens é tão grande que o internauta  Will Maia criou uma montagem, veja:




A série de Davies foca no crescimento profissional dos recém-advogados na corte. Ora eles gaham, ora perdem causas; sempre estão em pé de guerra uns com os outros (Para saber quem é o melhor advogado); possuem conflitos profissionais; tem seus sensos éticos provados à todo momento, etc. Algo idêntico ao que acontece com os médicos de Grey's Anatomy.

Além disso, FTP destaca os dramas pessoais dos advogados, a dificuldade de conciliar vida profissional e pessoal e os romances entre colegas de trabalho. Alguém já deve ter visto isso em Grey's Anatomy em um momento né?





A questão hierárquica também é trabalhada em FTP. Tem aqueles que mandam, os mais fortes, mais fracos e regras à serem cumpridas. Novamente, realizamos um paralelo com GA, onde tem o chefe de cirurgia, os residentes, médico titular, dono do hospital, etc.

Além de ter a essência de Grey's Anatomy, Fort the people relembra How to Get Away with Murder por ser uma série de advogados, contudo há diferenças entre ambas. Esta retrata advogados de defesa, aquela de defesa e acusação. 

Não por acaso, Shonda Rhimes é uma das produtoras executivas de FTP. Qualitativamente, entretanto, For the people ainda está longe de alcançar o sucesso de Grey's Anatomy





Críticos consideraram a primeira temporada problemática por apresentar personagens e histórias pouco contundentes; o público não se animou com a série, que teve uma audiência inferior (0,5 no demo). Contudo, discordo tanto dos críticos como do público. For the people tem potencial para torna-se uma grande série pelos pontos que cito abaixo: 


1- Cada episódio é centrado em um personagem

A primeira temporada contou com 10 episódios e cada um centrado em um personagem diferente, o que ajudou a desenvolvê-lo melhor e mostrar nuances e atitudes até então desconhecidas - O que fazem fora do tribunal? O que gostam de ouvir? De comer? Que atividades de lazer realizam e gostam? Quais filmes costumam assistir? 



2- Representatividade negra


Sim! Há muitos negros na série e isso é ótimo! Eles possuem papéis interessantes e de destaque, assim como os brancos. O elenco está bem equilibrado na questão racial. Acredito que a quantidade de brancos é praticamente igual a de negros.
















3- Personagens com riquezas de personalidades e histórias


Diria que a série não possui apenas um, mas vários protagonistas que encantam com suas personalidades e histórias de vida. Ao contrário da crítica, que disse que o público "não se identifica com os personagens", penso que cada um deles tem a capacidade de ensinar e de gerar reflexões. Há aqueles inseguros, cheios de si, com problemas de relacionamento, mal-humorados, de bem com a vida, que não vivem sem alguém ao lado, que tem traumas. Com certeza, com algum deles o telespectador consegue se identificar.



4- Trilha Sonora


Os episódios são movidos por boas trilhas sonoras, algumas já até fizeram parte de playlist do meu celular. Os gêneros variam do romance até o pop e baladas. A trilha sonora de FTP me lembra bastante à de Grey's Anatomy







5- Hierarquia dos personagens


Assim como falei de GA acima, FTP tem hierarquia entre os personagens. Há procuradores (Roger Gunn, Kate Littlejohn e Regé-Jean Page); defensores públicos (Jill Carlan, Sandra Bell, Allison Adams e Jay Simmons); e oficiais da corte (Nicholas Byrne e Tina Krissman).



Muitos estranharam a renovação de FTP, visto que ela obteve uma audiência pífia em sua primeira temporada. Entretanto, outros fatores foram levados em conta para sua renovação. O primeiro, que é uma série que tem o "dedinho" de Shonda Rhimes; o segundo, que a emissora deu uma nova chance para a série brilhar às terças-feiras; e terceiro, um pouco dos cinco pontos que abordei acima. 





Isso mostra que FTP não é de toda ruim e possui seus pontos positivos. Por isso que a recomendo. Claro que tem episódios mornos e péssimos, mas também tem bons e reflexivos. A assistam sem expectativa e levando em consideração o que falei - aberta e claramente - nesse post. J-J








Por: Emerson Garcia

6 comentários :

  1. Bom ter vocês de volta:)
    Não conhecia essa série, parece ser interessante. Ando em busca de novas séries mesmo;)
    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Que bom que retornaram.
    Não conhecia está série mais ela parece ser bastante interessante.

    www.paginasempreto.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Eu adoro serie q tenham temas com a justiça, faz muitas analogias com os contextos do mundo real. Legal vou conferir!

    ResponderExcluir
  4. Amei só por ser da Shonda e parecer Grey's Anatomy haha Toda série tem seus altos e baixos, quero ver essa!

    www.vestindoideias.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Jovem
    Como sabes o que se passa na Tv estou completamente por fora.
    Essa correlação com a outra série só vem mostrar que existe uma formula do sucesso, se aquilo teve sucesso vamos fazer exactamente da mesma maneira mas com um outro tema. É a repetição da fórmula ou do seu desdobramento.

    Já tenho 9 razões para ver o Jovem Jornalista, mas só os tópicos.
    Só um pequeno conselho Emerson, se fosse menos razões talvez fosse mais fácil as pessoas aderirem ao projecto. Por outro lado sinto-me lisonjeada por tu encontrares 13 motivos para ver o meu blog.
    Bom dia

    marisasclosetblog.com

    ResponderExcluir
  6. Ainda não conhecia essa série nova... mas tudo que envolve a Shonda segue uma fórmula bem definida.

    Se quiser participar, estou sorteando um kit de acessórios lá no blog: http://www.cobaiaamiga.com/2018/08/sorteio-acessorios.html

    ResponderExcluir

Obrigado por mostrar seu dom. Volte sempre ;)

Nos siga nas redes sociais: Fanpage e Instagram

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Template por Kandis Design