domingo, 3 de fevereiro de 2013

Bombeiros: Aqueles que dão suas próprias vidas, para salvar outras




"No dia 27 de janeiro de 2013 aconteceu uma tradegia na boate Kiss, em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, onde um incêncio matou 235 pessoas na madrugada de domingo. Depois do ocorrido bombeiros estão fiscalizando todas as boates e no estado de SP 177 de 300 boates fiscalizadas pelos bombeiros têm irregularidades. "

Uma profissão perigosa, mas que salva e já salvou muitas vidas e não é reconhecida por muitos. Entrevistamos uma estudante do curso de Bombeiro para sabermos como é sentir essa adrenalina, como é sentir a sensação de salvar, ser o herói de uma pessoa. Letícia Colares Monteiro, 18 anos de Fortaleza - CE, que diz "acredito que ser bombeiro seja um dom. São anjos enviados por Deus com a missão de por em risco a sua vida por pessoas desconhecidas. É importante saber que sempre terá horário de sair de casa, mas não se sabe se retornará são e salvo. Não se pode festejar sempre, pois, enquanto todos se divertem o bombeiro fica atento para manter todos em segurança. Acho que a adrenalina na hora de um resgate é inevitável, mas com certeza o desejo de salvar vidas é muito maior que o medo. Um bombeiro sabe que não ficará rico, mas a profissão é tão gratificando que isso se torna apenas um mero detalhe. Esse é o meu sonho, poder ajudar as pessoas, poder salvar vidas!". Palavras sincera de uma estudante que faz parte dessa  profissão.

Apagar um incêndio é uma tarefa muito difícil. Também é extremamente difícil arranjar um emprego como bombeiro. Se você acha que está à altura deste desafio, aqui está como começar: fale com bombeiros; consiga experiência; consiga treinamento médico de emergência; encontre uma posição e faça os testes; complete sua formação e pra finalizar passe pelo período de estágio. É um trabalhado árduo, mas gratificante como diz Letícia Colares, futura bombeira.

Algumas características desejáveis:
  • autocontrole;
  • boa disposição física;
  • boa saúde;
  • capacidade de cumprir ordens e determinações;
  • capacidade de decisão;
  • capacidade de lidar com a visão de sangue e de pessoas acidentadas;
  • capacidade de lidar com situações adversas;
  • capacidade de liderança; 
  • capacidade de pensar e agir sob pressão;
  • coragem;
  • disciplina;
  • equilíbrio emocional;
  • habilidade para trabalhar em equipe;
  • raciocínio rápido e
  • resistência física.


Parabéns aqueles que escolheram essa profissão e já salvaram muitas vidas.







Por: Thalíta Moreira, nova autora do blog.

2 comentários :

  1. Primeiro, bem-vinda a equipe Thalíta Moreira. Segundo, que disposição e que tato de postar sobre os bombeiros em uma época propícia como essa que sabemos o que aconteceu. Em Santa Maria, os bombeiros não teve tanto sucesso em salvar vidas, até porque o poder toxicológico da fumaça foi muito forte, mas o trabalho que eles fizeram, de assistência as famílias das vítimas depois, foi fabuloso, acho que como qualquer profissão é preciso desse tato. E o vídeo é excelente, muito dinâmico!

    ResponderExcluir
  2. amigo, querido, tou te trazendo uma novidade

    https://fabiolabeltrao.wordpress.com/

    teu link esta lah tb

    beijos, amore

    ResponderExcluir

Obrigado por mostrar seu dom. Volte sempre ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Template por Kandis Design