quinta-feira, 11 de outubro de 2018

Entre Frames #4: Stop tryin to be God- Travis Scott








No Entre Frames de hoje analisarei o clipe Stop trying to be god (Pare de tentar ser Deus) do Travis Scott. O clipe tem pouco mais de dois meses, quase 29 milhões de visualizações no Youtube e 485 mil de curtidas.

Há várias referências bíblicas no material, o que pode causar apreciação pela criatividade ou ele ser considerado uma blasfêmia. Assista:





Destaco os seguintes tópicos:


Estética



O clipe possui cores claras e escuras e foi gravado durante o dia e a noite. O material possui uma boa qualidade visual e de efeitos visuais e especiais. 



As ovelhas



Logo no início aparecem ovelhas. A maioria delas brancas e apenas uma negra. Biblicamente, as ovelhas representam o rebanho do Senhor ou Sua igreja. Aos 0:19 o cantor faz o papel do pastor que guia os animais. 

Sobre a ovelha negra entre 0:00 e 0:17 ela é a única que canta e que possui olhos vermelhos. Já ao final do clipe é um bezerrinho branco quem canta. 


Predominância de branco





Entre 0:19 e 0:33 há uma predominância de branco no cenário, seja na cor das casas ou das ovelhas. Contudo, o cantor negro Travis se destaca no ambiente.



O olho que tudo vê



Aos 0:39 aparece no céu a figura de um olho flamejante, representado por nuvens e por uma bola de fogo. Este olho representa o olho de Deus sobre a Terra. No mesmo frame aparece a figura de uma ave, em referência ao Espírito Santo. 



Câmera em 360º



Entre 0:39 e 0:49 há um movimento de 360º que deixa o cenário em várias posições: de cabeça para baixo, para cima e nas laterais. 



Ambientes claros e escuros




Como falei no primeiro tópico, há ambientes claros e escuros no vídeo e isso se deve principalmente pela incidência, ou não, de luz e pelo fogaréu que sai diretamente do céu (0:39 - 1:04).

Este fogo que cai do céu é uma clara referência ao Apocalipse (1:20).



Virgem Maria



Aos 1:31 uma mulher negra iluminada faz referência à Virgem Maria. Ela segura um rapaz em seu colo.



Deus



Aos 1:39 há uma referência clara à figura e imagem de Deus. Travis aparece vestindo uma veste de linho e com barbas longas, rodeado por "anjos", representados por mulheres com perucas rosas.



Moisés



Até Moisés é referenciado aos 1:59, quando Travis aparece com óculos redondos escuros e com um manto com as mãos levantadas para uma multidão, em clara referência ao Sermão do Monte.



Representatividade negra


Tanto a Virgem Maria, como Deus e Moisés são negros, o que demonstra a representatividade da raça no clipe. 



João Batista




Travis aos 2:08 representa a figura icônica de João Batista, enquanto ele batiza mulheres em uma piscina. Ao serem batizadas, elas dançam freneticamente.



Simetria





Praticamente em todos os clipes analisados, percebi uma simetria, e neste não foi diferente. Aos 2:24 há uma entre o cantor Travis e as mulheres batizadas, que estão alinhados no meio da piscina.



Referência ao Ciclope





Aos 3:04 vemos a representação de um Deus iracundo e vingativo, quando de seus olhos saem uma espécie de raios vermelhos luminosos em referência ao Ciclope do X Men.



Câmera em slow motion





Aos 3:14 um rapaz é consumido pelos olhos de fogo de Deus. A câmera faz um movimento em slow motion



O cordeiro de Deus





Aos 4:18 vemos uma representação do nascimento de Jesus Cristo: em um estábulo, com a Virgem Maria segurando um bezerro, em uma clara referência ao Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo.



Letra

A letra fala sobre as pessoas que querem ser Deus, mas não podem por conta de seus pecados, luxúria, bebidas e drogas. A letra quase não tem referências bíblicas, ao contrário do clipe que possui muitas. Fique com um trecho: "Stop tryna be God almighty Fuck the money, never leave your people behind It's never love, no matter what you try Still can see it comin' down your eyes" (Pare de tentar ser o Deus todo-poderoso Foda-se o dinheiro, nunca deixe seu povo para trás Nunca é amor, não importa o que você tente Ainda posso ver isso nos seus olhos). 



Melodia


A melodia é um hip hop com boas entradas e instrumentalidade. Aos 3:13 o ritmo muda para um mais suave e relaxante.


Essa foi a análise de hoje. Espero que tenham gostado. J-J





































Por: Emerson Garcia

4 comentários :

  1. É bem o estilo do Travis fazer clipes assim rs
    Gostei muito da revisão completa e saber curiosidades sobre o clipe envolvendo a bíblia.. De certa forma ele está certo, tem muitas pessoas tentando ser Deus maaaaas é aquela coisa ne rs

    Bom feriado & Final de semana

    It's Lizzie

    ResponderExcluir
  2. Já tinha ouvido falar sobre este clipe,mais nunca tinha assistido.
    Achei interessante o modo pelo qual as cenas foram explicadas.

    www.paginasempreto.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Obrigado por mostrar seu dom. Volte sempre ;)

Nos siga nas redes sociais: Fanpage e Instagram

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Template por Kandis Design