quinta-feira, 22 de março de 2018

Quinta de série: Treze dias longe do sol

Pode conter spoilers!







Estamos de volta com o quadro Quinta de série! Escolhi uma minissérie brasileira chamada Treze dias longe do Sol para esse retorno. Ela fora exibida pela Rede Globo  em parceria com a O2 Filmes entre 8 e 19 de janeiro de 2018, sendo que já estava disponibilizado todos os seus episódios desde novembro de 2017 no serviço de streaming da Globo, o Globo Play. A produção contou com 10 episódios e foi criada por Elena Soarez e Luciano Moura.

A trama se inicia quando o engenheiro Saulo Garcez resolve entregar o prédio de um centro médico antes da hora. Por trás disso, há várias mentiras, falcatruas e corrupções, já que ele fora construído com material de segunda qualidade, os operários não foram pagos devidamente e muito dinheiro foi embolsado. As consequências foi uma tragédia de proporções gigantescas: a construção desmorona, várias pessoas são mortas e 9 (incluindo o engenheiro Saulo) ficam soterradas no segundo subsolo da construção. 

Agora, duas lutas serão travadas. A primeira delas diz respeito à sobrevivência do engenheiro e operários que estão vivos debaixo dos escombros; e a segunda, daqueles responsáveis pela obra que farão de tudo para se verem livres da culpa pelo desmoronamento.

É assim que o enredo de 13DLS é desenvolvido: sobre a premissa de como as pessoas podem se transformar depois de viverem grandes tragédias. Elas podem mudar seus pontos de vista, podem criar alianças e amizades que outrora seriam improváveis e podem tornarem-se seres humanos melhores. Segundo a criadora da série, Elena Suárez, essa foi a ideia principal de 13DLS:

"A questão  é expor como as pessoas vão se ajudar. É uma história sobre o melhor e o pior do ser humano em situação limite".






Além disso, eu vejo que a série é uma crítica à nossa sociedade e ao governo. Nos episódios foram discorridos temas importantes e contemporâneos como: falcatruas, corrupção, falta de compaixão e amor, bem-estar próprio, canalhice, etc. Mesmo com esses assuntos fortes, 13DLS falou sobre esperança, compaixão, união, companheirismo, trabalho em grupo e amor ao próximo. Enfim, 13 DLS mostrou o melhor e o pior do ser humano.

Será que os sobreviventes acharão uma saída? Será que voltarão a ver a luz do sol? O que mudará quando forem resgatados? Todas essas perguntas são respondidas na minissérie! 

13DLS conta com sequências de suspense, momentos de tirar o fôlego, cenas cheias de surpresas, ganchos incríveis e situações bem construídas. Além disso, foca de maneira profunda em cada um dos sobreviventes, nos parentes dos soterrados e nos envolvidos no desabamento. Conheça alguns deles agora.



Personagens




Saulo Garcez: engenheiro responsável pela obra do centro cirúrgico, Saulo é extremamente ardiloso, ganancioso e preocupado somente com seu benefício próprio. O vejo como um retrato fiel de políticos e profissionais que não possuem ética no que fazem.   





Marion Rupp: Médica e neta do dono do centro cirúrgico, dr. Augusto Rupp. No primeiro episódio aparece para checar as instalações do prédio junto com o engenheiro Saulo. É quando há o desmoronamento e ela é uma das soterradas. Possui uma relação mais que profissional com o engenheiro e guarda segredos.





Yasmin: Está grávida e encontra-se no prédio no momento do desmoronamento. Minutos antes da tragédia, discute com seu pai, Jezuíno - um dos operários que acaba sendo soterrado também.





Bené: Pernambucano e operário que também é soterrado durante o acidente. Ele possui uma família que aguarda ansiosa por sua sobrevivência e resgate do lado de fora.





Zica: operário soterrado, extremamente impulsivo e descontrolado. 





Dáreu: operário soterrado que passará por momentos muito difíceis no segundo subsolo.





Gilda Ribeiro: é a diretora financeira do prédio que desaba. Possuía o plano de tirar a parte de Vitor Baretti do empreendimento junto com Saulo, mas vê seus planos ruírem, literalmente, após o acidente. Agora fará de tudo para tirar o "seu da reta" e será capaz das mais ardilosas atitudes.





Dr. Augusto Rupp: dono do prédio que desabou, Augusto não compreende o por quê de tal acontecimento. Ele é avô de Marion Rupp. 





Vitor Baretti: é herdeiro da construtura Baretti. Agora será obrigado a tomar as rédeas e controlar o olho do furacão no qual a empresa está envolvida. O que ele fará?





Newton da Nóbrega: arquiteto do projeto da construção do prédio que agora será responsabilizado pela queda da estrutura por, supostamente, ter realizado cálculos errados. Mas nem tudo é o que se parece.





Major Marco Antônio: responsável pelo resgate das vítimas do desabamento, que encontra-se em rota de coalisão, pois quando assume a liderança está afastado de suas funções no corpo de bombeiros. Sendo assim, terá que enfrentar seu superior que insiste que ele não trabalhe nas buscas. 





Jezuíno: um dos operários que também fica soterrado debaixo dos escombros. Jezuíno é pai de Yasmin.



Abertura


A abertura de 13DLS é criativa e traz vários frames que retratam tanto a vida abaixo dos escombros, quanto fora dele, na superfície terrestre. Ela foi criada por Alexandre Romano, Eduardo Benguelê e Renan de Moraes e conta com uma trilha envolvente, com a música When Under Ether -  gravada originalmente pela cantora britânica PJ Harvey e regravada por Beto Villares e Érico Theobaldo.

Objetos como jaleco médico, papéis, estátuas de santos, bloquinhos de montar e alianças estão presentes na abertura. O interessante é perceber que eles são influenciados pelos desmoronamentos e pelo alagamento. Muitos deles tremem e até mesmo são destruídos de forma iminente. Alexandre Romano, gerente de videografismo, explica com mais detalhes:

“Criamos cenas que mostram a iminência de um desabamento como metáfora da tensão humana na vida dos personagens da série. Por isso elas não se limitam ao prédio que desaba na história, elas se estendem aos que ficaram do lado de fora dos escombros e a vida pessoal de quem ficou embaixo.”



A ideia, portanto, foi unir a tragédia do prédio destruído com questões humanas e pessoais. Há um desmoronamento tanto físico, estrutural, como humano. A abertura é finalizada com um frame onde é mostrado um feixe de luz na parede - uma sugestão de reflexão que mostra ser possível ter esperança e paz em meio ao caos. Assista:







Crítica e audiência






Apesar dos vários clichês que 13DLS apresenta, como os antagonismos entre os seres humanos, o romance que renasce após uma tragédia e a luta pela sobrevivência em um ambiente inóspito, ela ainda consegue ser inovadora e surpreendente. Particularmente, foi uma série que prendeu bastante a minha atenção. 

13DLS foi um produto de qualidade apresentado, equiparado às grandes produções de sucesso. A Globo apostou em divulgar a série primeiramente em seu serviço de streaming para atender aqueles que gostam de maratonear episódios. Foi uma estratégia da emissora com o intuito de trazer efetividade às séries em todas as telas, seja no pc, televisão, tablet ou smartphone.







13DLS teve uma boa repercussão. De acordo com o site Wikipédia, a média de audiência durante os episódios variou de 29 a 31,5. A recomendo sem sombras de dúvidas. Vocês irão gostar. Ela é bem curtinha e rápida de ver. Até o próximo post! J-J






Por: Emerson Garcia

14 comentários :

  1. Muito bom! Eu ainda não assisti, vai entrar na minha lista!
    Abçs

    ResponderExcluir
  2. A série parece ser bem interessante, cheia de bons atores!

    Eu nunca tinha ouvido falar nela :O

    Os Delírios Literários de Lex

    ResponderExcluir
  3. Eu não assisti, só via o comercial as vezes rs
    Mas adorei o post de vocês.

    https://itslizzie.space/

    ResponderExcluir
  4. Quando passou na televisão não consegui assisti-la completa, assisti ao último episódio e entendi bem pouco rs Gostei do seu post!

    www.vestindoideias.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assista completa que você irá gostar, Carla.

      Excluir
  5. Oi Emerson,
    Eu assisti a série e gostei bastante, foi bem intensa.
    Obrigada pela visita e bom fim de semana para você também!
    Bjs❤
    Abrir Janela

    ResponderExcluir
  6. Eu vi poucas cenas porque tinha que dormir, mas adorei a globo fazer uma serie do nível, deviam investir!
    Beijo <3

    https://lesjoursdemarcela.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente uma série de outro nível, Marcela. Gostei muito.

      Excluir
  7. Parece ser muito boa em.
    Eu ainda não assisti, mais fiquei com vontade.

    Beijo
    http://www.vempracablog.com.br/

    ResponderExcluir
  8. parece muito boa.


    Beijinhos
    n. // www.fashionjacket.com.br

    ResponderExcluir

Obrigado por mostrar seu dom. Volte sempre ;)

Nos siga nas redes sociais: Fanpage e Instagram

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Template por Kandis Design