quinta-feira, 31 de março de 2016

Quinta de série: Heroes Reborn





Quem se lembra da série Heroes? Ela começou muito bem, mas terminou fraquíssima. Seria possível que ela renascesse para tentar se redimir com os fãs decepcionados?! Sim! Ela renasceu com a minissérie Heroes Reborn (Tim Kring- Heroes e Touchde 13 capítulos que foi concluída no início de 2016.

O objetivo foi resgatar todo o sucesso ocasionado pela série original durante a primeira temporada. A minissérie traz personagens da outra, como Noah Bennet, Claire - embora por meio de menções - e Hiro Nakamura, repaginado e com uma nova missão.

No mais, é tudo novo ou não: personagens e história. Conheceremos uma garota com habilidades marciais, que, literalmente, vive dentro de um game; um menino com habilidades de telestransporte; e uma moça com habilidade de explosão e invisibilidade. 



Heroes Reborn passa-se 4 anos depois dos eventos de Heroes. Embora com algumas alusões a série original, ela segue seu próprio destino. Um ataque terrorista em Odessa, Texas, que destruiu a cidade e colocou em perigo, os mutantes, conhecidos agora como EVO's, é o ponto de partida do enredo. A partir daí, Noah Bennet irá liderar uma investigação, para descobrir quem está por trás dos ataques, e também para prevenir outros. Ele contará com a ajuda do saudoso Hiro, de uma adaga misteriosa e do misterioso Tommy (não darei spoilers).




É claro que enfrentar os responsáveis pelos ataques não será nada fácil. Eles descobrirão segredos terríveis que envolve a empresa Renautas, que levarão a consequências inimagináveis. A minissérie renderá bons duelos, tiros, perseguições e o relacionamento nada amigável entre Luke e Joanne e EVO'S, que estão dispostos a matá-los porque tiveram uma perda irreparável.




Heroes Reborn repete a fórmula de Heroes de contar várias histórias de personagens, que se entrelaçam  e se ajudam em determinado momento. E isso, talvez, seja o mais legal de assistir. Iremos conhecer Miko, que entra em um videogame para salvar seu pai e Tommy, que guarda vários segredos, e tem um poder bem peculiar. Como a história de Miko e Tommy se entrelaçam?! Só assistindo para saber.






Heroes Reborn, ao meu ver, não trouxe originalidade, por se tratar de uma continuação de Heroes, com a mesma fórmula mas, talvez, com menos erros. É mais uma revisitação à série original, que você pode assistir em poucos dias. Se Heroes chamou a sua atenção, Reborn poderá chamar. Caso contrário, é melhor nem assistir a minissérie. J-J




Por: Emerson Garcia

quarta-feira, 30 de março de 2016

O Pacto de Princeton, o Diálogo Interamericano e a estratégia das tesouras: desde 1993, PT e PSDB no controle do Brasil

Entenderam a foto agora? | Diogo e imagens de internet



Este título é longo, mas é proposital porque mata a charada que deixei quarta-feira passada. Tem alguns fakes céticos que desdenham da existência e eficácia desta organização. Uma estratégia de duas forças políticas que trabalham para o mesmo objetivo, porém assumem duas personalidades: a do radical e tenaz; e do moderado e maleável. No final das contas chega-se ao mesmo objetivo: destruir a soberania nacional em nome do poder.

Nos primórdios dos anos 1990, o advogado José Carlos Graça Wagner percebeu os enlaces políticos internacionais. Numa longa carta dirigida aos congressistas brasileiros onde se denunciava os enlaces entre o Foro de São Paulo – organização fundada por Lula e Fidel Castro em 1990 com o objetivo de formar uma hegemonia das esquerdas na América Latina que fora perdida no leste europeu a partir do final da Guerra Fria – e o Diálogo Interamericano – um think-tank criado em 1982 no qual Fernando Henrique Cardoso era membro. A publicação desta carta fora reproduzida no site Mídia Sem Máscara em 2005. Os trechos destacados são reveladores (grifos meus):

“Eu não sabia, ainda, do Pacto estabelecido na Universidade de Princeton, em inícios do mesmo ano, no qual, um dos compromissos assumido pelo Foro de São Paulo, com o Diálogo Interamericano, fundado em 1982, sendo vice-presidente e principal representante da entidade na América Latina, Fernando Henrique Cardoso, então senador. (atualmente FHC é co-presidente do Diálogo, juntamente com Peter Hankim). O Pacto de Princeton era abrangente, mas, para a esquerda orientada por Fidel, era uma mera forma de obter apoios adicionais, sem afetar a estratégia básica do Foro, embora este se utilizasse do Pacto com o Diálogo, em tudo quanto lhe era favorável, e cumprisse os diversos pontos, enquanto eram do seu interesse ou da estratégia estabelecida pelo Foro de São Paulo, que poderiam influenciar o Diálogo, dando-lhe a impressão de uma efetiva disposição de cumprimento da estratégia comum.”


Detalhe: este fato nunca fora publicado na edição internacional do jornal estatal cubano Granma, apenas restrito aos leitores da ilha. A mídia brasileira escondeu este e outros fatos relacionados ao Foro de São Paulo até hoje.


Os pontos principais que foram (ou precisam) ser atingidos

Caro leitor do Jovem Jornalista, as ideias sobre drogas, aborto, desmilitarização e comissões da “verdade” já foram concebidas há muito tempo. Com informações tanto do Mídia Sem Máscara (MSM) quanto do Executive Intelligence Review (EIR) havia na época as metas para serem atingidas:

– Limitação das soberanias nacionais;
– Separatismo étnico;
– Fortalecimento do poder de ONGs;
– Desmilitarização e enfraquecimento das forças armadas;
– Legalização das drogas;
– Uma política econômica que favoreça as esquerdas; e
– Apoio a ditadura de Cuba.


Com certeza você vê estas ideias em circulação e com falsos ares de novidade. Em nossos dias vemos a incitação de brigas entre etnias; ONGs e seus abaixo-assinados poderosos; a destruição das forças armadas na América Latina (em especial no Brasil); o caminho aberto às drogas como no Uruguai; uma economia mais voltada às ideologias e o regime dos Castro ganhando forças com as bênçãos do Papa, com patrocínio dos Estados Unidos e com direito a um show do Rolling Stones na ilha-prisão socialista.


Em prática

No site da Radiovox tem um compilado de matérias e provas intitulada Diálogo Interamericano e FHC polarizam a “oposição” que mostram os objetivos do Diálogo no âmbito militar e sociológico (grifos meus):

“Em 17 de junho de 1990, o “Jornal de Brasília” publicou matéria segundo a qual, em Washington, a Comissão Trilateral defendera a substituição das Forças Armadas dos países subdesenvolvidos, notadamente da América Latina, por forças regionais de defesa, uma Força Interamericana de Defesa. Na mesma reunião, o expert espanhol Julio Feo condenou o excessivo crescimento populacional nos países em desenvolvimento ou subdesenvolvidos, pois “o excesso populacional agride a natureza e provoca o aquecimento da Terra”. Foram também recomendados pactos mundiais para forçar as nações atrasadas ao cumprimento de rigorosas medidas protecionistas do meio ambiente, em troca da promessa de redução de suas dívidas externas. Ao propor a criação de forças regionais de defesa, foi assinalado que a Guerra Fria acabara e que não havia mais riscos de comunismo na América Latina. Sobre a eliminação das Forças Armadas nacionais, a conclusão da Trilateral é a de que em muitos países da América Latina elas tendem a “ser promotoras institucionais vigorosas de comportamentos nacionalistas”.”


Voltando a carta de Wagner. Já se falava na legalização das drogas, “casamento” gay, esterilização, aborto e outras formas de controle populacional, consolidando o que foi publicado tanto na citação de matéria do Jornal de Brasília quanto no site da webrádio. O resultado na América Latina é este que vemos e dispensa comentários:

“A outra questão para o Pacto de Princeton, onde também FHC foi professor, durante seu exílio voluntário, durante o regime de 64/68, era o controle populacional, mas através, agora de parte também do Diálogo, por formas radicais, mas em uso em alguns Estados americanos, ou seja, pela legalização, na América Latina, do aborto, da esterilização e da união de homossexuais. Nos EE.UU. existem 600 mil lares constituídos por homossexuais, mesmo que ainda não oficializados por leis civis ou atos oficiais, que, todavia, já vem acontecendo em certas regiões.”


A estratégia das tesouras: um joguinho do PT e PSDB para enganar


Entenderam a charada? | Spacca e Alex Pereira


Com todo o suporte do Foro de São Paulo e o Diálogo Interamericano, os dois partidos - que fazem papéis de rivais perante o público - são muito mais aliados ideológicos. As rusgas ficam restritas na disputa de cargos políticos sem mudar as metas estabelecidas. Olavo de Carvalho explica tanto em seu texto quanto em vídeos. Assim, deixo espaço ao filósofo e jornalista para explicar o bê-á-bá das coisas (O vídeo é dividido em duas partes):







Resumindo: PT faz o papel do partido radical, que representa a esquerda e quer “botar pra quebrar”, enquanto o PSDB faz o de moderado, muito mais digerível aos olhos dos burguesinhos endinheirados. Um teatro bem feito tendo como consequência esmagar qualquer oportunidade de uma oposição de fato. Vou repetir: PT E PSDB EXISTEM PARA EVITAR UM SURGIMENTO DE VOZES OPOSITORAS DE FATO E REINAR UMA OPOSIÇÃO DE MENTIRA, NO QUAL SUA MISSÃO É DAR GUARIDA AO GOVERNO.

Assim explica Olavo (grifos meus):

“A articulação dos dois socialismos era chamada por Stalin de “estratégia das tesouras”: consiste em fazer com que a ala aparentemente inofensiva do movimento apareça como única alternativa à revolução marxista, ocupando o espaço da direita de modo que esta, picotada entre duas lâminas, acabe por desaparecer. A oposição tradicional de direita e esquerda é então substituída pela divisão interna da esquerda, de modo que a completa homogeneinização socialista da opinião pública é obtida sem nenhuma ruptura aparente da normalidade. A discussão da esquerda com a própria esquerda, sendo a única que resta, torna-se um simulacro verossímil da competição democrática e é exibida como prova de que tudo está na mais perfeita ordem.”



O partidos de Lula e FHC só tomaram distância por conta das querelas partidárias. As discussões ideológicas são suprimidas por assuntos como “economia, política, bolsas sociais” e outras bijuterias. No vídeo que deixei no texto do último dia 23 está clarividente que vermelhos e tucanos estão pornograficamente unidos. Digo “pornograficamente” pelo motivo desta ser uma coisa tão promíscua quanto escondida das massas.

Evidências do Diálogo e a ligação PT-PSDB | Folha de S. Paulo (via RADIOVOX)


Para ter uma ideia de como os tentáculos políticos transnacionais estão por trás dos rumos da política brasileira o então candidato à presidência do Brasil Eneias Carneiro denuncia os enlaces entre Lula, FHC e a conhecida “terceira via”, Ciro Gomes – em especial aos 37 segundos. P.S.: Quem diria que Ciro Gomes (hoje no PDT) comeria na mão dos petistas?





Conclusão: a turma que faz o impeachment é a mesma que ataca ela mesma. E agora caro cidadão e eleitor?

Amiguinhos, você aprendeu aqui no Telecurso 2000 Jovem Jornalista que as disputas e rivalidades entre governo e oposição não passam de uma mentira. Não há disputas ideológicas, apenas disputas de cargos. Você aprendeu que a divisão das esquerdas fortalece o movimento em vez do efeito contrário.

Agora, como cidadão e eleitor, deve-se pensar o pós-impeachment ou pós-PT. Vocês sabem que é a mesma turminha que vai ficar no poder. Puxe pela memória: foi no governo FHC que se preparou o terreno para a consolidação do socialismo sob a égide de Lula (a criação do ministério da Defesa, as campanhas do desarmamentos e a força do MST).

Fiquem atentos naqueles políticos que mudaram de partido! Eles não mudaram suas convicções (a.k.a. Marina Silva, Marta Suplicy, Alessandro Molon, o “nosso” só que não político daqui Randolfe Rodrigues, por exemplo). 

As elites partidárias nacionais e internacionais não vão desistir e o povo brasileiro não pode se deixar enganar por eles e pelos partidos novos de alma velha (Rede, NOVO, PSOL, PSD) porque os objetivos das cobras políticas é sobreviver trocando de pele. J-J


P.S.: Dedico este texto para o artista frustrado, a todos os petistas convictos de que PSDB é seu inimigo e aos tucanos e antipetistas que imaginam que remover apenas o PT é a solução para o Brasil. DE OLHO NOS TENTÁCULOS POLÍTICOS E INTERNACIONAIS! A força está com o povo e ninguém mais além dele. Compartilhe este texto ao seu amiguinho que se encaixa neste perfil.



FHC e Lula. Aécio e Fidel Castro.



Por: Pedro Blanche

terça-feira, 29 de março de 2016

Aquela cena: Gordinho comilão em "Matilda"


Aquela Cena especial de hoje é do filme Matilda, de 1996, onde o destaque é o gordinho comilão Bruce Bogtrotter (Jimmy Karz) punido pela linha-dura Agatha Trunchbull (Pam Ferris) por ter comido um bolo. 



Agatha mandou fazer outro para Bruce comer inteiro. O garotinho dá sinais de desistência quando Matilda (Mara Wilson) lidera uma torcida de crianças para que Bruce termine de comê-lo. J-J



Por: Pedro Blanche

domingo, 27 de março de 2016

De repente



Estamos quase no fim desse domingo de páscoa. Depois de três dias de desesperança, luto e dor, Jesus ressuscitou de entre os mortos. Ele derrotou seu último inimigo, a morte, se livrou de toda dor, de todo cheiro ruim, dos lençóis fúnebres que revolviam seu corpo e daquele sepulcro de horror. Tudo aconteceu de repente, quando todos achavam que não tinha mais jeito, que tudo estava perdido. A ressurreição de Jesus surpreendeu a todos.

Você já parou pra pensar se, de repente, o corpo de Jesus desaparecesse? Qual seria a sua reação? Você estaria pronto para celebrar seu funeral, e, de repente, não existisse mais corpo e a cerimônia fosse cancelada? Que, de repente, não houvesse mais nenhum assassino e acusador de Cristo, pois Ele está vivo? O que o CSI faria se fosse chamado pra desvendar a morte do mestre, e quando chegasse ao local não tivesse mais nenhum caso?

A reação seria de surpresa e de perplexidade. Ninguém está preparado pra isso, assim como não estamos preparados para várias situações que acontecem em nossas vidas. Sua vida está cheia de felicidade e de bons momentos quando, de repente, um ente querido morre. Você está em um bom emprego, que é seu sonho, quando, de uma hora pra outra, está desempregado. A união de sua família está perfeita, quando, de sopetão, você briga com um familiar que é preciosíssimo pra ti. Está alegre e feliz com seus amigos, passeia com eles, troca mensagens todos os dias e vive excelentes momentos quando, de repente, eles se afastam, não se lembram mais de você, e tornam-se meros conhecidos que você guarda na memória que conheceu um dia.

Tragédias acontecem em nossas vidas. Como será que as pessoas ficaram quando Jesus morreu? Pense bem, as mesmas pessoas que o receberam felizes e alegres em um jumento em Jerusalém com ramos e palmeiras, o viram na sexta-feira, uma semana depois, sendo morto. Não devia ter sido muito fácil, para muitas delas, verem Jesus sendo morto de repente. 

O mesmo Jesus que surpreendeu com sua morte, é o mesmo que deixou todos perplexos com sua ressurreição. E o que isso quer dizer? Que situações ruins podem acontecer repentinamente, mas que situações boas também podem. 

Na Bíblia, existem várias situações ruins que foram revertidas em boas. Jairo, que estava morto, fora ressuscitado, de repente, pelo próprio Cristo, quando todos pensaram que não tinha mais jeito. A mulher do fluxo de sangue, que já tinha a doença a mais de 12 anos, fora curada de repente. Paulo, quando todos pensaram que ele era um homem perdido, teve um encontro com o próprio Deus. Paulo e Silas foram libertos da prisão quando, de repente, houve um terremoto. 



Esse mesmo Deus do 'de repente' pode mudar drasticamente intempéries em sua vida. De repente, a mesma esperança que houve na ressurreição de Jesus, pode te alcançar. Onde houve perdas, haverá ganhos. Onde houve dor, haverá cura. Onde houve morte, haverá vida. Onde houve briga, haverá união. Onde houve ódio, haverá amor. Onde houve separação, haverá amizade verdadeira. E tudo isso acontecerá em um abrir e fechar de olhos. J-J

FELIZ PÁSCOA!




Por: Emerson Garcia

sábado, 26 de março de 2016

Economia de ovos


A Páscoa é amanhã e os brasileiros tem encontrado dificuldades de comprar os ovos de chocolate por conta da retração econômica. Em um supermercado tradicional, por exemplo, não é possível encontrar um ovo por menos de R$ 30. Empresas, supermercados e fabricantes tem criado opções e estratégias para não perderem consumidores.

Como viram no post de segunda, os ovos de colher é uma saída para gastar menos, mas ainda tem outras, como ovos caseiros, parcelamento e a fabricação de produtos menores. 


Por que os ovos estão tão caros?

O principal motivo inegável é a crise financeira. De acordo com Ubiracy Fonseca, vice presidente da Associação Brasileira de Chocolates, Cacau, Amendoin e Derivados (Abicab):

Os ovos de Páscoa deste ano tiveram reajuste de preços devido ao aumento do dólar e também de componentes da cadeia de produção como açúcar, combustível e armazenagem.


O outro, tem a ver com a confecção e fabricação dos ovos de páscoa. Não falamos apenas de chocolate, mas de todo o trabalho, que envolve embalagem e surpresas que vem dentro. Sem contar ainda do risco desses ovos quebrarem durante o transporte até chegarem aos supermercados. Não tem como negar que um ovo de chocolate é bem mais frágil que uma barra.

Falando em barra de chocolate, quem já ouviu a frase: "Você não vai ganhar ovo de páscoa, e sim 3 barras de chocolate, pois é mais barato"? De fato, as barras são mais em conta, e podem ter até o mesmo sabor. A economia, ao se comprar uma barra chega a quase 80%, na imagem abaixo:  



    
Mas fala sério, trata-se da PÁSCOA, e não de uma data qualquer. Existe toda uma magia em se ganhar um ovo. As pessoas esperam o ano todo para isso. Barra de chocolate você pode comer durante o ano, ovo de páscoa não.

O fato de preço de o ovo ser tão mais caro que o chocolate em barra é um indicativo de que ovos e barras não são exatamente substitutos. Apesar de o chocolate ser muitas vezes o mesmo, há muitas outras coisas envolvidas. Trata-se de uma situação especial. (Fonte: Exame)


A tabela abaixo da Veja mostra uma mega economia ao comprar barras de chocolate ao invés de um ovo (1 ovo Diamante Negro equivale a= 8,1 barras de Diamante Negro). É econômico? Sim, mas não é isso que está em jogo na páscoa, em minha opinião, e sim demonstrar que você gosta de alguém presenteando com um ovo. 





Produção de ovos caseiros

Você pode fugir dos ovos industrializados e do parcelamento de 6X de um ovo de páscoa, comprando e/ou produzindo ovos caseiros, que são até mais gostosos que os industrializados. Tudo isso pra não fugir dessa tradição.

A tecnologia de produzir chocolates não é tão complicada assim. [...] Para fazer um ovo, “basta” derreter o chocolate, colocar numa forma, esperar esfriar e embrulhar num papel bonito. (Fonte: Exame)




Um ovo artesanal não é de todo ruim, se utilizar produtos de boa qualidade e fazer bem feito. Sem falar ainda das boas ideias de sabores. Eu vi uma reportagem no DFTV, de duas jovens que estão fazendo ovos caseiros e elas produzem e vendem mais de 60 sabores, incluindo o recheio de batata frita. 


Ovos menores

Para se ajustar a esse cenário econômico ainda, empresários e fabricantes mudaram a média de tamanho dos ovos de chocolate. Em 2015, a média era de 400 g, agora 250 g, com repaginações e novidades. Se por um lado perdeu-se alguma coisa com a redução, por outro ganhou-se.

De acordo com Ubiracy Fonseca, os fabricantes tem superado a retração econômica, produzindo mais com menos:

“O consumidor que antes comprava ovos de 500 gramas, por exemplo, optará por um de 250 gramas ou 300 gramas, porque é tradição do brasileiro dar ovos na Pascoa”.


Os ovos de páscoa da Nestlé e da Lacta, por exemplo, ganharam versões menores, além de alguns tamanhos terem saído das prateleiras.

Confira os principais lançamentos de ovos de páscoa em tamanhos menores (outros você vê nesse link):



Arcor lançou o ovo de mousse de maracujá de 220g



A Lacta investiu em ovos recheados de 95g, que custam até R$ 10



Ovo da Lindt de 160 g



Prestígio e Sensação tiveram redução de tamanho - agora tem 240g. Já o Especialidades só será vendido no tamanho de 350 g.



Com todas essas ideias de economia, será que ainda terá alguém que comprará barras de chocolate? J-J

P.S: Sem contar as mudanças na porcentagem do IPI de chocolate, decretadas pela presidente Dilma Rousseff e mostradas a mim pelo Pedro Blanche, que deixará a sistemática mais transparente e justa. Confira os detalhes aqui




Por: Emerson Garcia

sexta-feira, 25 de março de 2016

5Q: HOP- Rebeldes sem páscoa







Moral
O que você faria se tivesse um sonho e seus pais fizessem de tudo para que ele não se realizasse? O que faria se não tivesse alvos na vida nem sonhos, e fosse recriminado por sua família? 

Cena boa
Não demorei muito pra pensar e achar a melhor cena desse filme: quando Junior tem que fingir ser um coelho de pelúcia para a irmã de Fred Lebre não descobrir que ele é de verdade, e que ainda por cima fala. Foi hilária a atuação do coelho.

Cena ruim
A cena em que Junior briga e enche de pancadas um dos pássaros que trabalham na fábrica de páscoa. Sem sentido e sem nexo.

Perfil
Junior é um coelho que tenta fugir do seu destino: ser o novo coelho de páscoa, que irá entregar os ovos naquele ano. Ele gosta mesmo é de música e de tocar bateria, e tem o sonho de tornar-se famoso na cidade grande. Seu pai não aceita isso. Quer que ele dê continuidade à tradição de mais de quatro mil anos. Certo dia, Junior rebela-se e resolve fugir, indo em direção à Hollywood. Lá, ele conhece Fred Lebre em uma situação bem inusitada. Fred, ao contrário de Junior, está atrás de perseguir um sonho e não tem nada em mente do que fazer para isso. O destino os unirá e reservará boas surpresas para os dois.

Opinião
Antes de ver o filme, achava que era uma animação, mas ele mistura desenho e filme de verdade. Me surpreendi de ver a intérprete de Penny de The Big Bang Theory em cena, embora com uma participação bem pífia. Achei que ia gostar menos do que eu gostei da produção. O filme traz muitos ensinamentos, como: persiga os seus sonhos, mesmo que ninguém acredite neles. Até que é engraçado exceto por algumas cenas bem idiotas. O pano de fundo é a páscoa e toda a magia da fábrica de chocolate e de coelhos fofinhos. Mas pude ver além da data: como uma reflexão sobre a própria vida, que caminhos estamos rumando e sobre a capacidade de sonhar (ou não). Para essa páscoa, reflita bastante sobre a sua vida, para que lugar você está caminhando, e também que tipo de potencialidade você tem dado aos seus sonhos e projetos. O filme é de 2011, mas nunca tinha visto. Recomendo para assistir hoje. J-J




Por: Emerson Garcia

quinta-feira, 24 de março de 2016

A páscoa na mídia

Hoje, para quem acompanha a programação do JJ, era dia de Quinta de série, mas como estamos na Semana da Páscoa, falarei de como canais abertos e fechados abordam essa data em sua programação.

Esse ano, das quatro emissoras principais abertas (Band, Globo, Record e SBT), duas (Record e Globo) trarão filmes e desenhos com a temática pascoal. A Record trará o clássico - já exibido por vários anos - Jesus de Nazaré no Cine Record Especial amanhã às 15h45 e A paixão de Cristo na Super Tela às 22h30. A Globo exibirá Maria- Mãe do Filho de Deus no Corujão amanhã e A era do gelo- Uma aventura de páscoa no Desenho Especial no domingo. O SBT optou por exibir na Tela de Sucessos Scooby-doo e a Band por nenhuma programação.



Já é de praxe na TV aberta a veiculação desse tipo de programação. Alguns canais fala explicitamente da vida, morte e ressurreição de Jesus; outros de desenhos animados com o foco no coelho da páscoa; e outro, da figura que deu a luz ao filho de Deus: Maria. Alguns optam por deixar o sentido religioso e cristão de lado, exibindo Scooby-doo.

Cada vez mais, a temática bíblica está presente na mídia em novelas, filmes, programas e séries. O maior exemplo recente disso é o sucesso da novela Os dez mandamentos, que estreia sua nova temporada dia 04 de abril. Talvez essa temática religiosa seja o foco de muitos outros produtos que virão a frente.

A TV internacional também está alinhada a essa nova tendência. São vários filmes, documentários e séries, como Finding Jesus, Killing Jesus, A.D. The Biblie Continues e A Bíblia. O que esses produtos tem entre si? Todos são encomendados pelas emissoras CNN e National Geographic.



Dois deles merecem destaque por serem novos e veiculados em 2016.


Finding Jesus
Série produzida pela CNN, que estreou dia 9 de março e é exibida às 21h.


"A série conta com as últimas pesquisas científicas e arqueológicas junto com um painel de primeira classe de contribuintes que irá fornecer comentários de especialistas e investigar a autenticidade dos seis objetos que poderiam lançar um novo olhar sobre Jesus Cristo".

Confira o trailer:





Killing Jesus
Série do National Geographic Channel que estreará dia 29 de março às 20h. Será distribuída para mais de 171 países em 45 idiomas.

"Esta é uma história que quase todo mundo conhece, com mais de 2,2 bilhões de pessoas ao redor do mundo a seguir os ensinamentos e princípios de Jesus de Nazaré. Mas os detalhes históricos íntimos de sua vida e os conluios políticos que levaram à sua morte brutal trazem um contexto intrigante para a história familiar".

Confira o trailer:





E as séries não encomendadas?

Frisei acima que todas as séries religiosas foram encomendadas pelos canais para serem produzidas. Quando se fala em uma série comum, dificilmente veremos o tema da Páscoa sendo abordado. Aborda-se o tema de Ações de Graças, Natal, Dia dos namorados, Hallowenn, mas pouco, ou nada, sobre ela. 












Em uma das poucas vezes que ela foi retratada foi de forma errônea no episódio Todo mundo odeia a páscoa de Todo mundo odeia o Chris. Assista e entenda:




Por que a páscoa não é retratada na maioria das séries?! Percebemos em todas as festas tradicionais costumeiramente exibidas na tv, um clima de festa e celebração. Para quem percebeu no post do Thiago de ontem, páscoa é um tempo de abstinência, quaresma e reflexão em muitas culturas. Desse modo, acredito que é um período sagrado de verificação de nossos atos, e por isso tão pouco televisionado.  

"O sentimento por trás da páscoa é outro, é um tempo de reflexão e de paz, e já há muito essa época do ano é a mais silenciosa, não existe muito motivo para “festa”, a celebração é diferente".  (Felipe Schramm, Cabide Colorido)


Para quem não compreendeu muito bem, é só analisar os filmes que passarão amanhã e todo o clima pesado, de dor, sofrimento e violência. A atmosfera mudará bastante, assim como das séries bíblicas encomendadas. E olha que nesse período passará um especial de A era do gelo e Scooby-doo, mas nada que alivie a tensão do restante da programação. J-J





Por: Emerson Garcia

quarta-feira, 23 de março de 2016

Páscoa: Como ela é celebrada no mundo?



E ai, galera! Tô meio sumido do blog :/, mas agora estou de férias e talvez eu esteja mais presente. Como estamos perto da Páscoa, vamos trazer para vocês como a Páscoa é comemorada nos principais lugares do mundo. Então, vambora!

Começando pela Inglaterra - terra de J.K. Rowling, Adele, Jessie J, Ed Sheeran e muitos outros - a Páscoa é comemorada de forma semelhante ao Brasil, começando na sexta-feira santa (Good Friday). Uma diferença é que o feriado lá se estende até a segunda-feira (Easter Monday). O mais legal é a Easter Egg Hunts que é como são chamadas as caçadas aos ovos de Páscoa. A brincadeira pode ser organizada pela família, mas às vezes pela prefeitura, o que mobiliza toda a cidade. Outra peculiaridade da Páscoa Britânica é que eles não deixam de comer carne vermelha. Lá o prato é permitido durante a Semana Santa.



Na Espanha o ovo de chocolate não tem o status que conhecemos. A rabanada e o bacalhau são as comidas que não podem faltar. Mas o forte mesmo na Espanha são as procissões organizadas por irmandades e confrarias, que se iniciam uma semana antes da Páscoa. 



Na Itália, a Páscoa, além da religião, está ligada ao primeiro despertar da natureza, como motivo de agradecimento pelo início dos primeiros frutos do campo depois do final do inverno. A principal refeição é o café da manhã do domingo de Páscoa, onde as crianças têm que achar seus ovos de chocolate.

Na Polônia, eles seguem a tradição à risca e iniciam um jejum de 6 semanas durante a quaresma, abstendo-se de bebidas alcoólicas, carne, doces e alguns hábitos cotidianos como penitência. Eles também pintam os ovos de galinha, mas é uma reunião familiar e tem todo um ritual para isso, que começa na sexta feira santa.




Nos Estados Unidos, a Páscoa é comemorada no mesmo dia que no Brasil (que nesse ano será dia 27/3), mas essa é a única semelhança. Lá, ao invés de encherem as prateleiras dos mercados com ovos de chocolates, eles começam com pequenas referências, nas seções de cartões, depois alguns coelhos de pelúcia, cestas para fazer a Easter Egg Hunt (assim como na Inglaterra) e ovinhos de plásticos para colocar brindes, mas nada de ovos comestíveis. A grande diversão das crianças no domingo de Páscoa é acordar cedo, pegar a cestinha e sair para procurar ovinhos cozinhos e pintados. Nas igrejas, são realizadas missas para relembrar o verdadeiro sentido da data: a ressurreição de Jesus Cristo. Os estadunidenses também praticam uma quaresma de jejum e, no dia da Páscoa, a alimentação é bastante variada, sendo que algumas famílias optam pelo peru, enquanto outras prefere pratos ágeis, como pizza. O marshmallow ganha destaque na Páscoa, juntamente com coelhos de chocolate. 



E por último, no Brasil, a Páscoa, além de uma data religiosa, é também um dia lúdico para as crianças. O costume no Brasil é de presentear ovos de chocolate ou ovos pintados a mão, recheados com doces. Na verdade, esses ovos são trazidos pelo coelhinho da Páscoa. O coelho é um animal com capacidade de gerar grandes ninhadas, o que simboliza a vocação da Igreja em produzir novos discípulos. Mas para os pequenos, a imagem está relacionada com diversão. Os ovos são deixados em “ninhos” ou cestos, e a busca desse “tesouro” é uma verdadeira festa. Além da troca de ovos de Páscoa, as famílias se reúnem no domingo para celebrar um almoço, com direito a pratos especiais, mensagens de Páscoa e inclusive, músicas de Páscoa.




Gostaram das tradições de Páscoa pelo mundo? Se lembram mais de alguma? Qual chamou a atenção de vocês?! J-J




Por: Thiago Nascimento

Pesquisa: O que significa a imagem abaixo?

O que significa esta imagem? | Diogo e imagens de internet


Semana que vem vou falar sobre o que o PT e o PSDB tem em comum. Antes disso, gostaria que você, caro leitor do Jovem Jornalista, tentasse adivinhar qual o elo entre estes dois partidos políticos brasileiros. Digo, para aqueles que não fazem ideia, que muita gente "foi feita de trouxa". Vou escolher os comentários com os palpites e publicá-los na próxima quarta-feira (30).

Olha este trecho a partir de 34m34s:




Até mais, pessoal. J-J


Por: Pedro Blanche

terça-feira, 22 de março de 2016

Logos afetadas por seus produtos

Para ilustrar o impacto do consumo de grandes marcas, o italiano Marco Schembri, designer de produto industrial, resolveu inspirar-se em 10 logos afetadas por seus próprios produtos. O trabalho, todo desenvolvido no Adobe Illustrator, foi publicado no Behance no dia 20 de janeiro desse ano. 



A ideia do italiano surgiu de pesquisas:

“Apesar de estar em outra área, desenvolver um projeto significa também pesquisar mercados e tendências de consumo e porque não para ter também habilidades gráficas?”, afirma.


Foi a partir disso, que surgiu o projeto, que começou com a modificação da logo do McDonald's:


Seu trabalho ganhou destaque nos maiores portais de design, e o artista já pensa em novas logos para modificar:

“Por enquanto, não tenho o próximo passo, mas tenho algumas ideias de outros logos. Creio que irei desenvolver uma nova categoria”, revela.


Confira e viaje por outras logos modificadas pelo artista:










Boa semana a todos! J-J


Por: Emerson Garcia
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Template por Kandis Design