segunda-feira, 25 de julho de 2016

Vibe humor: clipes em animação





No Vibe humor de hoje irei misturar animações/desenhos com música, ou seja, Clipes em animação! Criatividade em clipes musicais sempre foi uma coisa que me chamou a atenção. Gosto de analisar o clipe a partir da letra da música. Quando se fala de clipes animados, a criatividade dobra, pois entram em jogo os recursos e a combinação entre clipe e letra.

Quando fiz a pesquisa para esse post, fiquei surpreso com a quantidade de clipes animados que vi. Não pensei que fossem tantos. Selecionei apenas 13 clipes, variando o idioma e os recursos de animações utilizados. Então, vamos a playlist de hoje!




Não tem como pensar em clipe em animação, sem pensar em Na sua estante, da Pitty. Ele tem a direção de Sérgio Guilherme Filho e Thalita Galvani, com a duração de 3"46'', que conta a história de um rapaz de lata apaixonado platonicamente por uma colega de profissão que não dá a mínima bola pra ele, até que resolve escrever um bilhete se declarando, e ela pensa que é do outro rapaz por quem tem afinidade. O final do clipe é trágico. Sentimos muito pelo que acontece com o homem de lata. "E não adianta nem me procurar Em outros timbres, outros risos Eu estava aqui o tempo todo Só você não viu".
Animação: Traços leves e singelos com ar sentimental, de fofura e drama. Quem não consegue se apaixonar e se emocionar com o homem de lata?


Black Rain do Soundgarden, segue com um clima apocalíptico e viagens psicodélicas da natureza e do universo, além de trazer um clima de guerra e destruição e a banda de rock, sobrevivendo em meio a tudo isso, por meio da música. Não vi semelhança entre o clipe e a letra da música. Achei-a bem abstrata. If I could hug my love, could I try For your wings to cover me and let them fold Half alive I hurt the most brilliant lie Sleepless eyes, close the light And rest your mind while you burn (Se eu pudesse abraçar o meu amor Eu poderia tentar por suas asas para me cobrir E deixá-las dobrar Metade-Vivo ouvi a mentira mais brilhante Olhos sem sono, perto da luz E descanse a sua mente enquanto queimas).
Animação: Traços e efeitos de animações mais complexos que o clipe anterior, além de imagens e figuras bem detalhadas. Bastante cor e efeitos visuais, que deixaram a produção mais interessante.


O clipe A little piece of heaven de Avenged Sevenfold é dinâmico e ágil, embora com uma temática pesada e um linguajar chulo. Segue um casal apaixonado cheio de paranoias e delírios, e o sentimento abusivo do rapaz que esfaqueia sua namorada, e mantêm relações amorosas com ela. O desenho, logo no início, já alerta que tem cenas fortes e muitos palavrões. "She was never this good in bed even when she was sleeping Now, she's just so perfect, I've never been quite so fucking deep in" (Ela nunca foi tão boa assim de cama, nem mesmo dormindo Agora ela é tão perfeita, eu nunca tinha ido tão fundo dentro dela).
Animação: Traços simples, porém bastante fugazes e violentos. O desenho traz várias caveiras e esqueletos animados  que tocam instrumentos de cordas e de sopro. A movimentação dos esqueletos é bem rudimentar.


Sério! Me apaixonei pelo clipe Você pode ir na janela da banda Gram. Conta a história de um casal de gatos que se conhecem em uma janela, e se apaixonam a primeira vista. Eles passam a viver juntos, superando as mortes e os desafios de ser gato. Como bem sabemos, de acordo com a superstição, os felinos possuem 7 vidas, e o desenho retrata isso muito bem. O que acontece quando a gata só tem uma vida e o gato quatro? A letra não está ligada diretamente ao clipe, mesmo que falem de amor e sejam românticos. "Você pode ir na janela Pra se amorenar no sol Que não quer anoitecer E ao chegar no meu jardim Mostro as flores que falei".
Animação: Toda em P&B, que traz traços singelos, como se fosse desenhados com lápis e papel. Gostei muito!


O clipe One more time, do Daft Punk, traz uma balada animada, vibrante e intensa com público, banda e tudo. A animação tem tudo a ver com a letra, que diz: "One more time
One more time One more time We're gonna celebrate Oh yeah, all right Don't stop the dancing" (Mais uma vez Mais uma vez Mais uma vez Nós vamos celebrar Oh, sim, isso mesmo Não pare a dança).
Animação: Traço estilo desenho japonês, com muitas cores, mas pouca movimentação gráfica de animação. 


Yong Folks traz o relacionamento de um homem e uma mulher que se conhecem em uma pracinha. Depois disso, passam ter mais intimidade, andando de ônibus e indo para festas. A letra da música tem a ver com o desenho animado. "And we don't care about the young folks Talkin' 'bout the young style And we don't care about the old folks Talkin' 'bout the old style too And we don't care about their own faults Talkin' 'bout our own style All we care 'bout is talking Talking only me and you" (E não nos importamos com o pessoal jovem Falando sobre o estilo jovem E não nos importamos com o pessoal velho Falando sobre o estilo velho também E não nos importamos com seus próprios defeitos Falando sobre nosso próprio estilo Tudo o que nos importa é conversar Conversando somente eu e você).
Animação: Os próprios personagens animados é quem cantam. Acho legal na parte do assobio da canção, que eles entram no ritmo e assobiam também. As cores da animação são mais em tons pastéis e claras. O movimento da animação é bem precário e mecânico.


O clipe Polegar opositor da banda Inumanos é simplesmente genial e traz uma crítica ao mundo tecnológico. Nele, os humanos veem na tecnologia, sua satisfação, mas ela acaba os dominando, e eles passam a se tornar robôs do sistema. A letra tem tudo a ver com o clipe. "Renda-se a nós, ser inferior Com meu estilo superior Rima posterior Melhor que anterior Me diferencio pela capacidade de raciocínio pelo polegar opositor".
Animação: Por um momento, achei que fosse realidade e não um desenho animado pela perfeição dos recursos computadorizados. O desenho é cheio de ação e ficção científica, como quando os rapazes de terno e gravata ficam com cara de patos. Achei demais!




Paranoid android do Radiohead conta a história de um garoto que vê obscenidades em tudo e de como isso afeta a sua mente. Tem algumas partes bem pesadas, mesmo se tratando de uma animação. A letra tem a ver com o que acontece no desenho animado. "What's that? (I may be paranoid, but not an android)" (O que é isso? (Eu posso ser paranoico, mas não um androide)). 
Animação: Não gostei muito dos recursos de animação, pois achei bem rudimentar e pouco interessante, apesar de ser bem colorido. 


O clipe Do the evolution do Pearl Jeam narra a história do ser humano e sua saga, sempre à frente da natureza e de animais selvagens e perigosos. Apesar de bastante evoluído, o desenho animado mostra como os seres humanos podem ser insensíveis e frios, promovendo guerras e a violência. Tem tudo a ver com a letra da música! "Admire me, admire my home Admire my son, he's my clone Yeah, yeah, yeah, yeah This land is mine, this land is free I'll do what I want, but irresponsibly It's evolution, baby" (Me admire, admire meu lar Admire meu filho, ele é meu clone Yeah, yeah, yeah, yeah Esta terra é minha, esta terra é livre Eu faço o que eu quiser, mas irresponsavelmente É a evolução, querida).
Animação: Genial! Gostei muito dos traços, das cores e da expressividade das pessoas e dos animais. Achei-a colorida e cheia de movimento.


Move your feet de Junior Senior, traz uma vibe agitada, alegre e divertida de agitos de pessoas. A música é bem animada e dá vontade de sair dançando por aí... "Everybody, move your feet and feel united Oh oh oh Everybody, move your feet and feel united Oh oh oh Yeah" (Todo mundo, Dançando e se sentindo unido Oh oh oh Todo mundo, Dançando e se sentindo unido Oh oh oh Sim).
Animação: A primeira "pixelizada" dessa lista e eu simplesmente adorei! Me lembra bastante os jogos de consoles antigos, que (Acreditem!) eu costumava jogar. Sim! Eu sou velho! rsrsrs Mesmo com esse recurso, o clipe ficou bem movimentado e interessante.


Segredos de Frejat, conta a saga de um rapaz que está a procura de seu verdadeiro amor. Ele a procura em fotografias, no espaço e em todos lugares. A história do clipe é bem fofa, assim como a música. Gosto muito desses desenhos animados do Frejat. A letra simplesmente tem tudo a ver com o clipe, sem tirar nem por! "Procuro um amor Que seja bom pra mim Vou procurar Eu vou até o fim E eu vou tratá-la bem Pra que ela não tenha medo Quando começar a conhecer Os meus segredos".
Animação: Uma das mais fofas dessa lista! O desenho é todo computadorizado, com efeito 3D incrível. Vale a pena assistir.


O penúltimo clipe, Grapevine Fires do Death Cab For Cutie, conta a história de um rapaz que sai para caminhar de bicicleta e presencia um incêndio catastrófico em sua cidade. Ele assiste esse cenário de horror, onde as pessoas perdem suas casas e seus sonhos, e começa a lembrar de locais de sua infância que estavam em chamas. É uma história bem reflexiva. 
Animação: Personagens e ambientes planos, como se fossem desenhados em um papel. Me lembrou bastante a animação O menino e o mundo, por conta dos recursos empregados. A movimentação é bem interessante. As imagens são bem quadradas.


Eu contra a noite do Kid Abelha, conta a saga de uma mulher que está disposta a se divertir e procurar entretenimento no período noturno. Ela descobre muita coisa legal quando sai na rua. O clipe tem a ver com a letra da música. "Fiz um contrato com a noite O céu sorriu estrelado Ruas vazias de gente Testemunhando desejos Antecipando teus gestos Leves, complexos, simples".
Animação: Os movimentos lembram bastante ao do clipe anterior, mas aqui usa-se colagem de coisas reais, o que deixou a animação um pouco diferente. 




Espero que tenham gostado desse post bastante animado! J-J




Por: Emerson Garcia

10 comentários :

  1. Eu amava esse clipe do Frejat. Ficava torcendo pra passar na MTV...rs
    Também amava Gorillaz...haha, mas tudo deles é animado, não dá nem pra escolher um clipe só.

    :**

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A música e o clipe são fofos e bonitos mesmo.
      Verdade. Os Gorillaz tem muitos clipes de animação. Mas acho eles bem criativos.

      Excluir
  2. Yong Folks é um clássico, uma música super gostava de ouvir.

    rasgadojeans.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Sem dúvida nenhuma o que mais me marcou foi One more time, do Daft Punk.
    ótimo post.

    www.paginasempreto.blogspot.com.br

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. O que seria da segunda-feira se não fosse a música?
    Já é o segundo blog que entro que tem uma playlist ótima!! E por pura coincidência postei uma hoje também hahahaa
    Amei a playlist, principalmente porque começou com pitty! Essa música é incrível e me traz ótimas lembranças!
    Beijos
    www.somosvisiveiseinfinitos.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa música é um verdadeiro tapa na cara. Acho que a melhor da cantora.
      Pois é. Pelo menos de quinze em quinze dias, toda segunda, tem música aqui no blog. É só acompanhar.

      Excluir
  5. Particularmente eu curto bastante clipes feitos como animações.
    Esse da Pitty é tão lindo e tocante. Fico com muita dó do robô. E a música é uma das favoritas da minha vida.
    Um beijo!

    www.impulsofeminino.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! A gente sofre com o robô e se coloca no lugar dele.

      Excluir

Obrigado por mostrar seu dom. Volte sempre ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Template por Kandis Design