quarta-feira, 3 de abril de 2019

Homens que pintam as unhas com esmaltes. O que você acha?



Recentemente (28 de março) o filho do Mauricio de Sousa, Mauro Sousa, resolveu pintar as unhas com esmalte, uma estratégia de marketing para as vendas dos cosméticos Donas da rua, da Turma da Mônica. Assim como ele, outros homens também pintaram suas unhas com tons chamativos e coloridos. Mauro Sousa foi bastante elogiado pela atitude. Muitos disseram que essa deveria ser a próxima trend (tendência) masculina e que não há nenhum problema em homens utilizar esmaltes.

Não é a primeira vez que um homem lança essa moda. Rockeiros e emos costumam pintar suas unhas de preto. Há aqueles mais reservados que preferem uma base incolor ou de cor clara, sem deixaá-las chamativas. Percebemos que esse não é um costume recente, mas que perpassa por várias épocas.

Mauro Sousa, contudo, apresenta novamente essa tendência, ao quebrar estereótipos que "homem não pode pintar a unha", "homem que pinta a unha é metrossexual" e "homem que pinta a unha é viado". Se essas máximas fossem verdadeiras todo homem que utiliza brinco seria gay. Contudo, usar brinco pode ser cultural. Exemplo: tribos indígenas, africanas, além dos personagens de Pantera Negra que possuíam piercings e brincos pendurados e também tatuagens. 

Por que homem que pinta a unha tem que ser taxado dessa forma?! Por que as pessoas tendem a limitar a moda e dizer o que é de homem ou de mulher?! Um homem com essa atitude quer apenas sentir-se bem e diferente. Não tem a ver com sexualidade e/ou orientação sexual. Ninguém pode limitar outra pessoa e dizer o que ela deve ou não utilizar. Acredito que a sociedade já evoluiu a tal ponto onde as pessoas não deveriam se incomodar com as outras, mas consigo mesmas. 

O filho de Mauricio de Sousa abriu o leque de possibilidades e de diversidade. De acordo com ele, não tem essa de esmalte ser uma coisa feminina ou não. Até nos stories que divulgou em seu Instagram ele brinca com a ideia de azul ser cor de menino e rosa ser cor de menina, ao visualizar uma funcionária da Mauricio de Sousa Produções com um esmalte cor azul. Claro que há todo um discurso político por trás, que não entrarei no mérito nesse post, mas o que é importante é que Mauro "desbravou" uma sociedade onde as cores podem pertencer à todas as pessoas e que esmalte pode sim ser coisa de homem.

Não só Mauro Sousa quem pintou as unhas de esmalte em uma espécie de lilás, mas outros funcionários da Casa também se sentiram encorajados para pintá-las. Essa atitude não tem nada a ver com sexualidade frágil ou que eles deixaram de ser homens por causa disso. Aliás, percebemos um discurso machista por parte de pessoas que desaprovam a utilização de esmaltes por homens. 




Não só esses homens pintaram suas unhas, mas tem muitos famosos que fizeram o mesmo, como: Cristiano Ronaldo, David Beckamn, Marcos Mion, Johnny Deep e Marcelo Anthony. Homens héteros e bem resolvidos com suas sexualidades, que apenas quiseram pintar suas unhas de esmalte e nada mais. 

Mauro Sousa também serviu de inspiração para que meninos (crianças) não se sentissem envergonhados ao pintar suas unhas. Uma espécie de influência digital que Mauro Sousa realizou encorajando-os. 





Um menino pintar suas unhas de esmalte não significa que ele se tornará gay no futuro, apenas que sua imaginação e ludicidade se afloraram. Mauro Sousa criou uma campanha para que seus seguidores enviassem mensagens "ao filho da Paula" de incentivo e esperança.



































Foram muitas mensagens enviadas ao "filho da Paula" e o Mauro selecionou algumas delas. São mensagens de amor, carinho, libertação e esperança. A atitude de Mauro Sousa serviu de exemplo para que outros meninos pintassem suas unhas de azul, dourado ou da cor que preferirem. 





Lembro-me de um médico com uma deformidade que pintava suas unhas com esmaltes coloridos para que o paciente não reparasse em seu rosto, mas sim na exuberância e destaque dos seus dedos. Ele não os utilizava para ficar bonito ou para lançar moda, mas para que tirassem o foco do seu defeito facial. O médico utilizou o esmalte como uma estratégia e apenas isso.  

O marketing à respeito de homens pintarem suas unhas com esmaltes é tão visível que empresas como a Risqué criaram uma linha com cores diferentes para homens. É claro que o intuito é vender o produto, afinal, ESMALTE É ESMALTE, tanto para homens como para mulheres (Não vem no vidro ESMALTE PARA MULHERES). O vidro tem um líquido colorido que não é direcionado nem para homens nem para mulheres, embora essa coleção tenha colocado no vidro For men. Enfim, é apenas um líquido unissex. Usa quem quer. 





Existe todo um um discurso de ideologia de gênero e político em volta de homem usar ou não esmalte colorido (E aqui não falo de base clara e transparente!), mas o que quero deixar registrado é que um homem pintar suas unhas não influi em nada em sua sexualidade. J-J


Por: Emerson Garcia

21 comentários :

  1. Cada um é cada um e faz o melhor lhe aprouver mas eu acho ridículo.

    ResponderExcluir
  2. Eu acho que todo mundo é livre para fazer o que quiser. Eu não acredito muito em coisas tipo isso é coisa de homem e isso é coisa de mulher, todo munda faz o que se sente bem.
    eu amei a cor do esmalte dele
    beijos
    lolamantovani.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi, td bem?
    TÃO CERTÍSSIMOS! As pessoas são livres pra fazer o que quiser! E vamos combinar que pintar a unha é maravilhoso <3
    Beijos
    www.somosvisiveiseinfinitos.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Confesso que não tenho cuidado muito das minhas unhas como deveria. Uma base não faz mal a ninguém.

      Excluir
  4. Precisamos aprender a respeitar as pessoas como são e isso inclui tudo o que escolherem para a vida delas! Para mim se a pessoa está bem e não fazendo mal a ninguém é o que vale!
    Um abraço carinhoso

    ResponderExcluir
  5. Cada um deve fazer aquilo que sentir vontade, desde que não haja desrespeito, e mesmo que seja por marketing, não importa. Há algumas décadas que as mulheres vêm quebrando as barreiras entre os gêneros, usam ternos, têm os cabelos curtos, enfim, fazem muitas coisas que um tempo atrás eram consideradas "coisas de homem", e os homens ainda precisam aprender mais com as mulheres nesse sentido. Acho interessante que se quebrem esses velhos e mofados paradigmas, só assim o mundo pode evoluir, e para todos. Um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aos poucos esses paradigmas e estereótipos são deixados de lado. Obrigado por comentário tão enriquecedor.

      Excluir
  6. Acho feio e não gostaria que meu filho ou meu marido pintasse unhas com esmalte colorido.
    Mas quem quer fazer, tô nem aí.
    Eu nunca incentivaria

    ResponderExcluir
  7. Em crianças vá que não vá agora em adultos nao me parece...mas enfim...gostos são gostos
    Abraço

    Kique

    Hoje em Caminhos Percorridos - Preso por tráfico

    ResponderExcluir
  8. Eu penso que cada um faz o quer da vida e o que te faz feliz

    Beijos
    www.pimentadeacucar.com

    ResponderExcluir
  9. Livre arbítrio. Mais que é bem nada haver... é.
    É gente tá na cara q Mauro é....ou n é?🤔🤔🤔🤔

    ResponderExcluir
  10. Eu apoio as unhas pintadas, mas sinceramente acho que muitos homens não pintam também devido ao cheiro forte do esmalte (que nós mulheres somos acostumadas desde muito cedo)...
    Amei a matéria.
    Beijo graaande, querido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou do post. Realmente os esmaltes tem cheiro muito forte mesmo.

      Excluir
  11. Não acho nada rsrs algo tão normal sei lá!

    Beijos Pâm Sensato
    Pâmela Sensato

    ResponderExcluir
  12. Não tenho nada contra!...
    Não sendo nada que prejudique ninguém... cada um é livre de se apresentar como gosta...
    E eu que vivo esquecendo de pintar as minhas!... :-)
    Abraço
    Ana

    ResponderExcluir

Obrigado por mostrar seu dom. Volte sempre ;)

Nos siga nas redes sociais: Fanpage e Instagram

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Template por Kandis Design