quarta-feira, 25 de abril de 2018

Vibe humor: instrumentais de cinema







O Vibe humor de hoje está cinematográfico! O tema é instrumentais de cinema. Para quem não sabe, em 2016 já trouxe duas playlists de cinema (aqui e aqui), agora trago trilhas sonoras da telona sem vozes ou letras. 

Existem canções que só de ouvirmos um barulho, trecho ou melodia já sabemos de qual filme ela é. Elas fazem parte de nossa memória afetiva, repertório de filmes e nossa vida cultural. 

Desse modo, convido a cada um dos leitores à mergulharem comigo nessa playlist. Garanto que ficarão nostálgicos. Então, ação!







Começo com a trilha sonora de Três homens em conflito. Até o momento de fazer esse post, não a conhecia, mas achei empolgante, marcante e incrível. Ela traz elementos do Velho Oeste e uma boa instrumentalidade.

A próxima é de O poderoso chefão, uma composição de Nino Rota que traz todo o tom clássico e italiano do longa. É uma música triste, mas bem executada. 

Agora a de Star Wars não tem como não reconhecer e sentir-se nostálgico. A composição é do premiadíssimo John Williams, que criou uma peculiar canção para o épico com tons de Marcha Imperial. 

A trilha de De volta para o futuro é empolgante e envolvente, totalmente a ver com a atmosfera do longa. O compositor é o Alan Silvestri.

Já a de Bernard Hermann traz suspense e ar sombrio ao longa Psicose. Não tem como não ficar apreensivo com ela. 

Indiana Jones traz mais uma trilha sonora de John Williams marcante e reconhecível. A música traz um clima de aventura e ação, como o filme sugere. 





Agora uma mais recente: A Origem. Hans Zimmer compôs uma trilha marcante e emocionante para o filme, que virou referência para outras produções de ação e ficção. Ela traz batidas graves que sobem no decorrer de sua execução.

É difícil não reconhecer a trilha sonora de Rocky Balboa, que em sua maioria é instrumental, mas que traz algumas partes cantadas. É uma música eletrizante e forte de Bill Conti, que combina com os momentos de lutas, assim como os melancólicos do longa. 

Quem não se lembra do toque sombrio do teclado, dos estalares de dedos e do violino aterrorizante da música de A família Addams? Esta é uma composição de Marc Shaiman que mesmo com o tom sombrio, ainda consegue ser bela e divertida. 

Mais uma vez John Williams marca presença, dessa vez na trilha sonora de Superman. Ela cresce aos poucos, a cada nova adição de instrumentos e melodias, até chegar em seu ápice. Um clássico.

Agora, mais uma trilha sonora de heróis: Batman. Quem a compôs foi Danny Elfman. Ele criou uma música que consegue ficar na cabeça e que é muito bem construída.

Finalizo a playlist de hoje com a trilha clássica de A pantera cor-de-rosa. Com um toque apurado, com instrumentos de sopro e saxofone em destaque e a bateria de fundo, Henry Mancini conseguiu criar algo marcante e importante para a condução do longa. 


Gostaram do Vibe humor de hoje? Quais trilhas instrumentais de cinema marcaram a vida de vocês? Digam nos comentários! Até a próxima. J-J





Por: Emerson Garcia

6 comentários :

  1. Oi Emerson, eu acho fantásticas essas trilhas clássicas de cinema. Me lembro de estudar o tema na faculdade e ficar encantada. Um abraço!

    ResponderExcluir
  2. Oi Emerson,
    Nossa que delicia viajar nessas musicas. Star Wars e Indiana Jones com certeza marcaram minha vida. Mas devo confessar que só a primeira não faz parte de minhas lembranças. Amei!!!

    Obrigada pela visita!
    Bjs❤
    Abrir Janela

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você tem um repertório bom, então Line.
      Beijos!

      Excluir
  3. Que legal
    =)


    Beijinhos
    n. // www.fashionjacket.com.br

    ResponderExcluir

Obrigado por mostrar seu dom. Volte sempre ;)

Nos siga nas redes sociais: Fanpage e Instagram

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Template por Kandis Design