terça-feira, 22 de agosto de 2017

A temporalidade dos fones de ouvido: por que isso acontece?





Semana passada (15) troquei o meu fone de ouvido, não porque gostaria de um mais potente ou com melhor qualidade, mas porque um dos fones parou de funcionar e emitir som. Esse foi mais um episódio dos periféricos e eletrônicos descartáveis, que já falei aquiJá tinha o desejo de trocar este acessório - porque o som dele era como de lata e bastante ruim - só não imaginava que seria tão rápido. 

Certo dia o utilizava para ouvir música, enquanto ia para o meu local de trabalho. Terminei os afazeres, fui almoçar e quando ia utilizá-lo novamente, uma surpresa: somente um dos lados funcionava! Eu não tinha feito nada além de enrolá-lo cuidadosamente e guardá-lo no meu bolso. Não o estiquei, não deixei molhá-lo e muito menos pulei corda com ele. Foi assim... de repente! Resolvi utilizá-lo da mesma forma e percebi que ele estava com mau contato e dependendo de como posicionasse os fios, ambos emitiam som. Mas do nada somente um voltava a funcionar. 

Foi aí que pensei: "Eu não posso ficar com esse fone mais. Preciso comprar um com urgência. Eu vivo, dependo e respiro de música". Quatro dias depois estava comprando um original na loja da Samsung, por R$ 99. 

Fiquei feliz com a aquisição, afinal é melhor comprar um original do que um do Paraguai que já tinha né? O som dele não é mais de lata, mas sim limpo. O formato dele é auricular - daqueles que colocamos nas curvas do ouvido - com um par de borrachinhas (Fiquei tranquilo porque elas não saem facilmente). O som, basicamente, sai por dois canais e é amplificado por essas borrachas (acredito eu).





Este não é o meu primeiro fone de ouvido, mas torço para que ele possa ser um dos últimos que comprarei, até por conta do seu valor salgado. Já tive fones originais e do Paraguai e todos estragaram com o decorrer do tempo. Fiquei surpreso por até mesmo o da Samsung já ter sido inutilizado (Daí o meu medo com esse novo fone). 

Por que fones de ouvido estragam com tanta facilidade? Por que são tão descartáveis e frágeis? Por que, por mais que um acessório como esse seja de qualidade e de marca, está fadado a ser inutilizado? Esse é o tema do post de hoje!


Fones de ouvido descartáveis


Esse pequeno acessório foi programado para ser inutilizado algum dia e o pior de tudo: ele não pode ser substituído por outro! Fiz várias pesquisas quando meu fone estragou e quando comprei outro e descobri que as empresas não apresentam garantias para acessórios. Elas somente testam o produto na hora. Mas, por mais que cuidemos do produto, ele deixará de funcionar. Leia esses depoimentos:


"Eu perdi muitos fones por causa de parar de funcionar um lado e eu cuidava deles direito." - Arthur Claro 


"Os periféricos que vieram com o Iphone 5c - fone de ouvido e fio da bateria - duraram um pouco mais da metade do tempo. [...] No fim do ano passado comprei os 'originais', tanto o fone como o fio da bateria. [...] O fone que comprei não durou 6 meses. Ele quebrou e eu tive que colocar uma fita para segurar." - Samara Andressa


"Já tive fone de ouvido, headphone, tudo... E todos eles chegaram a um fim (alguns muito antes do que eu esperava). Um fone, simplesmente foi parando de funcionar, funcionava quando queria, depois parou de vez. Outro funcionava só um lado por um tempo, até que o outro lado também decidiu se aposentar." - Thiago Nascimento



O fone parar de funcionar de um lado é a situação que mais acontece. O primeiro original do meu celular atual parou de emitir som de um lado, depois do outro, até jogar fora e comprar um do Paraguai por R$ 20. A segunda situação é o fone arrebentar os fios. A terceira é ficar com mal contato. A fragilidade dos fones de ouvido é visível!

Atualmente eles podem ser feitos de vinil, espuma, silicone, plástico, couro artificial, têxteis entre outros. Mas nenhum material de fato resistente que possa prolongar a vida desses acessórios.



E os cuidados?






"Ah! Mas os fones de vocês (Arthur, Emerson, Thiago e Samara) pararam de funcionar porque não tiveram o devido cuidado". Não é esse o motivo que os acessórios deixaram de funcionar, pois cuidamos deles, não banhamos com eles no ouvido, não o esticamos, nem utilizamos nossa força bruta para ouvir música ou quando o guardamos. Esses 14 passos para não quebrar o fone de ouvido, do Wikihow, e essas seis dicas para não quebrar o fone de ouvido e usá-lo por mais tempo, do Tech Tudo, seguimos praticamente tudo - creio que menos o da case de fone de ouvido e ouvi-lo em volume mais baixo.

O cuidado faz parte da minha rotina. Quando o fone enrola e cria vários nós, procuro desfazê-los com cuidado e os guardo enrolando de uma forma que ele não embole de novo. Não tenho case de fone de ouvido, muito menos aqueles objetos que auxiliam ao enrolar fone de ouvido, mas faço de tudo para conservá-lo. Esse novo, por exemplo, veio com um plástico da fábrica que envolvo o fio com ele para protegê-lo.







Quando comprei o último fone de ouvido perguntei à vendedora qual era a forma correta que se enrolava e ela me respondeu simplesmente (sem muitas explicações):

"O próprio fone de ouvido já tem um jeito certo de enrolar. "


Sério! Um minuto de silêncio para essa explicação MA-RA-VI-LHO-SA! Só que não! kkkkk



Quando fiz a pesquisa para esse post, descobri a forma correta de enrolar os fios, para que não fique um balaio de gato quando for usar novamente. O ideal é unir os fones e o restante do fio enrolar com cuidado, destreza e dedicação, como nesse vídeo do Tech Tudo:






Eu sigo todos esses passos, sem esticar os fios e apertar demais. Mas... uma hora ou outra o fone de ouvido estraga, infelizmente. 

Penso seriamente em comprar algo a mais para proteger meu fone de ouvido. Quem sabe uma case ou um acessório que auxilie na forma de enrolar? Seria mais um investimento, porém garantiria segurança. Com certeza gastaria mais um pouco, mas valeria a pena. Já vi até um 'enrolador' mais elaborado em forma de ouvido. Quem sabe não compro um desses?




Enrolados na mão, no prendedor, em acessório de coruja... Como você enrola seu fone de ouvido?




Originais ou do Paraguai?



O que comprar: fones de ouvido originais ou paralelos? Definitivamente não posso escolher um ou outro. Meus originais já estragaram, assim como os do Paraguai. Então essa questão é bem obscura pra mim.

A Samara Andressa, do blog Jeans Rasgado, possui diversas experiências não das melhores com fones de ouvido. Quando ela optou por comprar acessórios paralelos do seu Iphone, se deu mal. E quando ela decidiu comprar originais também, e de uma maneira surpreendente. Leia (com grifos):


"Decidi comprar um qualquer que servisse, porque o original é super caro. Durou bem pouco, o som do fone era de qualidade baixa e as teclas de aumentar o  volume não funcionavam

No fim do ano passado comprei os "originais", tanto o fone como o fio da bateria. 

Agora você deve estar se perguntando o por quê das aspas em originais. Porque acho que fui enganada na loja que comprei, que não era uma autorizada da Apple, mas era em um shopping onde vendia apenas periféricos de celulares de várias marcas. O fone que comprei não durou 6 meses, ele quebrou. Tive que colocar uma fita para segurar. "



Vejam o estado do fone de ouvido dela. Dá dó! Fica a dúvida realmente se o acessório é original:







Acessórios genéricos possuem a mesma função que os originais, embora possuam maior facilidade em parar de funcionar e quebrar, além de ter um som bastante inferior que os outros. São consideravelmente mais baratos do que os de marca. Mas estes últimos, por serem mais caros, não estão livres da obsolescência.

A história da Samara nos ensina algo: se comprarmos o fone de ouvido similar, por ser mais barato, teremos prejuízo. Mas também se comprarmos o "verdadeiro" não é a garantia que ele é o melhor, mesmo gastando e investindo mais.

Creio que o último fone de ouvido da Samara não é verdadeiramente original, porque se fosse, a ideia era durar mais por se tratar de Iphone. E Iphone é Iphone né? Ou será que não?! Agora tenho as minhas dúvidas kkkk



7 morais da história


Temos sete morais sobre isso:

1- Seja original ou falsificado o fone de ouvido pode deixar de funcionar, por todos os exemplos que vocês leram nesse post;

2- Talvez se redobrarmos o cuidado, esses acessórios podem ter uma vida mais longa; 

3- Na dúvida entre comprar um fone de ouvido original e um falsificado, prefira a primeira opção, por mais que saiba que ele pode parar de funcionar;

4- Não espere por garantia de acessório porque você não terá! ;

5- Se as empresas fabricassem acessórios com outros materiais, talvez eles fossem mais resistentes e menos frágeis;

6- Gastar pouco com fone de ouvido pode te trazer prejuízo, assim como gastar muito. Tenha isso em mente! ;

7- Se você quiser cuidar mais do seu fone de ouvido pode comprar cases e 'enroladores'. Vale a pena gastar um pouquinho mais.


Gostaram das morais? Quais são as experiências de vocês com fones de ouvido? Digam nos comentários! J-J


Por: Emerson Garcia

18 comentários :

  1. Eu ainda tenho o original da Samsung, mas no meu antigo celular meus fonos quebravam toda semana não importava o que eu fizesse! Eu comprava falsificado mesmo por não ter dinheiro pra investir nisso, mas é complicado mesmo.

    www.vestindoideias.com

    ResponderExcluir
  2. eu não uso fone de ouvido quase nunca, mas acho que de maneira geral, isso é um problema geral das coisas hoje em dia né? Fone de ouvido estraga mais rápido porque é mais sensível e, mesmo nãos endo seu caso, as pessoas não tomam muito cuidado. Mas celulares estragam, iPods estragam... tudo parece vir com um prazo de validade.


    Beijinhos
    n. // www.fashionjacket.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! Tudo é descartável e feito pra durar determinado tempo. Gostei muito do seu ponto de vista.

      Excluir
  3. Emerson
    Uso muito pouco fone de ouvido, mas os meus sempre duraram um pouco porque tinha alguns cuidados básicos hahaha Amei o post e sua saga na procura do cuidado perfeito. Espero que sua nova aquisição dura e muito hahah
    Beijokas,
    DMulheresInstagramFanpage

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado por seus votos! Até agora o fone de ouvido tem durado.

      Excluir
  4. Depois que eu aprendi a guardar melhor os meus fones de ouvido os mesmos tem durado bastante.

    www.paginasempreto.blogspot.com.br

    Beijo

    ResponderExcluir
  5. Olá JJ,

    Quase não uso fones de ouvido.

    Antigamente, tinha um fone por conta da caixa de som. Após comprar uma outra caixa não vi que não tinha entrada para os fones de ouvido e de lá pra cá não utilizo mais.

    Um beijo,

    My Pure Style x My Instagram x My Facebook 

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As minhas caixas atuais do PC tem entrada para fone de ouvido, mas eu ainda não usei.

      Excluir
  6. Eu nunca ouço música, então nem uso fones de ouvido.. por isso nunca tive esses questionamentos kkk

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  7. Essa semana eu vi uma reportagem das bactérias que ficam nos fones ... que eles precisam ser higienizados e trocados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Cleber! Que bom que você ressaltou mais esse cuidado.

      Excluir
  8. Obsolescência programada, né? Terrível isso. Eu até que dou sorte com os meus fones, não costumo ter muitos problemas.

    ResponderExcluir
  9. Eu já tive um fone de ouvido que durou por 2 ANOS! Eu não largava aquele fone pra nada e cuidei dele com muito carinho, nem sei como durou tanto, até que um belo dia a minha mãe lavou o fone na máquina junto com as roupas kkkkk. Desde então, é sempre trocando de fone. O meu atual, que veio com o celular, é tão bom e queria realmente que ele nunca parasse de funcionar... mas um dia vai né?

    Gostei bastante do seu artigo, bem informativo e interessante!

    butlariz.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fone de ouvido e água é uma combinação que não dá certo. Espero que seu atual fone funcione bastante.

      Excluir

Obrigado por mostrar seu dom. Volte sempre ;)

Nos siga nas redes sociais: Fanpage e Instagram

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Template por Kandis Design