sábado, 23 de março de 2013

Trancados no quarto




Antes de tudo, quero pedir desculpas aos leitores do blog pela densidade do tema de hoje. É forte, mas não tem como ficar calado e não falar a respeito. A ideia desse post surgiu há algum tempo atrás por mim, mas foi um fato recente em SP que fez ele florescer. 

A mídia está repercurtindo a notícia de "Um casal homossexual acusado de estuprar o filho adotivo de 5 anos". Gostaria de deixar claro que eu não tenho nada contra os homossexuais, até porque um hétero também teria "a cara de pau" de cometer tamanha atrocidade. Mas eu reprovo qualquer tipo de abuso sexual. Vejam a matéria da Record:




Poderia acontecer com qualquer um. Poderia acontecer com os meus sobrinhos pequenos, ou com um filho de algum leitor do blog. Com qualquer um! Eu fico indignado com essa situação, cada dia é uma coisa pior que acontece. Quem irá confortar o coração da Ana Carolina, mãe da Isabella? Quem irá trazer paz para os pais daquele menino que foi arrastado pendurado em um carro??

Eu sei que é muita violência, e eu e você não podemos ficar de braços cruzados. Porque muitos que fazem esse tipo de coisa, não tem punição. Mas em todos os casos, como foi falado na reportagem, tem marcas. Se elas não são físicas, elas são psicológicas. Muitas crianças estão literalmente "trancadas no quarto", sem ter um abraço, sem ter um carinho verdadeiro.

É por isso que eu vou sempre apoiar o dia 18 de Maio, que é o Dia Nacional de Luta contra o Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Temos que de uma vez por todas colocar um ponto final nisso!!! Porque muitas crianças teriam, TERIAM, a oportunidade de ver seus sonhos coloridos, como qualquer outra, mas pessoas infelizes "abortam" esses sonhos delas, fazendo com que elas vejam o mundo "em preto e branco" e fiquem "trancada no quarto".

Eu e você podemos fazer algo! É por isso que eu vou mostrar um trabalho de panfleto que eu fiz na faculdade e duas músicas que tocam lá no fundo da alma!

















#revoluçãoporsonhoscoloridos


Por: Emerson Garcia

3 comentários :

  1. Nossa confesso que ainda não tinha ouvido falar sobre isso. isso é uma vergonha existe muitos casos de abuso infantil no brasil.
    Estilo 4 U | Todos os estilos em um só lugar.

    ResponderExcluir
  2. Fiquei sabendo desse caso, mas não tinha visto a reportagem. É complicadíssimo. Muita gente nem entende pq muitos não são a favor da adoção de crianças por homossexuais, mas muitos deles quando crianças tb foram abusados sexualmente, e alguns quando adultos e até adolescentes passam a fazerem da mesma forma com outros.
    Coitada dessa criança. É mtc ovarde isso.

    ResponderExcluir
  3. Olha também concordo com você sobre não importar se gay ou hetero o abuso sexual contra crianças e adolescentes é um absurdo. E esse caso só vai manchar ainda mais a reputação dos gays que querem adotar filhos, pois esses cafajestes conseguiram o que muitos pais gays de caráter estão lutando, ter filhos. Passa lá no blog tem post novo, esperando a sua visita.

    ResponderExcluir

Obrigado por mostrar seu dom. Volte sempre ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Template por Kandis Design