domingo, 29 de agosto de 2010

Humor sem humor

Domingo, dia 22 de agosto, humoristas de diversos meios de comunicação se reuniram no Rio de Janeiro para protestar contra a lei do TSE que proíbe a ridicularização de candidatos eleitorais. A lei está em vigor desde 1997 e diz que é proibido brincar com os candidatos à eleição.

Muitos estão dizendo que isso é censura, outros estão dizendo que tirará a inteligência dos eleitores, entre outros. Para mim, é como se colocasse uma mordaça nos humoristas e os impedissem de se expressarem através da sua matéria-prima, o humor. Programas de humor como o CQC, Pânico na TV, Casseta & Planeta estão impedidos de usarem sua matéria-prima. 

Creio que a alegação que o TSE tem dado, dizendo que os programas de humor influenciam no voto do eleitor é um pouco errônea. O humor nada mais é do que uma verdade acentuada. Vocês podem perceber que nenhum humorista se utiliza de invenção, de mentira, de imaginação, para fazer rir. Eles usam de algo que existe. Volte-meia os rapazes do CQC soltam piadas pertinentes com seus entrevistados. O humor é algo que faz rir, mas que faz refletir também. E com relação a política, a mesma coisa.

Em se tratando de períodos eleitorais a questão parece delicada mas na verdade, em qualquer situação deve-se tomar cuidado para não ferir os princípior do outro. Vale brincar? Acho que vale! Mas não desmerecendo o outro, ou o favorecendo, ou mentindo, que é pior!

Antes de tudo, a verdade. Acho que o TSE não está habituado com ela, já que os políticos muitas vezes tem feito as pessoas "chorarem" com suas mentiras. A verdade dói, machuca. Nesse caso, melhor censurar os programas de humor. Se o humor continuará presente nos programas de humor? Com certeza! Mas não envolverá os candidatos... 

O que vocês acham disso? Como fica o humor dos brasileiros? (JJ)


Por: Emerson Garcia

9 comentários :

  1. Quando já nem o humor é livre... patético.

    ResponderExcluir
  2. Censura é censura.
    Acredito assim, q não deve censurar, e os humoristas precisam respeitar as pessoas. Falem a verdade sim, só q existem coisas desnecessárias q muita gente não gosta pelo fato da ridicularização. E humorista tb é formador de opinião.
    @vanimonique
    :*

    ResponderExcluir
  3. eh muito complicado haver respeito, quando as pessoas riem eh da falta de respeito com os outros mesmo...




    beijos JJ

    ResponderExcluir
  4. Não sei porque o nome é Isabella!hehe...
    Tbém gostei bastante desse banquinho!

    Falando em gostar...eu gostei(:D) do teu outro blog, o Linhas no meu rosto. Eu li algumas histórias e me vi nelas...As pessoas, geralmente, só querem mostrar as coisas boas que ocorreram durante a vida. O legal é que você não tem vergonha de falar que errou...Parabéns!

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Pois é, J! Ando meio sumido, né!?

    Mas logo, logo voltarei a agitar na rede! (rsrs)

    Obrigado pelos comentários!

    Um abração! :)

    Pedro Antônio

    ResponderExcluir
  6. Um absurdo essa proibição! Ainda bem que já foi revogada!

    ResponderExcluir
  7. O povo percebeu que era totalmente ridícula essa cesura, e agora todo humor livre \o

    Mas fica a lição de que não é tão fácil assim calar quem quer q seja, basta a gente lutar pelos nossos direitos!

    Por Sami

    ResponderExcluir
  8. Tudo já está na santa paz agora!!!
    Tem palhaçada pra todo mundo agora!!

    kkkk

    ResponderExcluir

Obrigado por mostrar seu dom. Volte sempre ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Template por Kandis Design