sexta-feira, 19 de março de 2010

Super Emos

O termo 'emo' que muitos conhecem hoje, no final da década de 70 era conhecido como o estilo hardcore, que siginifica 'núcleo duro' ou 'casca grossa'. O ritmo desse estilo musical é mais lento e açucarado em oposição ao Rockin and Roll.

Hoje os emos são vistos como seres emotivos, retraídos e até mesmo agressivos, e por que não dizer gay's. Ao meu ver, estilo não precisa, necessariamente, interferir em personalidade. O preconceito contra os emos é tão grande que o site Commics Alliance divulgou uma série de imagens criadas por JSalvador Design.

As imagens são de super-heróis famosos de hq's que se apresentam como emos. Tem Homem-Aranha, Batman, Super Homem, Mulher Maravilha, entre outros. Eles se apresentam de cabeça baixa, com a auto-estima negativa e com cabelos repartidos. Cada um deles diz uma frase negativa em inglês. Os nomes dos super-heróis me parece que estão no diminutivo.



Há quem se interessa pelos bonecos. Para esses, os 'super emos friends' estão disponíveis no site Etsy. São 12 personagens e cada um é vendido por 20 doláres. Se apaixonados por hq's se interessarem por personagens emos, está aí.

No meu caso, eu não me interesso por esses bonecos! Achei a ideia preconceituosa e que com o auxílio desses produtos vai deixar a sociedade mais preconceituosa ainda com relação aos emos. Como eu disse, caráter não se mistura com estilo. Não se julga uma pessoa pelo que ela veste, e sim pelo que ela é. (JJ)



Por: Emerson Garcia

13 comentários :

  1. Não fazem muito o meu género, mas gosto de ver as "reinvenções" ;)
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Ahh, que coisa mais horrível! Eles também são gente, não são qualquer coisa, que a gente deixa de lado.

    Ridículo esses bonecos.

    ResponderExcluir
  3. bem, tipo, nada contra, mas eu n gostei muito...

    beijos, meu bem

    ResponderExcluir
  4. Primeiro comentário aqui. HAHA

    Bem, achei a idéia dos bonecos nada mais do que preconceituosa e sem objetivo a não ser entreter as pessoas "medievais" demais para enchergar os outros como pessoas e não roupas, cor ou escolha sexual, se me permite adicionar mais alguns exemplos.

    Os bonequinhos seriam bem aceitos, creio, se não fosse o título ridículo que arrumaram para eles.
    Antes do que alguém gosta, se veste ou que cor tem, existe o caráter, a educação e outras coisas muito mais relevantes do que isso.

    (Me animei na revolta aqui..HAHAHA)

    Parabéns pelo blog,
    B.

    ResponderExcluir
  5. Ignore meus erros de escrita, escreví rápido demais. rsrs

    Correção:
    "...Enxergar..."

    ResponderExcluir
  6. Você pensou na possibilidade dos próprios emos se interessarem pelos bonecos? Não sou emo, nem me interesso pelo discurso, mas não encarei como preconceito e, sim, como uma homenagem. Para mim, é mais interessante o lado sensível dos super-heróis do que o lado "bélico".

    Acho que os verdadeiros ofendidos seriam os amantes dos super-heróis, que podem considerar essa versão mais sensível algo negativo.

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  7. Ahh achei lindo!! Não vi nada de preconceito nisso!!

    Tenho amigos Emos (ou chamados de emos) e juro que eles iriam querem todos esses bonecos ... assim como eu hahaha!!!



    Enfim =p

    Por Sami

    ResponderExcluir
  8. Isso mesmo não se julga o estilo e sim as atitudes!!


    =]


    bjo!

    ResponderExcluir
  9. Nâo acho piada nenhuma ao estilo. :P

    ResponderExcluir
  10. Na minha época de adolescente não existia o termo EMO. Acho que os Emos da minha época seriam Robert Smith, Joan Jett, Ian Curtis, Morrisey...
    Bjos

    ResponderExcluir
  11. Eu goisto desses estilos, mão não emo, por exemplo, eu sigo um estilo "ALTERNATIVO"

    fiz um poste novo no meu se quiser passar lá, fique a vontade!
    e se gostar do meu siga! ja estou seguindo o seu HEHE'

    ResponderExcluir
  12. Engraçado essa história de emos... Meu pai pensa que emos são necessariamente gays, e quando surgiu essa história toda e os rockeiros eram chamados de emos, certa vez me chamaram assim e meu pai quase morreu...
    huahauhauhauhauha

    Ah, achei engraçadinhos os super heróis. Não sei bem dizer o que eu penso sobre preconceito ou não nessa idéia... Vou refletir sobre, miguxo =D
    uehuehuehue

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. antes havia os góticos, e antes dos góticos os punks e por aí vai.
    vai sempre existir alguma "onda" na adolescência que os outros não vão compreender.
    live and let live =)

    ResponderExcluir

Obrigado por mostrar seu dom. Volte sempre ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Template por Kandis Design